sábado, 24 de janeiro de 2009

Crise masculina tem cura

Quando eu completei 25 anos de casado , introspectivo, olhei para minha esposa e disse:
-Querida, 25 anos atrás nós tínhamos um fusquinha, um apartamento
caindo aos pedaços, dormíamos em um sofá-cama e víamos televisão em
uma TV preto e branco de 14 polegadas. Mas, todas as noites, eu dormia
com uma loira de 25 anos.
E continuei:
-Agora nós temos uma mansão, duas Mercedes, uma cama super King size e uma TV de plasma de 50 polegadas, mas eu estou dormindo com uma senhora de 50 anos. Parece-me que você é a única que não está evoluindo.
Minha esposa, que é uma mulher muito sensata, disse-me então, sem
sequer levantar os olhos do que estava fazendo:
-Sem problemas! Saia de casa e ache uma loira de 25 anos de idade que queira ficar com você. Se isso acontecer, com o maior prazer eu farei com que você, novamente, consiga viver em um apartamento caindo aos pedaços, durma em um sofá-cama e não dirija nada mais do que um fusquinha.
Sabe que fiquei curado da minha crise de meia-idade?

A festa política vai recomeçar

Deu na coluna Radar da Veja

A festa vai recomeçar


Na terça-feira à noite, Renan Calheiros jantou com Gim Argello, em Brasília. O clima era de festa entre os dois senadores. Na mesa, contavam os votos pró-José Sarney na eleição à presidência do Senado. Quem deve ter trabalho com a volta desse grupo ao poder é a Justiça. Renan é o velho conhecido que deixou a presidência do Senado em 2007 após ser acusado de ter usado dinheiro de lobista para pagar pensão alimentícia e utilizado laranjas para se tornar sócio de uma emissora de rádio e um jornal, entre outras estripulias. Mas seu companheiro na comemoração não fica atrás. Argello responde a um inquérito no Supremo por apropriação indébita, peculato, corrupção passiva e lavagem de dinheiro e, ufa!, ainda foi investigado pelo Ministério Público por suspeita de corrupção, grilagem de terras e improbidade administrativa.

Morre a modelo Mariana Bridi

Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde do Espírito Santo divulgou que a modelo morreu, às 2h30 deste sábado, em decorrência de complicações de uma infecção generalizada gravíssima. Ainda de acordo com o documento, ela sofria de choque séptico, causado por bactérias da espécie estafilococos e Pseudomonas aeroginosa, tendo como foco uma infecção urinária.
A inflamação que acometeu a modelo Mariana Bridi é considerada grave e rara por especialistas do Instituto Latino Americano de Sepse (Ilas). Ela teve as mãos e pés amputados após um choque séptico. Apesar de rara, a sepse atingiu 400 mil pacientes e provocou a morte de 230 mil pessoas em 2004, segundo estudo realizado pelo Ilas. "Isso representa uma mortalidade cerca de 12 vezes maior do que o número de mortes provocadas por infarto", disse Nelson Akamine, diretor do Ilas e integrante do comitê de sepse da Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB).

Testando o nível de idiotice

Se você quer testar seu nível de idiotice preste atenção nas afirmativas abaixo:

● Quando era criança vivia comendo espinafre achando que ia ficar forte igual ao popeye.
● Bota pilha fraca no congelador achando que vai voltar funcionar.
● Acessa o bate papo da uol na esperança de comer alguém.
● Uma vez quase se matou pra entrar no camarim do manuelzinho dos teclados.
● Já colocou a frase "solteiro(a) sim sozinho(a) nunca" no status do msn ou orkut.
● Fala com alguém balançando a cabeça.
● Já contou a piada do não nem eu.
● Passa o carnaval inteiro perguntando para os amigos se eles vão ver a mangueira entrar.
● Já tirou os pelos da bunda com uma pinça.
● Leu esse texto todo com a mão no mouse.

