sábado, 19 de setembro de 2009

Porque hoje é sábado, uma bela mulher

A bela atriz Demi Moore

No Rio Gande do Sul, Lula faz ‘gato-sapato’ da legislação eleitoral

De Josias de Souza, na Folha Onine:
Como previsto, Lula foi ao Rio Grande do Sul, ontem, sexta-feira (18). “Inaugurou” a ordem de serviço de uma obra de R$ 824 milhões.
Levou a tiracolo um par de petistas: Dilma Rousseff e Tarso Genro.
No aeroporto, fez campanha: "Estamos preparados para lançar o Tarso e a Dilma e ganhar as eleições".
Mais tarde, no palanque, fez piada: “Eu ainda não tenho candidato, não tenho candidata. Nem a governador e nem a presidente”.
No caminho entre a campanha e a piada, fez gato-sapato da legislação eleitoral.
Comento: É, Lula é realmente o sonífero do TSE.

Serra veta cobrança em hospital público de São Paulo

O governador José Serra (PSDB) sancionou o projeto de lei que permite que todos os hospitais públicos da rede estadual sejam dirigidos por OSs (organizações sociais), mas vetou o artigo que possibilitaria que eles atendessem, mediante cobrança, pacientes particulares e com plano de saúde, informa reportagem de Ricardo Westin publicada neste sábado no Jornal Folha de São Paulo. De acordo com o texto, o projeto de lei original, de autoria do governador, só previa a permissão para a terceirização. A reserva de até 25% dos atendimentos a pacientes particulares e com plano de saúde foi acrescentada durante a tramitação na Assembleia, por uma emenda da deputada Maria Lúcia Amary (PSDB).
De acordo com o governador, a emenda da deputada tucana foi vetada porque uma lei federal e outra estadual obrigam a operadora de plano de saúde, quando seu cliente é atendido num hospital público, a fazer o pagamento ao SUS. As leis não falam em paciente particular.

Perseguição à mídia pauta fórum em Caracas

A SIP (Sociedade Interamericana de Imprensa) escolheu a capital da Venezuela, país que considera uma fonte de irradiação de perseguição à mídia na região, para realizar ontem seu Fórum de Emergência sobre Liberdade de Expressão, convocado "com um forte chamado para recuperar espaços democráticos e de liberdade de imprensa em países com governos autoritários populistas", em clara alusão a Venezuela, Equador, Bolívia e Argentina.
"Decidimos fazer o fórum de emergência porque é um problema sério em muitos países da América Latina. Escolhemos Caracas porque é daqui que está saindo a tônica que outros países têm repetido", disse à Folha o vice-presidente da SIP, o guatemalteco Gonzalo Marroquín.
Apesar de as críticas terem predominado no encontro, um dos participantes, o ex-presidente boliviano Carlos Mesa (2003-2005), remou um pouco contra a corrente ao advertir os integrantes da SIP dos riscos de os meios de comunicação da região assumirem o papel de partidos de oposição.
Leia mais aqui na folha online

Globo "abre o cofre" e renova contrato com Jô Soares e Angélica

A TV Globo acaba de renovar o contrato dos apresentadores Jô Soares e Angélica, informou a revista "Veja" na coluna "Radar", de Lauro Jardim, na edição desta semana, em nota sobre "o gordo e a magra".
Jô Soares, que conduz seu "Programa do Jô" na emissora desde 2000, está garantido até 2015.
Angélica, que hoje apresenta o "Estrelas", sobre o cotidiano e curiosidades das celebridades, e o quadro "Video Game", do programa "Video Show", estendeu seu contrato até 2014.

Ciro nega candidatura em SP e diz que disputará a Presidência ou nada

"Eu não quero e eu não desejo ser candidato a governador de São Paulo. [...] Ninguém é candidato a vice. Sou candidato a presidente ou a nada", afirmou. E acrescentou: "Ninguém conte comigo para jogadinha pequena".
Ciro disse que não lamenta o fato de o presidente Luiz Inácio Lula da Silva não apoiar sua candidatura à Presidência mas ressaltou o fato de o PSB fazer parte da base de apoio do governo.
"Como vou esperar que ele [Lula] me apoie? Eu sou do PSB e ele do PT. O PSB apoia o governo dele mas a minha posição é diferente", disse.
Durante a entrevista, Ciro comentou declarações de seus prováveis concorrentes nas eleições presidenciais de 2010: a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil), os governadores tucanos Aécio Neves (Minas Gerais) e José Serra (São Paulo) e a senadora Marina Silva (PV-AC).
Sobre Dilma, o deputado disse que a ministra ainda está aprendendo a discursar, mas aprenderá rápido porque é inteligente. "Agora, o eleitor é quem vai decidir", afirmou.
Na avaliação de Ciro, a entrada de Marina Silva na disputa presidencial foi extraordinária, pois vai valorizar o debate nas eleições. "Vamos ver agora quem tem o melhor projeto para o país, porque a questão ambiental não pode ser facciosa", disse o deputado, em referência ao principal tema debatido pela senadora.
O deputado também respondeu a perguntas feitas por internautas e cientistas políticos. Um dos temas abordados foi o comportamento de Ciro, classificado como "arrogante" e por fazer declarações polêmicas.
Ciro admitiu que cometeu muitos erros no passado mas nenhum no campo moral. Ressaltou que está mais maduro e que tem uma "experiência de sucesso" de 30 anos de vida pública. "Sou uma pessoa só. Não tenho dupla personalidade. Eu sou a mesma pessoa", disse.Ciro disse que não tem vergonha de pertencer ao Congresso Nacional, apesar das diversas denúncias contra seus integrantes. Perguntado sobre que nota daria, o deputado disse que dava nota 10, como instituição, e nota 2, pela prática dos parlamentares.
Para Ciro, o maior problema do Congresso é a produtividade. "Gosto de trabalhar, de produzir", afirmou o parlamentar.
Comento: Ciro não mudou nada. Continua o mesmo "eterno candidato" arrogante e impulsivo. Mais uma vez, servirá ao amigo Lula, embolando o meio de campo das eleições presidenciais. Seu objetivo é o mesmo de Lula: Levar as eleições para o segundo turno.

Justiça condena Toffoli a devolver R$ 420 mil aos cofres do Amapá

Da Agência Folha:
Indicado pelo presidente Lula para o STF (Supremo Tribunal Federal), José Antonio Dias Toffoli foi condenado pela Justiça do Amapá no último dia 8, juntamente com outras três pessoas, a devolver R$ 420 mil ao Estado sob a acusação de ter ganho licitação supostamente ilegal em 2001 para prestar serviços advocatícios ao governo estadual. Se atualizado, o valor chega a R$ 700 mil.
A decisão de primeira instância respondeu a uma ação popular e entendeu que, além de Toffoli, Luís Maximiliano Telesca (então seu sócio em um escritório de advocacia), João Capiberibe (do PSB, governador do Amapá à época) e João Batista Plácido (que era procurador-geral do Estado) participaram de um procedimento licitatório "eivado de nulidade".
Toffoli -hoje advogado-geral da União- e seu então sócio foram contratados para defender o governo do Amapá em ações que tramitavam nos tribunais superiores, em Brasília.
O valor total a ser ressarcido foi o quanto o escritório deles ganhou em um ano para executar o serviço --eram pagamentos mensais de R$ 35 mil.
A ação popular foi movida por um ex-governador do Amapá, Annibal Barcellos, inimigo político de Capiberibe e que abandonou a carreira política. Apesar de a ação ter sido iniciada em 2002, a decisão só saiu há dez dias -quando a indicação de Toffoli já era cogitada.

