sábado, 20 de março de 2010

Porque hoje é sabado, uma bela mulher



A bela atriz Nathalia Dill

Hoje é dia do blogueiro

Charge 2006 copyright by Randy Glasbergen- www.glasbergen.com
Hoje, 20 de Março, é dia do blogueiro, segundo e-mail que recebo de Fernando Cabreira, um desses blogueiros incansáveis.
E blogueiro tem dia? Sei não, só sei que convencionaram assim! Isto até me lembra Ariano Suassuna em "O auto da compadecida".
A verdade é que se todos têm seu dia, nada como lembrar os blogueiros neste dia.
O Jornalista Claudio Humberto já afirmava que "no Brasil ser blogueiro não dá dinheiro, já ser ongueiro..."
Hoje já existe 'blogueiros de aluguel', aqueles que não tem o menor escrúpulo de, por dinheiro ou por ideologia barata, espalhar boatos, mentiras e calúnias. Elogiar crápulas e enaltecer imbecís.
Mas, como diria Vinicios de Morais: " Não tem nada não..."
Vamos devagar, coesos na arte de dizer a verdade e mostrar a verdadeira face podre da República seus autores e atores.
Não nos custa nada escrever a verdade, enaltecer a ética e a honestidade.

Incrível...Acreditem! Isto aconteceu

Quem é o personagem que paga para pregar ética na política a universitários no interior de Goiás? Delúbio Soares, claro! O patrono-professor e a turma de formandos em administração e gestão empresarial.
Por Sofia Krause, na VEJA:
A cena acima é um registro para a posteridade de um momento ímpar na vida de 22 formandos da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas de Goiatuba, no interior de Goiás. Sorriso no rosto, diploma nas mãos orgulhosamente levantadas e…, no alto, alguém que, aparentemente, não combina muito com o ambiente. O homem de terno e gravata é um professor, o patrono da turma, o escolhido para render homenagens aos alunos. Parece o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares - aquele acusado de corrupção e formação de quadrilha? Parece. Mas, ouvindo suas palavras na solenidade de formatura, não é possível que seja. “É muito importante a ética na política, na educação e na cultura do povo”, afirmou o professor, diante dos olhares atentos de mais de quatro centenas de convidados. E concluiu sua pregação: “É importante ter ética em tudo o que se faz na vida”. O homem que está no epicentro do maior escândalo de corrupção da história do Brasil, que manuseou milhões de reais em dinheiro roubado dos cofres públicos, agora empenha seus fins de semana pregando ética a jovens. Bonito, se estivesse cumprindo uma expiação. Mas nem isso é o que parece.
O ex-tesoureiro petista foi homenageado pela turma de futuros administradores por seu principal talento - a capacidade de arrumar dinheiro. Conta o presidente da comissão de formatura: “A gente ficou sabendo que o Delúbio gostava de participar desse tipo de festa, inclusive ajudando financeiramente. Fomos até sua fazenda e fizemos o convite para ele ser o nosso padrinho. Ele topou na hora e, aí, a gente perguntou se ele poderia dar uma ajudazinha nas despesas. Ele perguntou de quanto. Deixamos por conta dele”. Dias depois do convite, em novembro, o ex-tesoureiro depositou 6 000 reais, o equivalente a 13% das despesas da festa, na conta da comissão. “A gente sabe que a fama dele é horrível, mas fazer o quê, se ele pode bancar a festa?”, justifica Cezar Barros.
Tão impressionante quanto imaginar que um grupo de jovens universitários não se importe com a biografia de seus homenageados é perceber que a direção da faculdade também dá de ombros. “Nós respondemos ao MEC e ao Conselho Estadual de Educação, órgãos do governo. Por isso não vejo problema algum”, afirma Cleiton Camilo dos Santos, responsável pela instituição. Segundo ele, Delúbio é ligado ao governo do PT, logo não vai haver problema algum em tê-lo como patrocinador da formatura. “A escolha, afinal, foi dos alunos.” Delúbio fez dois depósitos, cada um de 3 000 reais, nas contas de dois formandos. Embora more em Buriti Alegre, no interior de Goiás, trabalhe na capital, Goiânia, e tenha sido patrono de uma festa em Goiatuba, parte do dinheiro, vivo, saiu de uma agência bancária de São Paulo. Hummm
*Li no blog do Reinaldo Azevedo