RESULTADO: Se você disse "sim" a :
5 ou menos de 5 afirmativas: Muito idiota,
6 ou mais afirmativas: Vá urgentemente a sessão do descarrego.
Veja mais em:http://www.recebiporemail.com.br/

Língua presa

Daniel Lafayette


http://ultralafa.wordpress.com/

25 anos de crimes e impunidade

Eles se abrigam sob a bandeira de uma organização política com o nome de Movimento dos Sem-Terra (MST). Não têm sede fixa nem estatuto. Seus chefes nacionais nunca são processados ou condenados. Apesar disso, suas ações são criminosas e suas vítimas em potencial, qualquer propriedade, empresa ou centro de pesquisa agropecuária que produza riqueza ou tecnologia. Para angariarem simpatia e milhões de reais de repasses do governo federal, eles se disfarçam de defensores da reforma agrária lutando em nome de agricultores familiares deslocados de suas pequenas propriedades por implacáveis magnatas do agronegócio. São, na verdade, um grupo de espertalhões de esquerda que recruta, manipula e domina pelo poder econômico, e também pela violência, andarilhos, mendigos, desempregados urbanos, ex-presidiários, foragidos da Justiça e até pessoas com emprego nas cidades que aceitam engrossar suas fileiras em troca de pagamento. Essa espantosa organização completou na semana passada um quarto de século zombando da lei.
Uma reportagem de VEJA, feita com base em cadernos de anotações de líderes do MST apreendidos pela polícia do Rio Grande do Sul, revela que não é por acaso que as invasões em todo o país seguem um mesmo padrão. O MST desenvolveu um método de organização paramilitar com disciplina férrea, julgamentos internos e incentivo ao uso de armas. As cartilhas apreendidas ensinam como escapar de um flagrante, produzir bombas caseiras, esconder antecedentes criminais, disfarçar a falta de experiência na vida do campo e também como fraudar cadastros para receber ajuda oficial em dinheiro. Até hoje, as ações criminosas dessa força do atraso no campo não conseguiram fazer grandes estragos no exuberante desempenho do agronegócio brasileiro – que produziu cerca de 4 de cada 10 dólares de divisas trazidos pelas exportações do país em 2008. Os efeitos da crise externa no campo em 2009 são preocupantes. Se a eles se somar o prometido recrudescimento das invasões, os objetivos deletérios do MST poderão ser atingidos. É do maior interesse de todos os brasileiros que a ousadia e a impunidade do Movimento dos Sem-Terra tenham um fim imediato.
http://veja.abril.com.br/280109/cartaleitor.shtml

O andróide da Casa Branca

DIOGO MAINARDI

"Desde que foi eleito, Barack Obama apropriou-se da imagem de Abraham Lincoln. Ele está para Lincoln assim como Hugo Chávez está para Simon Bolívar"

O androide é acionado. É uma réplica exata de Abraham Lincoln, o presidente dos Estados Unidos, morto em 1865. Há uma grande expectativa por parte de seus idealizadores, donos de uma fábrica de instrumentos musicais de Idaho. Depois de alguns instantes, o androide abre a boca e pronuncia suas primeiras palavras. Um defeito elétrico permite que ele fale apenas de trás para a frente. Abraham Lincoln tem de ser consertado.
A passagem anterior é de We Can Build You, de Philip K. Dick. Qualquer romance que contenha um androide é um mau romance. Qualquer romance ambientado no futuro é um mau romance. Um mau romance – contendo um androide e ambientado no futuro – é o que melhor representa o presente.
O presente é ele: Barack Obama. A analogia com o romance de Philip K. Dick é simples. Desde que foi eleito, Barack Obama apropriou-se da imagem de Abraham Lincoln. Ele seguiu seus passos, apresentando-se despudoradamente como sua réplica. O mimetismo intensificou-se nas últimas semanas. A caminho de Washington, ele reproduziu a viagem de trem de Abraham Lincoln. Depois discursou no Lincoln Memorial. Depois usou a Bíblia do antigo presidente em seu juramento. No dia da posse, em seu primeiro discurso, ao contrário do androide de Philip K. Dick, Barack Obama evitou falar de trás para a frente (só Aretha Franklin, por causa de um defeito elétrico, cantou num patoá desconhecido), mas pronunciou vacuidades igualmente desprovidas de significado sobre o fim das ideologias, a economia de mercado, a regulamentação financeira, a energia alternativa e o terrorismo árabe.
O paralelo com Abraham Lincoln foi soprado pelos marqueteiros do próprio Barack Obama. A imprensa diligentemente tratou de espalhá-lo. É assim que trabalha a imprensa nos tempos de Barack Obama: ecoa a propaganda presidencial. A estratégia de associá-lo a Abraham Lincoln revela o aspecto mais aventureiro e caricaturesco da figura do presidente americano. Ele está para Abraham Lincoln assim como Hugo Chávez está para Simon Bolívar. Benito Mussolini sempre era comparado aos imperadores romanos. Ele compreendeu perfeitamente a utilidade de se agregar a um passado glorioso, organizando festividades como o bimilenário de Virgílio ou de Augusto (este último, depois da conquista da Etiópia). Num documentário americano de 1933, o narrador Lowell Thomas, embevecido por um de seus discursos, comenta: "O momento é solene: César renasce".
O androide de Abraham Lincoln oferece bons conselhos ao protagonista do romance de Philip K. Dick. Até o dia em que ele manifesta seu lado esquizoide, que o impede de agir, como o Abraham Lincoln original. Barack Obama não é um Abraham Lincoln. Ele é apenas seu simulacro com a fiação invertida.
Texto da Revista Veja:http://veja.abril.com.br/280109/mainardi.shtml