Russia desiste de instalar mísseis a fronteira com União Européia

Vladimir Popovkin, vice-ministro russo da Defesa, anunciou que deixaram de ser necessárias as medidas militares com que a Rússia pretendia responder à instalação do escudo antimíssil pelos Estados Unidos na Polônia e República Tcheca.
Leia também
"Claro que irão ser suspensas as medidas que a Rússia planejava tomar para responder à instalação do sistema de defesa antimíssil na Europa Oriental", declarou o general à rádio "Eco de Moscou"."Uma dessas medidas seria a instalação de mísseis Iskander na região de Kalininegrado", declarou.Na quinta-feira, o presidente russo, Dmitri Medvedev, saudou a "decisão responsável" do governo norte-americano de abandonar o projecto de construção de um escudo antimíssil no Leste Europeu."Na Rússia demos conta da declaração do Presidente Obama sobre a correcção das abordagens dos Estados Unidos face à questão da defesa antimíssil", disse ele.As declarações de Medvedev, transmitidas pela televisão estatal, surgiram horas depois de o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciar a decisão de abandonar o projeto para a construção no Leste Europeu e a sua transferência para "outra localização".

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Lula e a poupança

Charge Néo Correia

Homens relutam em ir ao médico, mas atitude mascara doenças importantes

Antonio não sabe se é por medo, vergonha ou preconceito, mas só vai ao médico sob protestos. Armando costuma esperar a dor passar sem intervenção médica. E Hector só vai ao médico arrastado pela mulher, com supervisão dela, para se certificar de que ele não desistirá no meio do caminho.
As estatísticas refletem o comportamento masculino diante dos especialistas: eles se cuidam menos do que as mulheres. Em 2007, por exemplo, foram feitas no Brasil 17 milhões de consultas ao ginecologista, contra 2,5 milhões de consultas ao urologista, segundo José Carlos Almeida, presidente da Sociedade Brasileira de Urologia. ~
Leia mais na folha online

Arrecadação federal cai pelo décimo mês seguido

A arrecadação federal teve queda real de 7,49% em agosto, segundo dados divulgados nesta quinta-feira pela Receita Federal. É o décimo mês consecutivo que a arrecadação cai, na comparação com o mesmo período do ano anterior. Em agosto, foram arrecadados R$ 52,06 bilhões. Em relação a julho também houve queda de 11,39% (descontada a inflação).
No acumulado do ano, a arrecadação federal soma R$ 436,79 bilhões, queda real de 7,40% em relação ao mesmo período do ano passado.
A Receita atribui a queda à crise econômica, que derrubou a produção industrial em julho (- 9,90% contra 8,50% em julho de 2008) e reduziu o crescimento do volume geral de vendas e da massa salarial.
Além disso, a redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) de automóveis e para a linha branca fez cair em 34% a arrecadação total do tributo em agosto em relação ao mesmo período do ano passado, passando de R$ 3,69 bilhões em agosto do ano passado para R$ 2,44 bilhões no mês passado.
Só o IPI automóveis caiu 72,24%. A Receita estima em R$ 17,3 bilhões a redução da arrecadação em 2009 por conta das desonerações tributárias.
Leia mais na folha online

Em depoimento à polícia, Popó volta a negar envolvimento em morte

Terminou no início da noite desta quinta-feira o depoimento que o ex-boxeador Acelino Freitas, o Popó, prestava à polícia desde às 14h. O motivo do depoimento foi a morte de um rapaz de 28 anos e o sequestro de outro jovem ocorrido na semana passada em Salvador (BA). Ele afirma que foi sequestrado por dois homens que disseram ser policiais, no mesmo dia em que Popó foi até sua casa buscar a sobrinha, de 17 anos, com quem ele tinha um relacionamento. O pugilista desaprovava o relacionamento dela com o rapaz devido à diferença de idade entre os dois. Segundo a Polícia Civil, Popó voltou a negar que tenha ameaçado o jovem, e afirmou que só foi até o local buscar sua sobrinha, como havia antecipado à imprensa hoje.
Leia mais na folha online

Cega por 9 anos, mulher recupera visão com cirurgia inovadora

Da Agência EFE:
Uma americana que ficou cega durante nove anos recuperou a visão ao passar por uma operação em que o médico, por intermédio de um buraco aberto no espaço deixado por um dente removido, inseriu uma lente plástica e, em seguida, a conduziu até os olhos da paciente.
O procedimento, criado na Itália, foi realizado pela primeira vez nos Estados Unidos, no Bascom Palmer Eye Institute of Miami (Flórida) da Universidade de Miami, informaram os médicos em coletiva de imprensa nesta quinta-feira (17).
Sharron Thornton, 60, agora poderá ler com a ajuda de óculos e deve recuperar totalmente a visão quando se restabelecer completamente da operação, disse Víctor Pérez, médico que liderou a equipe de cirurgia.
Pérez explicou que o procedimento pode servir para os pacientes cujo corpo rejeite o transplante de uma córnea artificial.
"Estamos muito entusiasmados. Achamos que muitos pacientes podem se beneficiar", comentou. Sharron Thornton perdeu a vista em 2000, após sofrer a síndrome Stevens-Johnson, uma doença que destrói as células na superfície do olho.
O procedimento começou com o cirurgião-dentista Yoh Sawatari, que extraiu um dente da paciente, perfurou um buraco e enxertou uma lente acrílica.
Depois, a implantou debaixo da pele da clavícula de Sharron por três meses e, em seguida, a levou ao olho.

EUA testam estrada pavimentada com painéis solares

Na Folha Online:
Uma proposta ousada para geração de energia acaba de receber verba para entrar em fase de testes. Se a ideia do engenheiro elétrico Scott Brusaw der certo, rodovias do futuro poderão ser pavimentadas não com asfalto, mas com painéis solares para gerar eletricidade. Não é algo tão inusitado quanto parece, diz Brusaw, que criou a empresa Solar Roadways para tocar a empreitada. Dependendo da escala, essa seria uma solução viável para substituir usinas a carvão e gás e ajudar a frear o efeito estufa. O engenheiro recebeu agora US$ 100 mil do Departamento de Transporte dos EUA para fazer um protótipo. É pouco, levando em conta que o metro quadrado de asfalto já custa cerca de R$ 30 (o preço pode variar bastante). O "metro quadrado" de painel solar, no Brasil, custa mais de R$ 2.000.
Um quilômetro de uma hipotética rodovia solar de pista dupla, porém, produziria energia suficiente para suprir uma cidade de 5.000 habitantes --3 milhões de kWh por ano (um metro quadrado de painel solar produz cerca de 0,7 kWh por dia). O problema é que esse quilômetro sai por R$ 30 milhões.
Brusaw, por isso, deve começar numa escala modesta. "Esperamos começar a instalar os painéis em estacionamentos em dois anos", disse o engenheiro à Folha. "Queremos aprender primeiro com veículos leves se movendo devagar. Se der certo, vamos "pavimentar" estradas com painéis solares em cerca de cinco anos."
Pode parecer uma meta ousada, mas especialistas ouvidos pela Folha acreditam que o custo pode cair. "Para aplicações generalizadas, a energia solar não é a mais barata. Mas ela é limpa. Uma análise fria de custo não considera impacto ambiental", diz Celio Vaz, diretor da Orbital Engenharia.
A longo prazo, a tendência é que a ideia se torne mais barata. "O custo dos painéis vem caindo bastante nos últimos tempos. Se o mercado crescer, o preço dos painéis diminuirá mais", diz Elizabeth Pereira, física da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.
Os painéis solares que a Solar Roadways quer fazer têm lâmpadas que podem ser programadas para fazer toda a sinalização da via: a faixa central em amarelo dividindo quem vem de quem vai, as mensagens de "pare". Mais do que isso: as mensagens poderiam ser em tempo real. Ou seja, poderiam oferecer informações como "Rebouças congestionada".
Em lugares onde neva, a pista poderia esquentar para derreter parte do gelo. Os painéis, se fossem incorporados também às ruas da cidade, poderiam acabar com a fiação.
Se um dia o asfalto for abandonado, não deixará saudade: é caro, não oferece nada em troca da área que impermeabiliza e requer petróleo. Além disso, tem vida útil que varia entre 5 e 10 anos. Os painéis duram 25.