Dilma, a filha do mensalão

“Estão tentando trazer 2005 para a eleição de 2010, mas não acho que isso seja eficaz”.
A frase é da ainda ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, candidata do PT à Presidência da República. Ela está se referindo ao fato de que os senadores da oposição na CPI das ONGs conseguiram aprovar a convocação de João Vaccari Neto, tesoureiro do PT e ex-presidente da Bancop, para depor. Também foram convidados Hélio Malheiro, irmão de Luís Eduardo Malheiro, já morto, que presidiu a cooperativa antes de Vaccari, o promotor José Carlos Blat e o doleiro Lúcio Funaro.
Helio trabalhava com Luís Eduardo e diz que o irmão colaborava com o esquema de desvio de recursos da cooperativa, que lesou milhares de pessoas, para o PT; Blat investiga a lambança, e Funaro, em depoimento sigiloso à Procuradoria Geral da República, disse que Vaccari cobrava pedágio dos bancos que recebiam investimentos dos fundos de pensão das estatais. Por isso Dilma fala que estão “querendo ressuscitar 2005″.
Ela sabe muito bem o que aconteceu naquele ano. Seu partido foi flagrado naquele que pode ser considerado o maior e mais grave esquema de corrupção do período republicano: o mensalão do PT. Tanto é assim, que há 40 réus processados pelo Supremo Tribunal Federal.
NINGUÉM PODE RESSUSCITAR O QUE NÃO MORREU, CANDIDATA! O MENSALÃO ESTÁ VIVO, E, ATÉ AGORA, NENHUM DOS QUADRILHEIROS PETISTAS FOI PUNIDO, COMO A SENHORA SABE MUITO BEM. JOSÉ ROBERTO ARRUDA PRECISA DE COMPANHIA PARA JOGAR DOMINÓ!
O escândalo do Bancoop não tem nada a ver com mensalão. O que ele tem em comum com aquele escândalo é uma personagem: Vaccari. Não se sabia, e VEJA revelou na semana passada: Funaro, o doleiro também processado no caso do mensalão, acusou, em depoimento na Procuradoria Geral da República, Vaccari de cobrar propina dos bancos que recebiam recursos dos fundos de pensão — com a anuência desses, é óbvio. Tanto a Procuradoria considera suas informações relevantes que ele recebeu o benefício da delação premiada. POR QUE VACCARI NÃO É O 41º ELEMENTO? Eis um bom mistério da República.
O tomDilma fala em “ressuscitar 2005″ naquele tom de quem sugere que nada de errado aconteceu naqueles dias, que tudo não passou de uma grande conspiração, coisa da “imprensa golpista”, como acusou, então, a filósofa e moralista Marilena Chaui, aquela que começou estudando Spinoza e terminou justificando Delúbio Soares, coitada!!!
Dilma, falando por si mesma, tudo indica, vai render. Até agora, nós só a vimos escondida atrás de Lula, como teleguiada dele, como subordinada, como boneco de ventríloquo, como títere. Pensando por conta própria, ela realmente é capaz de enormidades.
NÃO CUSTA LEMBRAR QUE DILMA É FILHA DO MENSALÃO.
Eu explico: sem o escândalo, que esterilizou uma geração de petistas — incluindo estrelas de primeira grandeza como José Dirceu, Antônio Palocci (numa escândalo derivado) e José Genoino —, ela seria até hoje uma burocrata cinzenta e meio enfezada, a falar uma estranha língua na fronteira do português com o tecnocratês mal digerido.
Assim, o escândalo do mensalão vive, sobretudo, na candidata Dilma Rousseff. Sem as estrepolias criminosas de seus companheiros, não seria ele a candidata do PT.
Simples, não é mesmo, candidata?

Nós pagamos para os netinhos de Lula, previdência privada

De Francisco C. Weffort - Jornal O Globo:
A 1a. dama tratou de garantir o futuro dos 3 netos, sabendo que INSS é paraquem está nos andares de baixo e porque será um desastre para as futurasgerações. O gabinete de Segurança Institucional se empenha na coordenaçãode abafar o endereço de 600 mil reais que sumiram pelas mãos da Sra. MarisaLetícia da Silva, na utilização de seu poderoso cartão corporativo. Osigilo sobre o caso é questão de “segurança nacional', conforme defesa doSr. Jorge Armando Felix, ministro-chefe do GSI, sabedor que a segurança émuito mais um grau de garantia porque é relativa, está sujeita avulnerabilidades. *A verdade é que a esposa do presidente do governo maiscorrupto da história da do Brasil, desde D.João VI,** *desembolsou, emdinheiro vivo, nada menos que R$ 600.000,00 (seiscentos mil reais), queforam recolhidos aos cofres da Brasilprev e incorporados ao seu balanço de2007, para a aquisição de três planos de 'previdência junior' para garantiro futuro de seus três netinhos. A senhora Marisa Letícia, a que entrou muda e certamente sairá calada doPalácio da Alvorada, usufrui a bel prazer das facilidades que a blindagemoficial propicia, mas que é relativa, pois informações vazam.Lamentavelmente, a família da Silva que se tornou patrimonialmente poderosaem tão pouco tempo de reinado, ainda conta com a simpatia de uma legião debrasileiros sem emprego, sem moradia, sem educação, sem saúde, masportadores do cartão da corporação dos miseráveis do país. (OI/Brasil acimade tudo).Vamos pagar o Imposto de Renda corretamente e sem reclamar, pois temos quegarantir o futuro dos netinhos do LULA, já que a TELEMAR garantiu o BiólogoLULINHA. Se não estiver satisfeito, use o seu Cartão Corporativo, porém,com parcimônia... Que coisas tão graves em seus gastos na Presidênciaestará Lula procurando esconder da opinião pública? Que de tão grave têm asdespesas dos palácios do Planalto, da Alvorada e da Granja do Torto quepossam explicar a cortina de fumaça que o governo criou para impedir ocontrole dos cartões corporativos de Lula, Marisa, Lulinha, Lurian etc.? Aestas alturas, só o governo pode responder a tais perguntas. E como ogoverno não responde a opinião pública, sem os esclarecimentos devidos,torna-se presa de dúvidas sobre tudo e todos. *É conhecida a ojeriza de Lula a qualquer controle sobre gastos.Evidentemente os dele, da companheirada do PT, dos sindicatos e do MST, semesquecer um sem-número de ONG's sobre as quais pesam suspeitasclamorosas.*Ainda recentemente, ele vetou dispositivo de lei que exigia dossindicatos, prestação de contas ao TCU dos recursos derivados do impostosindical (agora 'contribuição'). Há mais tempo, Lula era contra o impostoem nome da autonomia sindical.
*Via blogspelademocracia@yahoogrupos.com.br