Uma história boa pra cachorro


Veja lá:http://leobelferrari.blog.uol.com.br/

CGU indica desvio milionário na Funasa

A Controladoria-Geral da União (CGU) divulgou dados de 2008 que identificam o uso irregular, por parte de prefeituras, secretarias de Estado e entidades indígenas, de 228 repases da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), totalizando um prejuízo de pelo menos R$ 155,4 milhões aos cofres públicos. O valor corresponde a 20% do total de repasses do governo federal considerados irregulares pela CGU. Os casos se concentram em prefeituras de Minas e das regiões Norte e Nordeste do País. Na maioria deles, as irregularidades demonstram “fortes possibilidades de desvio”. Os valores auditados pela CGU agora passarão pelo Tribunal de Contas da União (TCU), que julgará os casos um a um. A expectativa das autoridades é de que os valores sejam ressarcidos à administração pública. A Funasa explica que a auditoria da CGU analisa casos de até 15 anos atrás e que o órgão determinou a suspensão de todos os processos licitatórios para análise.

Bolsa vaselina inspira poeta popular

A decisão do Ministério da Saúde de adquirir gel lubrificante para "reduzir os danos" nas relações sexuais anais, revoltou muita gente, mas inspirou o poeta popular Miguezim de Princesa, que, com muita graça, compôs o cordel "Bolsa-Vaselina". O talento de Mieguezim de Princesa ultrapassou fronteiras. Seu trabalho será objeto de estudo do Trinity College (EUA), por iniciativa de Eric Galm, pesquisador de música brasileira e profesor de etnomúsicologia, que escreve um livro sobre essa expressão de cultura popular no Brasil.
Leia abaixo o cordel "Bolsa-Vaselina":
I
Sem ter mais o que doar,
O Governo da Nação
Resolveu, virando os olhos,
Gastar mais de R$ 1 milhão,
Doando para os viados
Bolsa-lubrificação.
II
Quem tem o seu pode dar
Da forma como quiser
Seja feio, seja bonito,
Seja homem ou mulher,
E tem de agüentar o tranco
Da forma como vier.
III
O Governo Federal,
Que em tudo quer se meter,
Decretou que o coito anal
Tem mas não pode doer
E o Bolsa-Vaselina
Surgiu para socorrer.
IV
Quinze milhões de sachês:
A farra está animada!
Vai ter festa a noite inteira,
Até mesmo na Esplanada,
Sem ninguém sequer sentir
A hora da estocada.
V
Coitada da prega-mãe,
Vai perder o seu valor,
Pois é ela quem avisa
Na hora que aumenta a dor
E protege as outras pregas
De algum violentador.
VI
O governo quer tirar
Do gay a satisfação,
Como mulher sem praze
(Fonte de reprodução),
Porque tanta vaselina
Vai tirar a “sensação”.
VII
- É para reduzir danos
- Defende logo um petista.
Porque na hora do coito
Dá um escuro na vista
E a dor é tão profunda
Que eu sinto dó do artista.
VIII
- Mas tu já desse, bichim?
- pergunta Zé de Orlando.
O governista sai bravo,
Dando coice e espumando,
Pega o “rabo de cavalo”
E sai no dedo enrolando.
IX
O Brasil é mesmo assim:
Prostituta tem prazer,
Vagabundo tira férias,
Se trabalha sem comer
E quem dá o ás-de-copas,
Dá mas não pode doer.
X
O governo resolveu
Dar bolsa pra todo mundo
E criar um grande exército
De milhões de vagabundos
Só faltava esta bolsa
De vaselinar os fundos.