Presidência confirma indicação de Toffoli para STF

O porta-voz da Presidência da República, Marcelo Baumbach, confirmou nesta quinta-feira as indicações do advogado-geral da União, José Antonio Dias Toffoli, para o STF (Supremo Tribunal Federal), e do ministro José Múcio Monteiro (Relações Institucionais) para o TCU (Tribunal de Contas da União). Lula já assinou as duas mensagens que serão encaminhas ainda hoje ao Congresso com as indicações. As mensagens devem ser publicadas no "Diário Oficial" da União desta sexta-feira. Toffoli vai ocupar a vaga deixada pelo ministro Carlos Alberto Menezes Direito, que morreu no início do mês. Será a oitava indicação de Lula para a Corte. O convite foi feito após uma reunião entre os dois ontem pela manhã. O porta-voz disse que Toffoli e Múcio não foram exonerados dos cargos, apenas ficarão de férias até que sejam efetivamente aprovados para as novas funções. Eles vão sair de férias a partir de amanhã para que fiquem afastados de suas funções enquanto o Congresso Nacional vai analisar as indicações. Múcio e Toffoli serão substituídos nos cargos interinamente pelos respectivos secretários executivos das pastas: Alexandre Padilha, no Ministério de Relações Institucionais, e Evandro Costa Gama, na AGU. Padilha não é o substituto imediato do Múcio, mas vai assumir interinamente o ministério, uma vez que o secretário-executivo da Pasta, Márcio Favilla, está em viagem oficial ao exterior. Padilha é sub-chefe de Assuntos Federativos do ministério. Baumbach disse que os futuros titulares na AGU e no ministério só serão indicados para os cargos depois que Múcio e Toffoli forem desligados oficialmente do governo. Toffoli precisa ser sabatinado pelo Senado e ter a sua indicação aprovada pela Casa para se tornar o novo ministro do Supremo. Múcio, por sua vez, terá sua indicação submetida ao plenário da Câmara e do Senado para que assuma a vaga no TCU.

Câmara muda proposta do Senado, libera "ficha suja" e mantém internet livre

Na Folha Online:
A Câmara decidiu nesta quarta-feira mudar a proposta de reforma eleitoral aprovada pelo Senado. Apesar de manter a internet livre, os deputados retiraram a permissão para que candidatos à Presidência da República paguem por anúncios em sites jornalísticos e recuaram na proposta que impedia a candidatura de políticos com "ficha suja". Com a aprovação do novo texto ontem pela Câmara, a reforma segue para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que tem até o dia 2 de outubro para sancioná-lo a tempo de vigorar nas eleições de 2010.

Franklin Martins é condenado a indenizar Collor por danos morais

Dá-lhe Collor!!!
Na Folha Online:
A 19ª Câmara Cível do TJ (Tribunal de Justiça) do Rio condenou nesta quinta-feira o ministro Franklin Martins (Comunicação Social), além de mais um jornalista e uma editora, a pagarem R$ 50 mil ao senador e ex-presidente Fernando Collor de Mello (PTB-AL) por danos morais.
A decisão, que foi unânime, reformou uma sentença de 1º grau que havia julgado improcedente a ação movida por Collor em janeiro deste ano. Na ação, o ex-presidente alegava que os réus --Franklin, o jornalista Marcone Formiga e a editora Dom Quixote-- o teriam acusado de corrupção em matéria publicada pela revista "Brasília em Dia", que circulou entre 9 e 15 de julho de 2005.
Na revista, Franklin Martins --que era comentarista político à época-- teria comparado o mensalão e os casos de corrupção do governo Collor em entrevista concedida a Marcone Formiga. Martins disse que eram casos diferentes e que Collor deveria estar na cadeia.
De acordo com a decisão de hoje, o político teve a honra e a imagem maculadas depois de ter sido chamado de corrupto, ladrão e "chefe de quadrilha" na matéria. Para o juiz de direito substituto de desembargador Renato Ricardo Barbosa, relator do processo, a responsabilidade dos réus é clara. Além da indenização, a revista "Brasília em Dia" terá que publicar a decisão do TJ-RJ com o mesmo tamanho e posição de páginas da reportagem que foi alvo da ação de Collor. Franklin Martins já tomou conhecimento da derrota, e deve recorrer da decisão.

Senado aprova a criação de um cadastro único da pessoa física

Na Folha de São Paulo:
Os documentos de identificação do brasileiro, entre eles a carteira de identidade, o passaporte e o CPF deverão ter um único número. O projeto de lei que determina a mudança foi aprovado nesta quarta (16) pelo Senado e segue para sanção presidencial.
Pelo projeto, os documentos terão o mesmo número do RG (Registro da Identidade Civil) à medida que forem sendo expedidos. Isso inclui o passaporte e, ainda, a CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social) e a CNH (Carteira Nacional de Habilitação).
Segundo o senador Almeida Lima (PMDB-SE), relator do projeto na CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania), o uso do mesmo número da identidade em todos os documento dificultará a ocorrência de fraudes e pode aperfeiçoar o sistema de identificação civil. Um dos objetivos da medida é diminuir a burocracia.
O projeto também determina que o tipo e o fator sanguíneo do cidadão seja informado no documento de identidade. Se o titular for portador de alguma deficiência física também pode pedir para que a informação seja incluída na carteira.
Almeida Lima argumenta ainda que a informação sobre o tipo e o fator sanguíneo na carteira de identidade pode facilitar o atendimento médico emergencial.
Já a declaração de deficiência física, segundo o senador, poderá criar facilidades ao titular do documento e evitar transtornos, especialmente na utilização do transporte público, "pois determinadas deficiências, como a auditiva ou a visual, podem não ser constatadas de maneira tão clara como outras mais evidentes".
Comento: Não poderia ter sido escolhido melhor relator para este projeto. Imaginem o projeto de cadastro único sem Almeidinha??? Aliás, por falar em Almeidinha, caiu na net, a algum tempo, uma piada sobre o assunto.