STF adia decisão se considera ou não Lula réu no mensalão


Do UOL notícias:
O presidente Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, não julgou na sessão plenária desta quinta-feira (18) o pedido para que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva compusesse a lista de réus no caso do mensalão do PT, suposto esquema de pagamentos em troca de apoio político. A sessão foi encerrada mais cedo, porque os ministros vão participar de um evento no Tribunal Regional Federal da 1ª região, em Brasília, para a cerimônia de posse da juíza federal Mônica Sifuente, segundo informou a assessoria de imprensa da Corte. Com isso, deve ficar para a próxima semana a análise da proposta da defesa do deputado cassado Roberto Jefferson (PTB-RJ), responsável pelas denúncias que revelaram o escândalo, em 2005. No esquema, segundo Jefferson, o governo teria comprado apoio de aliados no Congresso no primeiro mandato de Lula.O advogado de Jefferson, Luiz Francisco Corrêa Barbosa, alega que o tribunal precisa resolver uma contradição: por que Lula foi arrolado como testemunha se ex-ministros foram denunciados por supostamente comprar o apoio de deputados a projetos de sua autoria enviados ao Legislativo.Segundo informações da agência Reuters, dificilmente o presidente será qualificado como réu no processo, uma vez que esse pedido já foi negado várias vezes, e o autor da denúncia, a Procuradoria Geral da República, também não incluiu o presidente na lista de 40 réus.Outras 40 pessoas estão na lista dos envolvidos do esquema, entre eles os ex-ministros José Dirceu (Casa Civil), Luiz Gushiken (Secretaria de Comunicação) e Anderson Adauto (Transportes), além dos deputados João Paulo Cunha (PT-SP), Professor Luizinho (PT-SP), Roberto Jefferson, Valdemar Costa Neto (PR-SP).
COMENTO: Se fosse um comum mortal, a decisão seria mais rápida?
* Charge de Venancio via blog ened2010.wordpress.com

PIB, mais um engodo do governo Lula


Se você ouviu e viu Lula contando vantagem sobre seu PIB de menos 0,2% do ano passado, leia a tabela a seguir e perceba de que modo o governo do PT não soube aproveitar as oportunidades globais que ocorreram no decorrer dos últimos oito anos (os números são da Cepal, sede Chile). Os números são do crescimento do PIB. As comparações são apenas de Países da América Latina.

01- Argentina 63,58%

02- Panamá 57,19%

03-Uruguai 51,87%

04-Venezuela 50,89%

05-Peru 49,23%

06-Costa Rica 41,31%

07-Colômbia 38,71 7%

08- República Dominicana 38,55%

09- Honduras 38,37%

10- Equador 34,02%

11- Chile 32,59 %

12- Paraguai 30,67%

13- Bolívia 29,33%

14- Brasil 26,44%

15- Guatemala 26,24%

16- Nicarágua 23,84%

17- El Salvador 21,00%

18- México 19,35%.