Gato é incluído em lista de beneficiários do Bolsa Família

Do G1

O nome de um gato que pertencia à esposa do coordenador do Bolsa Família no município de Antônio João, em Mato Grosso do Sul, foi incluído na lista de beneficiários do programa. Eurico Siqueira da Rosa, de 32 anos, foi exonerado do cargo e está sendo investigado em um inquérito no Ministério Público Estadual.
O ex-coordenador diz que está arrependido e que pretende devolver o valor que recebeu, segundo ele, no período de março a setembro de 2008.

De onde saiu este homem?

José Saramago

Donde saiu este homem? Não peço que me digam onde nasceu, quem foram os seus pais, que estudos fez, que projeto de vida desenhou para si e para a sua família. Tudo isso mais ou menos o sabemos, tenho aí a sua autobiografia, livro sério e sincero, além de inteligentemente escrito. Quando pergunto donde saiu Barack Obama estou a manifestar a minha perplexidade por este tempo que vivemos, cínico, desesperançado, sombrio, terrível em mil dos seus aspectos, ter gerado uma pessoa (é um homem, podia ser uma mulher) que levanta a voz para falar de valores, de responsabilidade pessoal e coletiva, de respeito pelo trabalho, também pela memória daqueles que nos antecederam na vida.
Estes conceitos que alguma vez foram o cimento da melhor convivência humana sofreram por muito tempo o desprezo dos poderosos, esses mesmos que, a partir de hoje (tenham-no por certo), vão vestir à pressa o novo figurino e clamar em todos os tons - “Eu também, eu também”. Barack Obama, no seu discurso, deu-nos razões (as razões) para que não nos deixemos enganar. O mundo pode ser melhor do que isto a que parecemos ter sido condenados. No fundo, o que Obama nos veio dizer é que outro mundo é possível. Muitos de nós já o vínhamos dizendo há muito. Talvez a ocasião seja boa para que tentemos pôr-nos de acordo sobre o modo e a maneira. Para começar.

Piada para começar o Sábado

Num banquete estava um padre católico sentado ao lado de um rabi judeu.
O padre, querendo gozar o rabi, enche o prato com pedaços de um
suculento leitão e depois oferece ao "colega".
O rabi recusa, dizendo:
- Muito obrigado, mas...não sabe que a minha religião não permite a
carne de porco?
- Que religião esquisita! Comer leitão é uma delííícia! -
Comenta o padre com ironia.
À hora da despedida, o rabi chega e diz ao padre:
- As minhas recomendações à sua esposa!
E disse o padre, horrorizado:
- Minha esposa? Não sabe que a minha religião não permite casamento de
sacerdotes?
- Que religião esquisita! Comer mulher é uma delííícia!!!....mas se você prefere leitão...!!

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

A fé e a "marolinha" evangélica

Lula dançou:Pastor Alexandro usa a fé para conter a marolinha

Blogueiro, no Brasil, é um herói!

No Campus Party:Ronaldo Lemos (FGV), Ivo Corrêa (Google) e Roney Vainzof, advogado.