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Sarney e a internet nas eleições

http://www.sponholz.arq.br/

Universitária achada morta nos EUA foi estrangulada

Da Folha Online:

Estrangulamento foi a causa da morte da universitária Annie Le, cujo corpo foi encontrado escondido dentro de uma parede de um prédio da renomada Universidade Yale, no Estado americano de Connecticut. A conclusão dos legistas foi apresentada nesta quarta-feira. O laudo oficial afirma que a jovem foi morta por "asfixia traumática" devido à "compressão do pescoço". Não foram divulgados detalhes sobre o laudo, pois há possibilidade de que um objeto --como um cano-- tenha sido usado.

China investe US$ 16 bi para exploração de petróleo na Venezuela

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, anunciou nesta quarta-feira ter assinado um acordo com a China para a exploração na faixa petrolífera do Orinoco, uma das maiores reservas mundiais, no centro-leste do território venezuelano. Segundo ele, o contrato, assinado nesta terça-feira, prevê investimentos de US$ 16 bilhões até 2012. O acordo, mediante o qual as petroleiras chinesas formarão uma sociedade mista com a estatal PDVSA (Petróleos de Venezuela), deve produzir 450 mil barris diários de petróleo, que posteriormente serão submetidos a um processo de refino. Chávez não informou, no entanto, quais serão as empresas chinesas que participarão da sociedade nem qual bloco será explorado nessa parceria, mas aparentemente ele se referiu a novos investimentos, separados de um montante semelhante que China havia prometido à Venezuela em troca de futuras remessas de óleo combustível. O anúncio acontece dias depois que de a Venezuela ter anunciado um convênio parecido com um consórcio russo, que envolve um investimento de US$ 20 bilhões em três anos para a produção de 450 mil barris ao dia a partir de 2012 no chamado bloco Junín 6. Segundo a estatal Agência Bolivariana de Notícia, o presidente venezuelano disse que esses investimentos mostram claramente que a PDVSA alcançou uma reputação mundial e vida própria na última década. Ele também aproveitou para criticar os Estados Unidos, alvo preferencial de seus ataques. "Os ianques diziam que não faixa não petróleo, mas carvão e resíduos, mas agora é a maior reserva de petróleo que existe no planeta Terra. Prova disso é que apenas estas duas nações investiram US$ 36 bilhões", disse.
*Com informações da France Presse e Reuters

Genes podem determinar sexualidade precoce

Na New Scientist Pais ausentes podem esperar, sempre, uma saraivada de tiros. Eles já foram acusados pela emancipação sexual dos filhos, mas agora pesquisadores sugerem que os genes, e não necessariamente a ausência paterna, podem ser o fator principal da manifestação da sexualidade precoce. Vários estudos têm mostrado que, em famílias nas quais o pai biológico está ausente, crianças atingem maturidade sexual, têm sua primeira experiência com sexo e são mais propensas a se tornarem pais adolescentes.
Se não ter um pai por perto é um fator de estresse ou se o fato de uma mãe solteira não conseguir exercer a tarefa de vigilância no lugar de um casal são assuntos muito debatidos. Jane Mendle, da Universidade de Oregon (EUA), e seus colegas suspeitam que os genes podem desempenhar um papel maior do que o já conhecido. A idade da maturidade sexual e da primeira experiência no assunto é transmitida por genes. Então, a equipe decidiu observar se os familiares de crianças cujos pais são ausentes demonstram tendências genéticas semelhantes.
Leia mais aqui

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Veículos a álcool estão entre os mais poluidores

Clique para ampliar
O Ministério do Meio Ambiente divulgou ontem um ranking dos automóveis mais poluentes comercializados no país. Apesar de terem um combustível considerado mais limpo, os carros a álcool ocupam oito das 15 piores posições --alguns têm motor "flex" (veja quadro acima ).
"A nossa intenção é que o consumidor também leve em conta as emissões de poluentes", disse o ministro Carlos Minc (Meio Ambiente).
Foram feitas 250 avaliações de veículos leves produzidos em 2008 -os automóveis "flex", que representam 85% da frota comercializada no país em 2008, tiveram duas avaliações diferentes, uma para gasolina e outra para álcool.
Foram dadas notas de um (piores) a dez (melhores) para a emissão de três gases poluidores --monóxido de carbono, hidrocarbonetos e óxidos de nitrogênio-- que não têm efeito sobre o aquecimento do planeta, mas afetam a saúde.

Estados Unidos concederam bilhões ao Paquisão

O Governo dos Estados Unidos (EUA) concedeu mais de US$ 3 bilhões ao Paquistão desde que Asif Ali Zardari chegou à Presidência, em setembro de 2008, informou hoje a embaixadora americana em Islamabad, Anne W. Patterson."Destinamos mais de US$ 3 bilhões para serem investidos em segurança, economia e no desenvolvimento, desde que o presidente Zardari foi eleito", detalhou Patterson em comunicado. A embaixadora disse que Washington seguirá dando apoio econômico a Islamabad. Com George W. Bush na Casa Branca focado na luta contra o terrorismo, os EUA destinaram US$ 10 bilhões a Islamabad desde 2001. Ao explicar sua estratégia para a região, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou um pacote de subsídios ao Paquistão para fins civis de US$ 1,5 bilhão por ano durante cinco anos - ainda pendente de aprovação no Congresso -, à margem de outros fundos para o Exército paquistanês.
*Com infomações da Agência EFE

Tribunal de Justiça de Alagoas pede ao STF intervenção federal na Assembleia Legislativa

Elisabeth Cavalho, presidente do TJ Alagoas
No UOL Notícias:
O Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL) decidiu na noite desta terça-feira (15) solicitar ao Supremo Tribunal Federal (STF) uma intervenção na Assembleia Legislativa, devido ao descumprimento de mandados judiciais contra parlamentares afastados de seus cargos pelo Poder Judiciário. O pedido foi aprovado por unanimidade pelos desembargadores.O despacho deve ser enviado ao STF apenas na quinta-feira, já que hoje é feriado em Alagoas, devido ao aniversário da emancipação política do Estado. De acordo com a presidente do TJ-AL e relatora do caso, Elisabeth Carvalho, a decisão tem como base dois artigos da Constituição Federal: o 34º, que diz que a União poderá intervir em um Estado para "prover a execução de lei federal, ordem ou decisão judicial"; e o 36º, que estabelece como um dos critérios para intervenção a "desobediência à decisão judiciária". O pedido de intervenção acontece três semanas após o desembargador Orlando Manso decidir - pela segunda vez naquele mês - pelo afastamento do deputado Cícero Ferro (PMN). O parlamentar é acusado de ser o mandante do assassinato do vereador de Delmiro Gouveia, Fernando Aldo, em 2007. Além desse crime, Ferro ainda responde por outros dois processos: o assassinato do seu primo, Jacó Ferro, em 2005, e por porte ilegal de arma. Para burlar o cumprimento da decisão, a Assembleia aprovou, há duas semanas, um decreto que "autoriza" o descumprimento de decisões judiciais sobre afastamentos de parlamentares. O decreto alega que somente os próprios deputados podem afastar um parlamentar do cargo. Por conta de agressões ao judiciário feitas à imprensa, Ferro - que continua trabalhando normalmente na Assembleia - responde a um processo no recém-criado Conselho de Ética da Assembleia.Sobre o afastamento, Orlando Manso afirmou que a situação de Ferro é "excepcionalíssima" e por isso não cabe a aplicação da imunidade parlamentar, já que o deputado estaria ferindo a ordem pública. "Ele vem constantemente agredindo a ordem pública com atitudes truculentas e violentas sob uma apatia completa da Assembleia, que não toma nenhuma decisão", analisou.No voto desta terça-feira, a presidente do TJ-AL alegou que o decreto legislativo não possui "existência no mundo jurídico". "A intervenção é uma medida indispensável para garantia do livre exercício do poder judiciário e para que se dê provimento às decisões que dele emanam. Ao se negar agressivamente o cumprimento de uma decisão judicial investe-se contra a dignidade do judiciário", afirmou Elisabeth Carvalho. Após ser comunicado da decisão do TJ, o presidente da Assembleia, Fernando Toledo (PSDB), disse que vai aguardar a decisão do STF. "Estou tranqüilo que tudo o que foi feito na Assembleia está dentro da legalidade", explicou.