Lula, o presidente dos estrangeiros


SÃO APROXIDAMENTE 600 MILHÕS DE DÓLARES OU 1 BILHÃO DE REAIS.DINHEIRO NOSSO, DOS NOSSOS IMPOSTOS, DOADO A GOVERNOS ESTRANGEIROS POR LULA. ESSA QUANTIA DARIA PARA SALVAR TODAS AS SANTAS CASAS DO BRASIL.
------------ --------- --------- --------- --------- --------- --------- --------- -
Brasil perdoa 95% da dívida de Moçambique
Os presidentes do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva , e de Moçambique, Joaquim Alberto Chissano, assinaram na terça-feira (31) em Brasília um acordo em que o Brasil perdoa 95% da dívida do país africano - no valor de
US$ 315 milhões. Lula acompanhou o gesto de um comentário dirigido elipticamente às metrópoles desenvolvidas:
"Eu penso que isso pode servir de exemplo para que outros países da mesma magnitude do Brasil tenham o mesmo gesto com outros países pobres do mundo, que muitas vezes têm uma dívida que todo mundo sabe que é praticamente impagável, mas que funciona como uma espécie de espada na cabeça dos devedores", afirmou.
------------ --------- --------- --------- --------- --------- --------- --------- -
Brasil perdoa mais da metade de dívida da Nigéria
O Brasil vai receber apenas US$ 67,3 milhões da dívida de US$ 150,4 milhões que a Nigéria contraiu com o país, há mais de 20 anos, em financiamentos e seguros de exportações. Os outros R$ 83,1 milhões serão cancelados, conforme acordo assinado ontem (29/12) pelo ministro interino da Fazenda, Murilo Portugal, e pela ministra das Finanças da Nigéria, Ngozi Okonjo-Iweala.
------------ --------- --------- --------- --------- --------- --------- --------- -
Brasil perdoa dívida de US$ 52 mi da Bolívia
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou nesta quinta-feira o perdão de uma dívida de US$ 52 milhões que a Bolívia tinha com Brasil.
O anúncio foi feito durante uma breve visita do presidente brasileiro à Bolívia, para onde viajou depois do final da Cúpula do Mercosul, em Puerto Iguazú , na Argentina.
Além de demonstrar seu apoio político a Mesa e perdoar dívidas do país, Lula anunciou a abertura de uma linha de crédito do BNDES para que a Bolívia possa construir uma rodovia ligando Puerto Suarez (cidade boliviana na
fronteira com o Brasil, perto de Corumbá/MS) a Santa Cruz de La Sierra.
------------ --------- --------- --------- --------- --------- --------- --------- -
Brasíl perdoa dívida de 4 milhões de dólares a Cabo Verde
O Brasil vai perdoar ao Estado de Cabo Verde a dívida de 4 milhões de dólares que este acumula junto das instituições daquele país.
------------ --------- --------- --------- --------- --------- --------- --------- -
Brasil perdoa dívida da Nicarágua
Havana, 17 de maio (RHC).- O presidente nicaragüense, Enrique Bolaños, agradeceu a decisão do Brasil de perdoar 95% da dívida nicaragüense com esse país, estimada em 141 milhões de dólares.
------------ --------- --------- --------- --------- --------- --------- ---------
Brasil perdoa dívida de Cuba
HAVANA - Brasil e Cuba devem assinar acordo para amortizar a dívida do governo cubano com o governo brasileiro, que já chega aos 40 milhões Euros.
O pagamento da dívida será suavizada com a redução de 20% dos valores de alguns produtos comprados pelo Brasil.
Cuba ainda tem uma dívida com o setor privado brasileiro no valor de R$ 10 milhões.
Lula chega em Cuba com presente econômico Pagamento de 20% da dívida de cerca de R$ 134 mi do país com o BB Será facilitado; usina terá R$ 20 mi do BNDES Havana (AF)
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, 57, desembarcou em Cuba com presentes econômicos para o ditador Fidel Castro, 77. Será facilitado o pagamento de 20% da dívida de cerca de R$ 134 milhões do país com o Banco do Brasil e serão investidos R$ 20 milhões do BNDES na construção de uma usina de álcool combustível.
------------ --------- --------- --------- --------- --------- --------- --------- -
OAB critica perdão de Lula à dívida do Gabão
O presidente em exercício do Conselho Federal da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Aristoteles Atheniense, criticou a decisão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de perdoar a dívida do Gabão com o Brasil, calculada em
US$ 36 milhões. O perdão foi anunciado durante viagem presidencial ao país africano, na semana passada.
------------ --------- --------- --------- --------- --------- --------- --------- --Finalmente...
Rápido na liberação de US$ 15 milhões para as vítimas do terremoto no Haiti, o governo Lula ainda não depositou um centavo na conta da prefeitura de Angra dos Reis (RJ) para assistência às vítimas das tragédias que mataram 52 pessoas. A informação foi confirmada pela prefeitura que, para receber os R$ 80 milhões prometidos, precisa apresentar projetos.
------------ --------- --------- --------- --------- --------- --------- --------- --ENQUANTO ISTO NO BRASIL.....
Aumento dos aposentados é vetado...
Não há verbas para a Escola Pública...
Não há verbas para a Saúde Pública
Não há verbas para a Segurança Pública
Quanta hipocrisia. De um lado usa-se dinheiro do contribuinte para desafogar dividas de outros paises como Cuba, Gabao, Bolivia, Nicaragua, Cabo Verde,Mocambique.
O BNDES do governo emprestou milhões de dólares para a VENEZUELA do palhaço HUGO CHAVEZ para a construção do METRÔ, gerando empregos para milhares de venezuelanos, negando empréstimo para o metrô de São Paulo. Para o emprego de brasileiros, nada.
O BNDES emprestou milhões de dólares a BOLÍVIA para que fosse construída uma estrada com 100% em território boliviano, que liga "lugar nenhum" a "porra nenhuma" só para dar emprego a milhares de bolivianos.
O BNDES emprestou 450 milhões de dólares para o ditador FIDEL CASTRO para diversas obras em CUBA, para dar empregos aos cubanos. O governo anistiou a dívida do assassino FIDEL CASTRO, de Cuba, de 150 milhões de dólares.
O governo anistiou a dívida de diversos PAISES AFRICANOS,todos governados por DITADORES, 700 milhões de dólares.
O governo pagou mais de 55 milhões de dólares por um avião nababesco, ao nível dos marajás das arábias.
O governo gasta, anualmente, mais de 10 milhões de reais com cartões de créditos corporativos distribuidos aos ministros O governo está fazendo uma LOTERIA para que os clubes de futebol possam pagar as suas dívidas com o INSS.
ATÉ QUANDO O POVO BRASILEIRO VAI CONTINUAR PAGANDO ESSA CONTA FEITO IDIOTA ?
De quantos otários Lula precisa para eleger a terrorista e uma assaltante de bancos da corriola dele?
Eu não tenho candidato esse ano (nunca tive na verdade) mas não posso deixar minha terra entregue nas mãos dessa gangue do PT e seus chefes patifes.
Meu voto é daquele que tiver melhores condições de derrotar essa quadrilha. Não desperdiçarei meu voto, com certeza.
Votar é um dever de consciência! Eleger é um direito da cidadania. Cobrar é uma obrigação do cidadão. Eleito, não cumpriu?...rua com ele. Vamos as ruas mostrar a indignação para com a safadeza, o uso inapropriado do nosso dinheiro e a cara de pau desses safados. Vamos mostrar que o brasileiro não é trouxa como parece e sim humilde e mal informado.
*Via blogspelademocracia