Os blogueiros no Brasil não sabem os riscos que estão enfrentando e as consequências de seus posts são imprevisíveis, pela falta de uma legislação que estabeleça regras claras para a internet. Essa é a visão de Ronaldo Lemos, diretor do Centro de Tecnologia e Sociedade da Escola de Direito da Fundação Getulio Vargas no Rio, que atesta: "Ser blogueiro no Brasil é ser herói."
Lemos participou nesta quinta-feira (22) de um debate da Campus Party, evento de tecnologia que acontece em São Paulo, sobre a relação entre a legislação brasileira e o mercado de internet.
O painel teve como motes o caso Cicarelli, em que uma decisão judicial provocou o bloqueio temporário do YouTube no país, e o recente embargo ao blog Twitter Brasil, durante a campanha eleitoral.
Para Lemos, a falta de regulamentação para a web faz com que produtores de conteúdo e internautas não tenham uma noção clara dos riscos de suas ações na rede.
"Isso prejudica inclusive a inovação. Se eu quiser criar o 'RonaldoTube', na primeira semana os processos judiciais me aniquilam. Como eu vou concorrer com o YouTube, que tem capital para assumir esses riscos e os processos?", questiona.
A polêmica sobre o assunto ganhou força no ano passado, com a aprovação, pelo Senado, do projeto de lei que enquadra crimes cometidos pela internet, como a pirataria virtual e a pedofilia, e endurece a pena para os crimes já existentes. A matéria, que tem o senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG) como relator, gerou reação entre internautas e empresas.
Há especialistas que minimizam a importância de uma legislação específica e afirmam que as leis atuais já são capazes de punir os crimes cometidos na internet.
De acordo com Rony Vainzof, advogado especialista em direito digital, são necessários apenas ajustes para regulamentar o arquivamento de provas por parte dos provedores e delitos cometidos só na internet, como o envio de código malicioso para fraudar contas bancárias.
"A internet não é um mundo sem leis. 95% dos casos que existem são aplicáveis pela legislação atual", afirma Vainzof.
Na visão dele,há falta de conhecimento dos juízes sobre o ambiente da internet e que tipo de decisões podem ser de fato aplicadas. Por isso, ele defende a criação de varas judiciais especializadas em direito digital, para julgar esses casos, mesmo que à luz das leis "off-line" "A legislação nunca vai acompanhar a tecnologia", diz.
Veja mais em:http://www1.folha.uol.com.br/folha/informatica/

Claudia Leite, uma bela mamãe de primeira viagem


Da janela da maternidade em Salvador (BA), Claudia Leitte se emociona ao lado do marido, Márcio, com Davi no colo, seu primeiro filho.

A nova mamãe deu as primeiras caminhadas pelo corredor da ala de gestantes e recebeu cumprimentos de vários fãs, inclusive pelas outras janelas do hospital. Emocionada, Claudia acenou para as pessoas que aguardavam do lado de fora.
O menino nasceu na última terça-feira (20/1)com 2,8 kg e boa saúde. A cantora foi submetida a uma cesárea e, para os médicos, a recuperação de Claudia superou as expectativas.
Nesta sexta, Claudia deu as primeiras caminhadas pelo corredor da ala de gestantes e recebeu cumprimentos de vários fãs (23/1/2009).
Segundo a assessoria da cantora, o momento mais emocionante até agora foi quando ela tomou Davi nos braços na sala de parto: "Trouxe para perto de mim, fiquei cheirando ele, beijando. É impossível descrever o que senti naquele instante", disse a mamãe de primeira viagem.
A cantora volta para casa nesta sexta-feira e na próxima semana começa a retomar as atividades com foco no Carnaval.

O "fenômeno", ao efeito da champanhe, desabafa

Numa conversa franca com o pessoal do site Glamurama, Ronaldo, o Fenômeno, desabafou em plena na boate Pink Elephant, no Jardim Europa em São Paulo.
Ronaldo começou dizendo que sabia que era "um nada", que se sentia muito culpado pelo que tinha feito - provavelmente se referindo ao episódio dos travestis, ocorrido em abril do ano passado - e que nunca iria se perdoar. Falava que já tinha sido perdoado pela mulher, Bia Anthony, mas que não iria esquecer o que tinha feito com ela.
E, entre uma garrafa de champanhe Cristal e outra, continuava o desabafo. Dizia que não importava mais nada, só a família.
O sogro, tentando acalmar Ronaldo, repetia: "Passado é passado, deixa para trás".
A conversa acabou com o atleta dizendo que já tinha pensado até em chamar Bia e a ex-mulher, Milene Domingues, e mandar dividir tudo que tinha pelos dois filhos, Ronald e Maria Sophia, que eles eram as coisas mais importantes da vida dele.
Leia mais em: http://noticias.bol.uol.com.br/esporte/2009