Sarney diz que mídia é inimiga das instituições representativas

No O Estado de São Paulo:
O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), disse hoje que a mídia é inimiga das instituições representativas. A declaração foi durante discurso em plenário, na sessão de homenagem ao Dia Internacional da Democracia. Para Sarney, a existência do parlamento é fundamental para haver democracia nos Estados, e observou que atualmente existe um conflito sobre quem é o representante do povo: o Parlamento ou a mídia.
Leia mais aqui

Renan: " Eu não sou porteiro do Senado"

No O Globo:
Assim como líder do PSDB, Arthur Virgílio (AM), o peemedebista Renan Calheiros (AL) também manteve na folha de pagamento do Senado, por três meses, entre 2005 e 2006, o funcionário Rui Soares Palmeira, atualmente deputado estadual em Alagoas, que foi fazer um curso no exterior. Virgílio cobrou nesta terça-feira explicações do peemedebista.
- O dever dele (Renan) é fazer o que eu fiz, tenho toda condição moral para cobrar isso - disse o senador tucano.
Quando justificou a representação do PMDB contra Arthur Virgílio, no auge da crise do Senado, Renan criticou a postura do tucano.
Ao responder as acusações, da tribuna, Renan, que agora tem um caso semelhante ao de Virgílio, disse que não autorizou a dispensa do funcionário, mas que pediu ao servidor que procurasse o chefe imediato. Para Renan, não cabe a um senador fiscalizar frequência de funcionário.
- Nunca cuidei disso e não vou cuidar. Não tenho nada a responder sobre isso. Não cabe a um senador tratar de frequência de funcionário - argumentou.
O senador peemedebista também revelou que um funcionário do Senado, mesmo preso, recebeu salário.
- Não vou dizer o nome, mas eu soube de um funcionário que ficou preso dois anos e continuou recebendo salário do Senado - afirmou Renan, sem dizer onde o funcionário estaria lotado.
Ao sair do plenário, Renan Calheiros voltou a justificar que não é dever de um senador fiscalizar freqüência de servidores e declarou:
- Eu não sou porteiro do Senado!
Leia mais em aqui

Sexo ajuda a atenuar mau humor e dores de cabeça

Na Folha Online
O sexo cria laços que podem consolidar um relacionamento feliz. Estudos mostram que o excesso de trabalho, a ansiedade e a negatividade diminuem o desejo sexual, principalmente nas mulheres, e isso pode certamente prejudicar o relacionamento de um casal.
De acordo com Susannah Marriott, autora do livro "1001 Maneiras de Relaxar", editado pela Publifolha, "o sexo bom e com amor atenua o mau humor, as dores de cabeça causadas pelo estresse e a insônia, além de aliviar os músculos e as preocupações".
O título mostra diferentes formas de se proteger contra os efeitos negativos do estresse e manter a mente e o corpo em harmonia. O trecho extraído da obra indica como revitalizar a intimidade abalada pelo estresse e praticar sexo de forma relaxante.
Leia mais aqui

Senado libera internet mas restringe debate

Do UOL notícias:
Os senadores liberaram a cobertura jornalística na internet no período eleitoral em sessão realizada nesta terça-feira (15). No entanto, os debates eleitorais na web terão que seguir as regras para TV e rádio, mais restritivas. O projeto segue agora para a Câmara dos Deputados. O senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG) recuou de seu próprio projeto e acatou, na última hora, a proposta do senador Aloizio Mercadante (PT-SP) - que libera o uso da internet durante a campanha eleitoral -, vedado o anonimato e assegurado o direito de resposta para quem se sentir atacado. Sobre os debates com os candidatos, os sites terão de seguir as mesmas regras de debate aplicadas à TV e rádio. Ou seja, terão de chamar ao menos dois terços dos candidatos e todos integrantes de partidos que tem ao menos 10 deputados federais. O direito de resposta continua previsto em qualquer blog de pessoa física, no Twitter e em redes sociais como Orkut e Facebook.Os provedores de conteúdo na internet também estariam proibidos de expressar a preferência por um ou outro candidato. Da mesma forma, charges e montagens também estariam vedadas pela proposta relatada pelo deputado Flávio Dino (PCdoB-MA), na Câmara dos Deputados. Agora, tudo isso está liberado de acordo com a nova proposta de Azeredo. Essas práticas também já são permitidas em veículos impressos.

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Relembre: Patrick Swayze e Demi Moore em Ghost

video

Ator Patrick Swayze morre, aos 57 anos, em Los Angeles

Na Folha Online:
O ator Patrick Swayze, 57, morreu nesta segunda-feira em Los Angeles.
Conhecido por atuar em filmes como "Dirty Dancing - Ritmo Quente" (1987), "Ghost - Do Outro Lado da Vida" (1990) e "Cidade da Esperança", Swayze teve um câncer no pâncreas, diagnosticado em 2008, e lutava há dois anos contra a doença. Swayze se manteve trabalhando, mesmo após ter informado publicamente, em março do ano passado, que tinha uma forma particularmente letal de câncer.
O ator gravou a primeira temporada da série dramática "The Beast", que atraiu 1,3 milhão de espectadores nos EUA. A série foi produzida pela A&E, que preferiu não assinar uma segunda temporada com Swayze.
Swayze nasceu no estado americano do Texas, e começou sua carreira como dançarino, tendo estreado no cinema com o filme "Skatetown, U.S.A." , em 1979, e na TV, 1985 , com a série "North and South".
Antes de entrar no cinema, Swayze já havia participado de musicais como "Grease".
Em quarenta anos de carreira, o ator fez dezenas de apresentações em palcos, filmes e programas de televisão.
Leia reportagem do Washington Post aqui

Del Potro leva o Aberto dos EUA

O jovem tenista argentino Juan Martin del Potro derrotou o suíço Roger Federer e conquistou pela primeira vez um título de Grand Slam. A partida teve duração de 4h06min.
Número seis do ranking da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais), Del Potro, 20, alcançou o sétimo título de sua carreira e, sem dúvida, o mais importante. Até então, nem mesmo um Master 1.000 (competição da segunda série mais valiosa) ele havia obtido. A conquista de hoje é a primeira de um argentino em um Grand Slam desde a vitoriosa campanha de Gastón Gaudio em Roland Garros-2004. Naquele ano, Federer, atual número um do mundo, venceria pela primeira vez o Aberto dos Estados Unidos.
Com cinco títulos em Nova York, o suíço era favorito na decisão desta segunda não apenas pelas 41 vitórias consecutivas que ostentava na competição, mas também pela larga vantagem que detém sobre o rival em confronto direto.
Até hoje, os dois tenistas haviam se encontrado seis vezes no circuito profissional. Em todas elas, Federer havia levado a melhor.

