terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

E não se fez Justiça !

A Justiça paulista decidiu anular o processo contra 18 membros do MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra) acusados pela ocupação, em 2009, de uma fazenda da Cutrale, a maior produtora de suco de laranja do mundo. O caso tornou-se emblemático devido à exibição pela TV de imagens aéreas de um trator destruindo pés de laranjas.
Os desembargadores do TJ-SP (Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo) entenderam que a denúncia contra os sem-terra era genérica e até subjetiva, e que os mandados de prisão feriam o princípio da presunção de inocência.
Fonte: ÚLTIMA INSTÂNCIA-01/02/2011

Um comentário:

Castelo disse...

Isto é Brasil,....