Modelo continua em estado grave


A modelo capixaba Mariana Bridi, de 20 anos, internada no Hospital Dório Silva, em Serra (ES), passou de estado grave para gravíssimo, segundo boletim médico divulgado na manhã desta sexta-feira. Ela continua fazendo hemodiálise e respira com a ajuda de aparelhos. Na quinta-feira, ela foi submetida a uma cirurgia de retirada do estômago. Duas vezes finalista do Miss Mundo Brasil, Mariana deu entrada na unidade no último dia 03 de janeiro com quadro de infecção urinária. Ela teve o quadro agravado por insuficiência renal aguda, com compressão dos vasos sanguíneos periféricos, o que resultou na amputação de seus pés e mãos.
Segundo nota da Secretaria Estadual de Saúde, o quadro da paciente foi agravado, também, pelo quadro de septicemia (infecção generalizada)".
Por causa da hemodiálise, Mariana precisa de transfusões de sangue. Campanhas estimulando a doação de sangue tipo O negativo estão sendo feitas. Quem quiser e puder doar pode se dirigir ao Hemoes, em Vitória, que fica na Avenida Marechal Campos, 1.468, no bairro Maruípe. O telefone é o (27) 3137-2444. Outra opção é a Unidade de Doação de Sangue da Serra, na avenida Eudes Scherrer de Souza, s/n, no bairro Laranjeiras, junto ao Hospital Dório Silva.

Assassino deixa bilhete na boca do cadáver de sua vítima

Depois de alvejar a vítima, assassino deixou bilhete escrito "cabueta" em cima do corpo.

O corpo de um homem, não identificado, de aproximadamente 27 anos, foi encontrado há pouco na quadra 27 do conjunto Virgem dos Pobres III, no bairro do Trapiche da Barra.Em Maceió - Alagoas.
O cadáver apresenta marcas de tiro de pistola calibre 380 na cabeça, nas pernas e nas costas. Dentro da boca do cadáver, a polícia encontrou um bilhete onde estava escrito "cabueta" (dedo-duro).
De acordo com os primeiros levantamentos, o principal suspeito pelo crime é Márcio Ferreira da Silva, conhecido por "Rolinha", autor de diversos homicídios na região.
Policiais do 1º Batalhão da Polícia Militar fizeram o registro do caso. O corpo foi encaminhado para o IML.
Leia mais em: http://www.tudonahora.com.br/

Alagoas ainda não conta com um bom estádio de Futebol

Estádio Rei Pelé, uma bela praça de esportes, sob administração caótica!
Uma comissão de vistoria, procederá com a vistoria dos estádios de futebol que serão utilizados no Campeonato Alagoano.
Deverá fazer novas inspeções a partir da próxima segunda-feira (26).E o estádio de Santana do Ipanema, sertão alagoano, será o primeiro a ser vistoriado.
Segundo o chefe da comissão de vistoria, capitão PM Marcos Henrique: "Ainda não recebemos nenhuma solicitação de outros estádios".
Ele ainda declarou que apenas quatro estádios estão aptos a receber jogos. "O estádio de Murici, o de Palmeira dos Índios, de Coruripe e o Nelsão estão liberados. Os outros possuem pendências",citou.
Sobre a a liberação de outras praças esportivas, pelo Corpo de Bombeiros Militar, como o Estádio Manoel Moreira em Capela, o Estádio Arnon de Melo em Santana do Ipanema e o Estádio Coaracy da Mata Fonseca em Arapiraca, o Capitão foi bem claro. "A comissão é composta por três entidades. Por isso ainda falta o aval da PM e também da Vigilancia Sanitária", detalha.
Enquanto, isso, o alagoano continua sem utilizar a sua principal praça esportiva - O Estádio Rei Pelé - por puro descaso das autoridades públicas.
A informação de que hoje, a comissão faria visitas ao Rei Pelé e ao campo da Pajuçara foi negada pelo chefe de vistoria.
A mal administrada e atabalhoidamente gerida Federação Alagoana de Futebol (FAF), confirmou a realização da 3ª rodada apenas nos estádios liberados. "CRB e CSE será no Nelsão, como a Federação marcou",segundo o "assessor" Alberto Lima.

Lula arranja um emprego para Marta Suplicy

Após derrota em SP, ex-prefeita vai ajudar a promover ministra Dilma

Depois de permanecer submersa desde que foi derrotada na última eleição municipal, a ex-ministra Marta Suplicy (PT) deu o primeiro passo para seu retorno à cena política. A petista, que conversou nesta semana com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, vai ajudar nas articulações para fortalecer o nome da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, como candidata à Presidência da República em 2010.
Marta confidenciou a aliados que já definiu sua primeira tarefa. Vai organizar em sua casa um jantar em homenagem a Dilma, com parlamentares do PT em São Paulo. A ministra poderá melhorar sua articulação política no Estado e ganhar trânsito no PT paulista. A data ainda não foi definida, mas a expectativa é de que o evento ocorra na segunda semana de fevereiro.