sexta-feira, 19 de março de 2010

O que a imprensa brasileira, alugada e conivente, não mostra


Miami. 26 de fevereiro de 2010, membros da Assembléia da Resistência Cubana ocuparam pacíficamente o Consulado do Brasil em Miami para denunciar a cumplicidade do presidente brasileiro com o ditador cubano e suas atrocidades contra o povo de Cuba.

Assassinos de Celso Daniel estão soltos

Três acusados de participar do assassinato do ex-prefeito de Santo André Celso Daniel conseguiram liberdade após quase oito anos presos. Os três habeas corpus foram concedidos anteontem pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Marco Aurélio Mello. José Edison da Silva, Elcyd Oliveira Brito e Marcos Roberto Bispo dos Santos estavam presos desde 2002, quando Daniel foi assassinado. Apontado como o mentor do crime, Sérgio Gomes da Silva, o "Sombra", que chegou a ser preso, está em liberdade, por decisão do STJ (Superior Tribunal de Justiça), desde 2004.A defesa dos três acusados argumentou, no pedido, que eles aguardavam desde 2002 o julgamento e que, por isso, a prisão preventiva era ilegal.
*Li na Folha de São Paulo

Relatório da FAB considera proposta francesa a "mais consistente"

Parece que a novela dos aviões caça, para a FAB, está chegando ao fim. Após dois dias de reuniões em Brasília, o Comando da Aeronáutica entabulou um motivo para embasar a vontade do governo em optar pela compra dos aviões Rafale, da Dassault, mesmo sendo o mais caro dos três concorrentes. Sem nenhum argumento técnico, foi entregue, nesta quarta-feira (17/3), um ofício-resposta ao ministro da Defesa, Nelson Jobim, que considera não ser responsabilidade da Força Aérea Brasileira (FAB) a decisão política de escolher o novo caça.
No entanto, talvez para stisfazer ao presidente da República, a Aeronáutica apresentou uma pífia reavaliação considerando a Estratégia de Defesa Nacional, os caças franceses representam a “proposta mais consistente”.
O relatório da FAB, sob critérios técnicos, não é nada não é nada, não é nada mesmo!
Fica, então, para o contribuinte brasileiro o ônus de pagar os caças mais caros do mundo.
Este talvez seja o preço por ter "o cara do ano"!Parece que a novela dos aviões caça, para a FAB, está chegando ao fim. Após dois dias de reuniões em Brasília, o Comando da Aeronáutica entabulou um motivo para embasar a vontade do governo em optar pela compra dos aviões Rafale, da Dassault, mesmo sendo o mais caro dos três concorrentes. Sem nenhum argumento técnico, foi entregue, nesta quarta-feira (17/3), um ofício-resposta ao ministro da Defesa, Nelson Jobim, que considera não ser responsabilidade da Força Aérea Brasileira (FAB) a decisão política de escolher o novo caça.
No entanto, talvez para stisfazer ao presidente da República, a Aeronáutica apresentou uma pífia reavaliação considerando a Estratégia de Defesa Nacional, os caças franceses representam a “proposta mais consistente”.
O relatório da FAB, sob critérios técnicos, não é nada não é nada, não é nada mesmo!
Fica, então, para o contribuinte brasileiro o ônus de pagar os caças mais caros do mundo.
Este talvez seja o preço por ter "o cara do ano"!