Serra decide apoiar Geraldo Alckmin a candidato ao governo de São Paulo

Na Folha Online:
O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), vetou a articulação do prefeito da capital, Gilberto Kassab (DEM), para tentar se candidatar ao Palácio dos Bandeirantes e fechou com o ex-governador Geraldo Alckmin que ele será o próximo candidato do PSDB ao governo paulista, informa reportagem de Kennedy Alencar, publicada ontem, segunda-feira, pelo jornal Folha de São Paulo. Segundo a reportagem, Serra interveio na sua própria sucessão porque avaliou que estava se desenhando um cenário de guerra que poderia prejudicar sua aspiração presidencial. O primeiro movimento foi dizer a Kassab, seu aliado político, que ele deveria permanecer na prefeitura, sob pena de criar um problema na aliança PSDB-DEM e ficar mal perante o eleitorado paulistano, que o reelegeu no ano passado. Kassab desejava ser candidato a governador, pois a capacidade de investimento da prefeitura é muito pequena se comparada à do Estado de São Paulo. Ele avalia que terá dificuldade para cumprir promessas e que deverá realizar uma administração mediana, o que impediria voos mais altos na política após deixar a prefeitura. A Folha informa que, vetado por Serra, Kassab passou a alimentar a possibilidade de apoiar outro tucano para o governo, o secretário da Casa Civil de São Paulo, Aloysio Nunes Ferreira. Kassab, que derrotou Alckmin na campanha municipal de 2008, não deseja ver o antigo desafeto no governo com caixa para gastar. O governador, então, nomeou Alckmin como seu secretário.

Jornalista recorre à Justiça para que Renan pague pensão maior à filha

De Mônica Bergamo na Folha:
O senador Renan Calheiros (PMDB-AL) vai se reencontrar com a ex-namorada Mônica Veloso nos tribunais, já que a jornalista está preparando uma ação para aumentar a pensão que ele paga à filha dos dois, informa a coluna de Mônica Bergamo, publicada ontem, segunda-feira, pela Folha. Segundo a coluna, em 2007, eles fizeram um acordo na Justiça e Renan passou a pagar R$ 7.000 de pensão. O acordo expirou e a pensão caiu pela metade, já que o senador passou a pagar 35% do valor líquido de seu salário (ele ganha R$ 16 mil brutos). A Folha informa que Mônica acha que a filha tem o direito de receber também 35% das verbas indenizatórias pagas aos senadores para gastos em gabinetes.

Câmara deve aprovar projeto que libera funcionamento dos bingos no Brasil

A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara pode aprovar nesta semana o projeto que libera o funcionamento dos bingos no país. O relator da proposta, deputado Regis de Oliveira (PSC-SP), argumenta que o fechamento de bingos, cassinos e casas de jogos de azar provocou prejuízos à sociedade e ao Estado brasileiro. O deputado afirma que os estabelecimentos foram obrigados a fechar, o que "gerou a demissão de um número enorme de empregados". O relator cita, no parecer, estudo realizado pela Força Sindical que apontou o fechamento de 320 mil postos de trabalho depois da proibição de funcionamento dos bingos. Oliveira afirma que, apesar da proibição, algumas casas de bingos continuam funcionamento clandestinamente sem arrecadar impostos ao país. "O jogo de bingo, como qualquer outra atividade econômica, é uma fonte de arrecadação de impostos. Calcula-se que, só com as taxas para regulamentar o setor, a arrecadação seria de aproximadamente R$ 230 milhões, valor destinado a um Fundo Social. Isso sem contar os impostos normais. De outra, parte da regulamentação desta atividade geraria inúmeros empregos", afirma o relator. Oliveira ainda argumenta que a reabertura de cassinos vai ajudar a "fomentar" a indústria do turismo no país. "A instalação de cassinos pode ser utilizada, também, como um poderoso instrumento de desenvolvimento e crescimento das regiões pobres e carentes do Brasil. De outro lado, o jogo constitui importante fonte de arrecadação de impostos, que são revertidos em benefício da sociedade." Na opinião do relator, a legalização dos jogos "diminuiria significativamente a corrupção, principalmente na esfera policial, fortalecendo os órgãos incumbidos da segurança da população".

PF comprou serviços de firma de amigo do diretor-geral

Na Folha Online:
A empresa de um amigo do diretor-geral da Polícia Federal, Luiz Fernando Corrêa, ganhou cerca de R$ 50 milhões de 2002 a 2007 com a venda de tecnologia de informação e serviços de escutas telefônicas a órgãos públicos brasileiros e empresas privadas. Todos os contratos foram intermediados pela Senasp, órgão do Ministério da Justiça comandado por Corrêa de 2003 a 2007. A empresa é a Dígitro, presidida por Geraldo Faraco. Segundo a PF, Corrêa mantém um "bom relacionamento" com o empresário, "fruto de uma convivência profissional de mais de 15 anos". Entre 2002 e 2007, a Dígitro faturou um total de R$ 60 milhões com venda de equipamento de segurança. Nesse período, vendeu a 12 Estados, ao DF, à ONU e a empresas privadas a plataforma Guardião, que registra áudio de ligações interceptadas, monta redes de relacionamento de investigados e transcreve gravações. A Dígitro desenvolveu o Guardião em parceria informal com a PF em Santa Catarina e passou a fornecer o equipamento para superintendências e órgãos de segurança dos Estados. Ao assumir o cargo, em 2007, Corrêa foi apresentado como membro da equipe que ajudou a desenvolver o sistema. A Folha teve acesso a contratos de venda do Guardião firmados pela Dígitro anexados a um processo na Justiça do Trabalho de SC. Nele, o procurador da Fazenda licenciado Hugo César Hoeschl, 41, reivindica direitos autorais sobre dois softwares desenvolvidos por sua equipe usados no sistema. Hoeschl disse à Folha que Faraco se vangloriava da amizade com Corrêa e dizia que Corrêa passou férias em janeiro de 2005 e 2006 em seu apartamento em Florianópolis (SC) --o que Faraco e Corrêa negam. Entre os documentos está o contrato de R$ 161 milhões entre o Ministério da Justiça e a Motorola para fornecimento de infraestrutura de Tecnologia da Informação e Comunicação e equipamentos para os Jogos Pan Americanos do Rio, em 2007. A Motorola liderou o consórcio de fornecedores, integrado pela Dígitro. Hoeschl disse que Roberto Prudêncio, diretor da Dígitro, integrou a delegação brasileira (chefiada por Corrêa) que foi à Bélgica e a Israel em 2006 para conhecer sistemas de informação e segurança, visando o Pan 2007. A PF disse que o encontro com Prudêncio foi casual. Segundo os contratos, 12 Estados (RJ, RS, SC, MT, CE, PE, MG, SP, ES, PR, TO e PA), o DF, quatro superintendências da PF (SC, PR, SP e RJ), a Procuradoria da República, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento e uma seguradora compraram o Guardião, por um total de R$ 49 milhões. Em dois dos 25 contratos houve licitação. A dispensa de licitação e sigilo nos contratos foram amparados na Lei das Licitações. A Senasp e a Dígitro afirmam que o Guardião é vendido só a "entes nacionais".
Leia mais aqui