Marolinha do Lula, chega CSN e Vale

CSN pode cortar 3.200; Vale propõe licença

-Plano de siderúrgica prevê demissão de 20% dos funcionários, e decisão ainda depende do comportamento do mercado
-Cerca de 19 mil funcionários podem ser atingidos pela proposta da Vale em MG e em MS, de licença com pagamento de 50% do salário

Em um sinal de agravamento da crise, a CSN (Companhia Siderúrgica Nacional), a segunda maior siderúrgica brasileira em aços planos, já tem pronto na gaveta um plano de demitir 3.200 funcionários. Esse montante corresponde a nada menos do que 20% do total de 16 mil funcionários da empresa. A decisão de ter em mãos esse plano de emergência foi tomada pela diretoria na semana passada.
Já a Vale propôs ontem aos sindicatos de trabalhadores nos Estados de Minas Gerais e Mato Grosso do Sul a entrada em licença remunerada até o fim de maio, com corte de metade de seu salário. Pela proposta, os funcionários ficam em casa, recebem no mínimo R$ 856 e têm preservados os seus benefícios.
De imediato, a CSN decidiu cortar 300 funcionários nesta semana. As demissões se iniciaram ontem. Somadas aos 200 que foram afastados em dezembro, as demissões na companhia já chegam a 500.
Além desses cortes, a CSN também decidiu conceder mais dez dias de férias coletivas a 3.500 empregados da Usina Presidente Vargas, em Volta Redonda. O montante corresponde a um terço do total de 10 mil funcionários que trabalham na usina. Em dezembro, a empresa já havia concedido 20 dias de férias coletivas a esses 3.500 empregados.

A campanha de 2010, já começou no Planalto


Dilma, já em campanha, faz teleconferência para prefeitos

De Luiza Damé

BRASÍLIA - Depois da plástica e de um período de poucas aparições públicas, a chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, está disposta a exibir o novo visual Brasil afora, numa agenda de pré-candidata à Presidência. Ela participou nesta quinta de videoconferência com cerca de 1.000 prefeitos para apresentar as linhas gerais do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).
Nesta sexta embarca para Pernambuco, onde, acompanhada pelo Governador de Pernambuco Eduardo Campos,visitará as obras da refinaria Abreu Lima, no Porto de Suape, e participará da assinatura de contrato para a segunda etapa do empreendimento, em ato com políticos e empresários.
Para apresentar o PAC aos prefeitos, Dilma deixou a reunião dos presidentes dos bancos federais com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e foi à sede da Caixa Econômica Federal, que organizou a videoconferência.Depois de Lula, Dilma será a estrela do encontro de prefeitos organizado pelo Planalto nos dias 10 e 11 de fevereiro.
Leia mais em http://oglobo.globo.com/pais/

Charge do Néo

Cronica de um voo apaixonado

A intensidade daquela relação transparecia nos estragos. Começou com perna de cama e de cadeira no chão: marca da paixão intensa. Depois foi uma frigideira na parede, sinal de problema. Por fim, a costela quebrada mostrou que o amor já era. Já?
Ele conheceu Renoar, linda morena. Ela tentou Baltazar, sempre tão prestativo. Cama, cadeira, frigideira e costela intactos. Já o coração deu marcas de cansaço.
Ele largou Renoar, ela fugiu de Baltazar. Nunca mais amar, nunca mais quebrar. Ele ficou com suas argilas, ela investiu seriamente nas palavras cruzadas.
Em uma noite fria de inverno temporão, ele saiu do seu portão e foi ao bar atrás de Renoar. Com letras e mais letras na cabeça, ela precisava espairecer e chamou novamente Baltazar, das mãos quentes e cabeça leve.
Ele bateu os olhos nela e bateu boca com Renoar, que foi embora, sentida. Ela só o viu quando a bela morena levantou da mesa. Ele a chamou com o olhar, ela apontou para Baltazar. Ele esfregou as mãos e as soprou, mostrando que era ainda mais quente que o concorrente.
E os estragos voltaram. Pratos voaram. E os dois se mandaram para a praia. O carro derrapou. E ela finalmente voou.