quinta-feira, 18 de março de 2010

Líder palestino dá o fora em Lula

A Autoridade Palestina (AP) dispensou a mediação do Brasil em seu diálogo com o Hamas. Mas quer que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva aproveite a visita a Teerã, em maio, para tratar do envolvimento do Irã com o Hamas. Em entrevista exclusiva ao Estado, o presidente da AP, Mahmoud Abbas, deixou clara a mensagem: "Atores influentes da região dificultam a reconciliação nacional, particularmente o Irã, que não se mostra interessado no diálogo nacional palestino com base em uma agenda palestina."
*Li no Estadão.

quarta-feira, 17 de março de 2010

O Dragão da maldade recua

O ministro Paulo Vannuchi anunciou hoje que o governo vai alterar o programa em quatro pontos. Quais? AQUELES PRECOCEMENTE APONTADOS NESTE BLOG COMO HOSTIS A DEMOCRACIA. Segundo o ministro:
1 - Imprensa - Vai desaparecer a referência ao controle dos meios de comunicação;
2 - Invasões - Vai ser eliminado artigo que transforma invasor de propriedade privada em parte da comissão de negociação nos casos de reintegração de posse;
3 - Aborto - Vai desaparecer do programa a referência à descriminação do aborto;
4 - Crucifixo - Vai ser eliminado do texto a perseguição a símbolos religiosos.
Mudaram porque se descobriram, de repente, democratas? Não! Porque sentiram cheiro de carne queimada e perceberam que essas coisas traziam óbvios prejuízos ao governo. E essa percepção só foi possível porque a sociedade — NÓS!!! — se mobilizou. Lembro que o governo já tinha recuado em outra questão: a tal “Comissão da Verdade” perdeu o seu caráter de revanche contra o regime militar. Mas atenção! É preciso que se mantenha a vigilância. Vamos ver se eles vão mesmo encaminhar as mudanças prometidas. E não custa lembrar: o controle dos meios de comunicação foi aprovada em duas outras conferências convocadas pelo governo: a de comunicação e a de cultura. Eles não se cansam! Nem a gente!!!
*Li no blog do Reinaldo Azevedo

Bye bye Arruda

Por 4 votos contra 3, o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Distrito Federal cassou nesta terça-feira o mandato do governador afastado e preso José Roberto Arruda (sem partido) por desfiliação partidária. A maioria dos integrantes da Corte seguiu o voto do relator Mário Machado, e defendeu que Arruda deixou o DEM sem respaldo legal, mesmo estando ameaçado de expulsão. O julgamento terminou empatado com três votos favoráveis a cassação e três contrários. A votação foi decidida pelo presidente em exercício, desembargador Lecir da Luz, que seguiu o voto do relator. Arruda é o primeiro governador cassado por infidelidade partidária.

terça-feira, 16 de março de 2010

PT descarta Ciro em São Paulo

Ciro, o falastrão, descartado pelo PT paulista
Terminou o namoro entre o PT de São Paulo e o deputado estadual Ciro Gomes (PSB-SP), que poderia terminar na candidatura do parlamentar à sucessão do governo paulista. Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo Ciro chamou o PT em São Paulo de "um desastre", o partido resolveu, então, encampar definitivamente o nome do senador Aloizio Mercadante (PT) para liderar a oposição que tentará tirar do poder o PSDB paulista. "É o nome do senador Mercadante que emerge nesse momento", admitiu Edinho Silva, presidente do PT no Estado de São Paulo.
As críticas de Ciro ao PT e à possibilidade de sua candidatura ao governo paulista - chamada de artificial pelo deputado - acabaram ainda com um encontro, previsto para esta semana, no qual os partidos de oposição ao PSDB em São Paulo tentariam convencê-lo a aceitar a disputa. Ciro era esperado para uma reunião com todos os partidos da frente, formada, por enquanto, com PT, PSB, PDT, PCdoB, PTC, PRB, PSC e PTN, mas com possibilidade de adesão de PHS e PR.
*Com informações da Agência estado

Mais retaliações contra os Estados Unidos

O cinema americano na mira brasileira para receber retaliações econômicas
O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior vai abrir hoje à consulta pública a lista de setores econômicos dos Estados Unidos cujos direitos de propriedade intelectual podem ser suspensos pelo Brasil. No governo, não há consenso sobre os segmentos econômicos que devem ser alvos preferenciais das retaliações e como elas poderão incidir. O ministério favorece a imposição de taxações sobre as remessas de royalties à indústria cinematográfica americana e prefere manter as patentes farmacêuticas isentas de sanções.
A medida faz parte das retaliações autorizadas pela Organização Mundial do Comércio (OMC) após sete anos de uma controvérsia movida pelo Brasil contra os subsídios concedidos por Washington a produtores e exportadores de algodão.
A lista exposta a consulta pública, por 20 dias, foi aprovada pelos ministros que compõem a Câmara de Comércio Exterior (Camex) na semana passada, segundo fontes do ministério. Ao fim da consulta, haverá ainda um período de estudos dos resultados por uma equipe técnica.
O cuidado do governo com a aplicação das sanções sobre propriedade intelectual está no fato de se tratar de uma iniciativa inédita no mundo. As possíveis consequências serão avaliadas exaustivamente, segundo um diplomata experiente na área, para evitar prejuízos ao País.
*As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fraude no Banco do Brasil?