Ministro afirma que redução do IPI pode continuar em vigor depois de setembro

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge, afirmou hoje (14) que a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de carros, eletrodomésticos e materiais de construção pode continuar em vigor, caso haja necessidade. "Nada é imutável. Este governo é flexível e está acompanhando de perto o que acontecerá com a economia a partir de outubro, quando o imposto começa a ser cobrado como era antes", disse, durante visita ao bairro do Brás, em São Paulo.Segundo o ministro, o crédito aumentou para o consumidor final, o que deve continuar aquecendo a economia. "Não temos mais problemas de crédito e isso deve ser levado em conta. Estamos atentos à avaliação das montadoras, mas não acreditamos que haverá desemprego", disse.Durante o evento com lojistas do Brás, Miguel Jorge falou, ainda, sobre a importância de o sistema financeiro estar apto para conhecer as necessidades de micro, pequenos e médios empreendedores para estimular o setor. "Os bancos, com exceção do Banco do Nordeste, não têm experiência em atender estes empreendedores. O crédito tem que chegar também aos menores", ressaltou.Miguel Jorge afirmou que o ministério está empenhado em ajudar o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) a chegar em todos os locais do país para fornecer capacitação aos empreendedores. "O Sebrae tem participação importante na queda da mortalidade [fechamento] de empresas, por isso estamos investindo para que cada vez mais cidades recebam o Sebrae", completou.O ministro observou que a maioria dos micro e pequenos empresários não são legalizados e um das prioridades de sua pasta é regularizar a situação desses empresários. Atualmente, segundo Miguel Jorge, o governo contabiliza 20.672 pequenos empreendedores legalizados. De acordo com ele, em São Paulo, 7.832 estabelecimentos tiveram sua situação regularizada até 11 de setembro de 2009. "Este é um procedimento rápido e online para facilitar a legalização." A redução do IPI para os três setores (automobilístico, construção civil e produtos da linha branca) foi uma medida adotada pelo governo, no final de 2008, para que a economia brasileira tivesse meios de reagir aos efeitos da crise financeira internacional.
*Com informações da Agência Brasil

Petrobrás detecta gás e óleo em poço do pré-sal

A Petrobras informou ontem segunda-feira, que comprovou a ocorrência de mais uma jazida de óleo e gás nos reservatórios do pré-sal do bloco BM-S-9, em águas ultraprofundas da Bacia de Santos. Segundo a estatal, trata-se do quarto poço perfurado no bloco BM-S-9, "todos com comprovação de existência de hidrocarbonetos". A descoberta ocorreu em um poço denominado informalmente de Abaré Oeste, a cerca de 290 quilômetros da costa do Estado de São Paulo, em lâmina d'água de 2.163 metros. O bloco BM-S-9 é composto por duas áreas de avaliação: Guará e Carioca, conforme a Petrobras. A estatal é a operadora do consórcio, com 45% de participação. O BG Group detém 30% e a Repsol os 25% restantes.

Avião faz pouso não programado na Alemanha

Um avião da companhia Contact Air, parceira regional da Lufthansa, no qual viajava o presidente do Partido Social-Democrata (SPD), Franz Müntefering, fez um pouso não programado no aeroporto de Stuttgart (sudoeste da Alemanha).
O avião, que partiu de manhã da capital Berlim, teve problemas no trem de pouso ao chegar a Stuttgart, por isso foi necessária uma aterrissagem de emergência sobre uma camada de espuma, informou a companhia aérea.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

A nudez da bela Angelina Jolie

No The Sun:
Gia Carangi teve um apogeu meteórico como uma das mais famosas top models da Itália. Derrubou-a das passarelas a dependência química, a Aids e o desmoronamento psíquico. Morreu aos 26 anos em 1986. Virou filme em 1998, mas algumas de suas cenas foram censuradas. Essas imagens, jamais vistas, que mostram a atriz Angelina Jolie nua (sob a direção de Michael Cristofer) caíram agora na internet. O filme foi finalmente liberado em sua totalidade.
Para ler e ver mais Clique aqui

Maradona " brasileiro"

Um grupo de hackers chamado “KKR” invadiu o site da Associação do Futebol Argentino (AFA) na última sexta feira e publicou na página principal uma foto de Diego Armando Maradona usando a camisa da seleção brasileira. A tela, toda preta, mostra a foto com a legenda: “uma imagem vale mais que mil palavras”. Os argentinos andam revoltados com a fraca campanha da seleção argentina e com a derrota humilhante para o Brasil no estádio de Rosário, escolhido a dedo pelo ex-craque Maradona.

Barrichello vence a segunda do ano no GP da Itália

Mais uma vez com uma tática excepcional, Rubens Barrichello venceu o GP da Itália, sua segunda vitória na temporada. O brasileiro conseguiu seu terceiro triunfo na pista de Monza, após chegar ao alto do pódio nas corridas de 2002 e 2004, quando ainda estava na Ferrari. De quebra, ainda deixou Jenson Button, seu companheiro na Brawn GP e rival na luta pelo campeonato, em segundo.Com sua 11ª vitória da carreira, o brasileiro reduziu a vantagem de Button para 14 pontos e fica em boas condições para as últimas quatro provas da temporada. Kimi Raikkonen, após o erro e a batida de Lewis Hamilton na última volta, subiu ao pódio em terceiro com a Ferrari. Adrian Sutil, da Force India, conseguiu um excelente resultado para a equipe indiana com o quarto lugar no circuito italiano.

Maluf pode se livrar de denúncia por lavagem de dinheiro

Na Folha Online:
O tempo conta duplamente a favor do deputado federal Paulo Maluf (PP-SP): graças à idade avançada (recém completou 78 anos) e à tramitação prolongada de um inquérito criminal, ele poderá livrar-se, já neste ano, de eventualmente vir a ser punido por crimes de lavagem de dinheiro, delitos que lhe são atribuídos pelo Ministério Público Federal. Maluf conta com o benefício da dúvida --a presunção de inocência-- e com a certeza de que os processos costumam ser mais demorados no Supremo Tribunal Federal, em Brasília. O inquérito subiu para o STF quando Maluf foi eleito, em 2006, pois ganhou direito a foro especial. A demora o favorece, pois aumenta a hipótese de prescrição. É quando se esgota o prazo previsto em lei para que o Estado possa exercer o direito de processar ou condenar alguém. Como tem mais de 70 anos, Maluf também é beneficiado por uma lei que reduz pela metade o tempo para a prescrição, cuja contagem começa da data do suposto crime. Pelos cálculos da Procuradoria, já neste ano ele não poderá ser condenado por eventual crime de lavagem de dinheiro na Inglaterra; a suposta prática do mesmo delito na Suíça prescreve em 2010, e, na ilha de Jersey, em 2014. Um eventual crime de formação de quadrilha estará prescrito no próximo ano. O ex-prefeito nega as acusações. Segundo seu assessor de imprensa, Adilson Laranjeira, "Paulo Maluf não tem e nunca teve conta no exterior". Em agosto de 2007, o ministro Eros Grau, do STF, arquivou inquérito em que Maluf era investigado por crime de corrupção na construção do túnel Ayrton Senna, porque o prazo para responsabilizá-lo havia se esgotado em 2004. Desde fevereiro de 2007, está com o ministro Ricardo Lewandowski, do STF, o inquérito 2.471, em que Paulo Maluf e mais dez pessoas, entre elas sua mulher, Sylvia, os filhos Flávio, Lígia, Lina e Otavio e outros familiares foram acusados criminalmente pelos mesmos fatos que motivaram recente bloqueio de bens numa ação civil pública em São Paulo. Maluf responde a processos de natureza civil e criminal. Na área cível, o Ministério Público Estadual pretende trazer de volta para o país US$ 166 milhões. Esse dinheiro teria sido desviado de obras públicas superfaturadas quando Maluf foi prefeito (1993-1996), remetido ilegalmente ao exterior por doleiros e "laranjas", e "lavado" em investimentos na Eucatex, empresa da família. A lavagem é uma operação pela qual o dinheiro "sujo", obtido de forma ilícita (crime antecedente) retorna ao mercado como se fosse "limpo", dificultando a comprovação da origem ilícita. Na esfera criminal, Maluf é acusado de lavagem de dinheiro --por três vezes-- e de formação de quadrilha. Segundo a Procuradoria, trata-se de lavagem do dinheiro proveniente dos crimes de corrupção passiva e de organização criminosa.