O Tribunal de Contas da União, a Câmara dos Deputados, o Ministério Públicos Federal e o Ministério do Trabalho investigam denúncia do Conselho Fiscal da Previ, fundo de pensão dos servidores do Banco do Brasil, que acusa os gestores do BB de realizarem lançamentos contábeis irregulares. O banco teria superestimado receitas futuras em R$ 9 bilhões, o que poderia criar uma “bolha” no mercado mobiliário. O balanço contábil do BB considera receitas futuras que não observam a regulamentação da Comissão de Valores Mobiliários. Francisco de Assis Chaves Costa, da Previ, também acusa o BB de ignorar resolução do Conselho Gestor de Previdência Complementar.
*Li no site do Claudio Humberto

O irrevogável amedrontado

Recentemente, o senador Aloizio Mercadante (PT) convidou para uma conversa a ex-prefeita Marta Suplicy (PT). Estava preocupado com a escolha pelo PT do candidato à sucessão do governador José Serra (PSDB).
- Sabe, Marta, minha reeleição é praticamente garantida. Mas Lula está fazendo muita questão de que eu dispute o governo.
- Sei, Mercadante.
- A eleição para o governo será uma aventura. E nós sabemos que dificilmente venceremos - continuou Mercadante.
Marta concordou com ele.
- Será um sacrifício enorme da minha parte trocar um mandato certo de senador por uma derrota quase certa para o governo.
Marta nada disse. Esperou que Mercadante concluísse seu raciocínio.
- É por isso que eu gostaria de discutir desde já com você a eleição para prefeito de São Paulo em 2012.
- Discutir o quê? 2012 é outra eleição. Está muito longe.
- Se eu perder o governo quero me candidatar a prefeito - adiantou Mercadante.
- A prefeito eu também quero - retrucou Marta.
- Bem, nesse caso eu posso desistir de sair candidato ao governo.
- Eu topo ser candidata ao governo.
O candidato ao governo será Mercadante. Porque Lula quer - e isso bastaria.
Mas também porque a maior parte do PT paulista quer. E porque para ele é melhor colher uma derrota previsível disputando o governo do que uma derrota inesperada concorrendo ao Senado.
Discretamente, Mercadante está se reunindo com deputados estaduais e outros líderes do PT de São Paulo para tratar de sua candidatura.
Não parece feliz.
*Li o texto no blog do Ricardo Noblat

segunda-feira, 15 de março de 2010

Um presidente aloprado

O presidente brasileiro chegou neste domingo a Israel e já provocou o primeiro incidente diplomático que bem poderia ser raduzido como uma grosseria inaceitável:
Negou-se a depositar flores no túmulo de Theodor Herzl, fundador do Movimento Sionista e considerado pelos israelenses o idealizador do moderno estado judeu. Lula ainda pode evitar a grosseria, ou ofensa, e a provocação.
Fica evidente que Lula, na sua ignorância, não tem a menor idéia de quem foi Herzl.
No entanto sua assessoria internacional o deveria instruir para não cometer tal ato de desrspeito ao povo judeu, até porque, na próxima terça, em Ramallah, na Cisjordânia, ele pretende depositar flores no túmulo de Yasser Arafat. Mesmo que conhecesse a história de Herzl, que era um jornalista e um intelectual, que não tinha as mãos sujas de sangue, Lula deveria respeitar a tradição. Logo Lula que chega a Israel dizendo-se o portador de uma nova mensagem: a da conciliação. Indaga-se: Que conciliador é este que já chega insultando aquele que é, na prática, o principal herói nacional moderno? A coisa é séria, é grave: na condição auto-outorgada de juiz simbólico dos conflitos no Oriente Médio, o presidente brasileiro deslegitima uma causa e uma visão de mundo sem as quais Israel não existiria. Feita essa escolha, já não pode mais se apresentar como o homem do diálogo. A ser mantida a decisão, Lula se tornará uma espécie de ídolo do anti-semitismo mundial. Daqui a pouco, como sabemos, ele vai ao Irã emprestar seu apoio e sua solidariedade a Mahmoud Ahmadinejad. E seu perfil estará ainda mais definido diante do mundo. Aquela reportagem tonta do Haaretz dizia que Lula sabia como ser amigo do Irã e de Israel. As amizades de Lula estão começando a ficar bem claras.
*Com informações do blog do Reinaldo Azevedo

Lula começa visita a Jerusalém com incidente diplomático

video
O presidente Lula decidiu não participar de uma cerimônia em homenagem ao fundador do Sionismo, Theodor Herzl, na terça-feira (16).
Os organizadores do evento ficaram irritados com a recusa. Em Ramallah, cidade que abriga o governo palestino, Lula pretende depositar flores no túmulo de Yasser Arafat.
Uma fonte do ministério das Relações Exteriores de Israel declarou ao Guysen, o maior site de notícias de Tel Aviv em língua francesa, que não é aceitável que Lula desrespeite o procolo usual do país. Espera que ele reveja sua decisão.

Empreiteiras suspeitas de formar cartel e fraudar licitações


Metrô de Salvador - obra suspeita de ser utilizada pelo cartel
Documentos que constam de inquéritos da Polícia Federal indicam que empreiteiras repartem, à margem das licitações, a execução e o pagamento de obras públicas, informam Renata Lo Prete e Leonardo Souza, em reportagem publicada no Jornal Folha de São Paulo. Segundo os documentos, as construtoras acertam quem vai executar uma obra. Depois, participam separadamente da licitação. Escolhida a vencedora, a partilha é feita por fora, num "consórcio paralelo". Esse esquema, relata a PF, operou nas licitações dos metrôs de Salvador e do Rio, entre outras. Ao todo, 12 construtoras são investigadas por suposta formação de cartel que, juntas, têm receita anual de R$ 20 bilhões. Esse valor equivale ao que o país estima gastar na realização da Copa-2014. Governos envolvidos negam fraude. Cinco empresas não quiseram falar, entre elas Andrade Gutierrez e Camargo Corrêa. Segundo a reportagem o jornal entrou em contato com as empreiteiras mas quatro empresas, entre as quais a OAS, não ligaram de volta. A construtora Queiroz Galvão disse que não se manifestaria por não ter conhecimento das acusações, e a Odebrecht negou irregularidades.

Recorde de corrupção no governo de Lula

A Polícia Federal investiga 29.839 crimes contra a administração pública, aponta relatório da corporação enviado ao Ministério da Justiça e à Casa Civil. Os delitos detectados são corrupção, peculato, tráfico de influência, fraudes em licitações, emprego irregular de verbas públicas, prevaricação e concussão (extorsão praticada por funcionário público). Os quase 30 mil inquéritos estão distribuídos pelas 27 superintendências regionais da PF. Seu objetivo é identificar fraudadores do Tesouro em oito modalidades previstas no capítulo do Código Penal que trata dos crimes contra a administração. O acervo é relativo a investigações iniciadas, em sua grande maioria, a partir de 2003. Nesse período de sete anos, a PF deflagrou 1.023 operações, nas quais prendeu 13.024 suspeitos. O maior volume de inquéritos foi instaurado entre 2008 e 2009, quando os federais executaram 523 missões que culminaram com a prisão de 5.138 investigados, "envolvidos em vultosos desvios de recursos federais". O Sistema Nacional de Procedimentos (Sinpro) da PF indica que, dos quase 30 mil inquéritos, 13.798 apuram crime de peculato - quando o servidor se apropria de dinheiro ou bem público. Outros 3.649 se referem a prevaricação, caracterizada quando uma autoridade retarda ou deixa de praticar ato de ofício por interesse próprio. Em terceiro lugar estão os inquéritos por corrupção passiva (3.488). Para investigar fraudes em licitações há 3.292 inquéritos. A seguir estão os feitos sobre corrupção ativa (2.240). Uma estimativa dos valores desviados ainda depende do mapeamento dos inquéritos.

Quem foram os libertadores da América

A Copa Libertadores tirou seu nome de dois heróis da independência dos países de língua espanhola da América: José de San Martín e, especialmente, Simón Bolívar (à direita).
O venezuelano Bolívar foi o responsável pela libertação de Bolívia, Colômbia, Equador, Peru e Venezuela, enquanto o argentino San Martín foi o herói de Argentina, Chile e Peru.
O Brasil, portanto, fica fora da denominação da mais importante competição interclubes de futebol disputada no continente. Dom Pedro I, que proclamou a independência em 1822, era visto apenas como alguém que seguia a dominação européia na América do Sul.
Li no oragoo.net

domingo, 14 de março de 2010

Empreiteiras suspeitas de formar cartel e fraudar licitações

Metrô de Salvador - obra suspeita de ser utilizada pelo cartel

Documentos que constam de inquéritos da Polícia Federal indicam que empreiteiras repartem, à margem das licitações, a execução e o pagamento de obras públicas, informam Renata Lo Prete e Leonardo Souza, em reportagem publicada no Jornal Folha de São Paulo.
Segundo os documentos, as construtoras acertam quem vai executar uma obra. Depois, participam separadamente da licitação. Escolhida a vencedora, a partilha é feita por fora, num "consórcio paralelo".
Esse esquema, relata a PF, operou nas licitações dos metrôs de Salvador e do Rio, entre outras. Ao todo, 12 construtoras são investigadas por suposta formação de cartel que, juntas, têm receita anual de R$ 20 bilhões.
Esse valor equivale ao que o país estima gastar na realização da Copa-2014. Governos envolvidos negam fraude. Cinco empresas não quiseram falar, entre elas Andrade Gutierrez e Camargo Corrêa.
Segundo a reportagem o jornal entrou em contato com as empreiteiras mas quatro empresas, entre as quais a OAS, não ligaram de volta. A construtora Queiroz Galvão disse que não se manifestaria por não ter conhecimento das acusações, e a Odebrecht negou irregularidades.