Rússia paga US$ 1 bi para operar campo de petróleo da Venezuela

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse ontem, domingo, que empresas russas vão pagar um bônus de US$ 1 bilhão ao país pelo direito de operar um campo de petróleo pesado da Faixa do Orinoco. Venezuela e Rússia acordaram a criação de uma empresa mista para explorar o Bloco Junin 6, onde esperam produzir entre 400 mil e 450 mil barris por dia de petróleo.
"A Rússia, as empresas russas, vão a pagar um bônus de US$ 1 bilhão", disse Chávez durante seu programa semanal de rádio e tevê "Alô, Presidente". O ministro de Energia venezuelano, Rafael Ramírez, explicou que o pagamento deve-se à participação no projeto conjunto. "Efetivamente, é um bônus por ter acesso à exploração de reservas em conjunto conosco", disse. As operações entre a estatal venezuelana PDVSA e o CNP (Consórcio Nacional Petroleiro) --integrado pelas empresas russas Rosneft, Gazprom, Lukoil, TNK-BP e Surgutneftegaz-- se iniciarão em 2012. Chávez viajou na semana passada à Rússia, país com o qual vem ampliando nos últimos anos as relações, com diversos acordos na área de energia e na compra de armas.
*Com informações da Agência Reuters

Mais de 12 mil permanecem desabrigados e desalojados em SC

Na Folha Online:
O nível do rio Araranguá subiu com a chuva e provocou a interdição da BR-101 no trecho em que passa pelo município de Araranguá, em Santa Catarina. Outras três rodovias estaduais estão interditadas. Os prejuízos no Estado chegam a R$ 211 milhões, segundo relatório divulgado pela Defesa Civil do Estado. O último boletim divulgado pela Defesa Civil, atualizado às 6h45 deste domingo (13), afirma que o rio está 3,14 metros acima do nível normal. A BR-101 foi interditada entre os quilômetros 401 e 404, entre Araranguá e Maracajá. Para carros, o desvio no sentido sul fica no quilômetro 380 da rodovia pela cidade de Içara. No sentido norte, os veículos devem entrar no quilômetro 426, em Ermo. Para caminhões o desvio está sendo realizado somente pela BR-116. Em Araranguá há cerca de 384 desabrigados e o número de desalojados já chega a 120. Em todo o Estado, de acordo com a Defesa Civil, 1.990 pessoas estão desabrigadas e 10.648 estão desalojadas.

Chávez confirma projeto nuclear com a Rússia e mais gastos militares

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, confirmou hoje que o país desenvolve um projeto nuclear civil com apoio da Rússia, nação que concedeu ao governo venezuelano um crédito de US$ 2,2 bilhões para a compra de armamentos. "O governo russo aprovou um financiamento de US$ 2,2 bilhões para as despesas com armamento. Graças ao apoio do presidente russo (Dimitri Medvedev) e do primeiro-ministro (Vladimir Putin), foi possível comprar armamento para aumentar nossa capacidade de defesa", disse Chávez em seu programa "Alô Presidente". Nos últimos anos, a Venezuela comprou equipamento militar russo, como 24 caças-bombardeiros Sukhoi-30, 50 helicópteros MI-17, M-26 e M-35 e 100 mil fuzis AK, tudo isso por mais de US$ 3 bilhões, segundo fontes russas. Segundo o governante venezuelano, o novo arsenal inclui 92 tanques T-72 e "um poderoso sistema antiaéreo" com um número não revelado de foguetes "reativos". "Já assinamos o contrato para estes aparatos", disse Chávez, ao mostrar fotografias do chamado "sistema reativo de 300 milímetros 'Smerch', com um alcance de até 90 quilômetros". "A Venezuela não tem planos de invadir ou agredir ninguém, mas eventuais agressores devem saber que em breve começaremos a montar estes foguetes com seus respectivos radares", declarou o presidente. "Não temos nada escondido", destacou Chávez, que já havia anunciado que faria tais aquisições há meses. No dia 5 de agosto, o chefe de Estado venezuelano disse que "não gostaria de gastar um centavo em armas", mas os Estados Unidos o obrigam a fazê-lo. Sobre seu projeto de desenvolvimento da energia nuclear, Chávez previu hoje que será acusado de querer chegar à bomba atômica, mas o presidente disse que a iniciativa obedece ao acordo que Medvedev assinou em uma visita à Venezuela em novembro de 2008: um convênio geral para a cooperação do uso da energia nuclear com fins pacíficos.
*Com informações da Agência EFE

Enviado americano inicia articulações para a paz no Oriente Médio

Na BBC Brasil:
O enviado americano ao Oriente Médio, George Mitchell (foto), afirmou ontem, domingo esperar que sua visita à região consiga finalizar os termos para que israelenses e palestinos possam retomar as negociações de paz. "Apesar de não termos chegado a um acordo a respeito de pontos importantes, estamos trabalhando duro para alcança-lo", disse ele após encontro com o presidente israelense, Shimon Peres. Peres, de 86 anos, parecia recuperado do mal-estar que levou-o a desmaiar em público no dia anterior, e disse que existe uma urgência para retomar as negociações (com os palestinos) até o fim do mês". Os EUA esperam promover um encontro entre líderes palestinos e israelenses na ONU, em fins de setembro. Um dos principais entraves para o início das negociações é a questão da ampliação dos assentamentos judaicos na Cisjordânia. Segundo as leis internacionais, os assentamentos são ilegais, embora Israel discuta isso. Na semana passada, a atual administração israelense emitiu permissões para a construção de 455 novas casas em terras que os palestinos esperam usar para a criação de seu Estado. O líder palestino, Mahmoud Abbas, disse que um pré-requisito para a volta das negociações é o congelamento das construções, inclusive aquelas justificadas por Israel como sendo consequência do crescimento natural das comunidades. Os EUA compartilham da posição palestina e vêm pressionando Israel para que interrompa as construções.