Escritora, jornalista e editora, Luciana Pinsky acaba de lançar o romance Sujeito oculto e demais graças do amor (editora Record). Detalhes dos protagonistas e outras histórias estão no blog www.lucianapinsky.blogspot.com. Quem quiser conhecer mais seus textos ficcionais pode entrar na comunidade do Orkut.

Não traz o Obama pra cá!.....

Aqui tudo acaba em samba

Circula no território livre da internet a versão carioca do lema de Obama:

" YES, WEEKEND".

Veja no Ancelmo Gois:http://oglobo.globo.com/rio/ancelmo/

O Assalto na madrugada

Numa madrugada qualquer, um ladrão entra pelos fundos de uma casa e começa, em silêncio, a arrombar a porta dos fundos...
Logo no início, escuta uma voz sussurrando:
- Jesus tá te olhando!
O ladrão se assusta, olha para os lados (na penumbra), mas não vê nada...
Segue tentando arrombar a porta e escuta novamente a voz:
- Jesus tá te olhando!
Meio incrédulo, mas com a certeza de ter escutado a frase, olha novamente ao seu redor e nada...
Quando reinicia sua "tarefa", ouve novamente a voz:
- Jesus tá te olhando!
Dessa vez, ele percebe de onde vem a voz e acende a lanterna, iluminando um canto da área e serviço...
Nisso, ele vê um papagaio na gaiola e já aliviado, pergunta:
- Ah... é você o Jesus?
E o papagaio responde:
- Não. Eu sou o Judas.
- Judas??? E quem é o louco que bota o nome de Judas em um papagaio?
- O mesmo que botou o nome de Jesus no Pitbull.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Academia divulga os indicados ao Oscar


A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood divulgou na manhã desta quinta-feira a lista com o nome dos indicados ao Oscar - que chega à sua 81ª.
A cerimônia de entrega ocorre no próximo dia 22 de fevereiro.Como era previsto, o ator Heath Ledger, morto há um ano devido a uma overdose acidental de remédios, recebeu a indicação póstuma à estatueta de melhor ator coadjuvante, pela atuação como o Coringa de Batman - O Cavaleiro das Trevas.
Entre os mais indicados, O Curioso Caso de Benjamin Button lidera o ranking, com 13 indicações. Já Slumdog Millionaire, que fala sobre a vitória de um órfão indiano em um programa de TV, vem logo atrás, com 10.
O terceiro lugar é dividido entre Batman - O Cavaleiro das Trevas e Milk, que tiveram oito indicações cada.
Confira a lista das principais indicações em: http://veja.abril.com.br/noticia/variedade/

Vaidosos sim, atraentes...nem tanto!


O Homem Metrossexual perde espaço entre as mulheres

Nem deu tempo se afirmarem e já se ver anunciada a aposentadoria precoce dos metrossexuais. Eles mal despontaram como a nova aposta de comportamento para o homem contemporâneo e as mulheres, inteligentemente, trataram de desaprovar a categoria. Uma pesquisa feita em 14 países, inclusive no Brasil, revela que 75% delas querem mesmo é que a espécie metrossexual entre em extinção.
O estudo, que ouviu 2.800 mulheres, foi encomendado pela multinacional Unilever, justamente para nortear os lançamentos de produtos cosméticos para eles.
Com o resultado, ficou evidente que não é sucesso apostar em turbinar a nécessaire masculina. "O metrossexual invade demais uma área que é feminina", opina Elisabete Lemos, coordenadora do estudo. Segundo ela, as mulheres não querem disputar este espaço com eles nem na sociedade, nem na relação, muito menos na penteadeira do quarto.
Apontado como um homem que "enxerga" com olhos de mulher (verdes e sem pé de galinha no entorno dos mesmos), o apresentador Ronnie Von já chegou a ser colocado na prateleira dos metrossexuais, mas está "totalmente de acordo" com a rejeição que a este tipo. "No início, me chamaram de metrossexual. Mas pintar a unha,não é minha praia", diz. "Tenho resistência a esse padrão extremo", completa ao citar que sua vaidade se resume a um terno bem cortado, perfume e loção contra calvície.
Vaidade extrema no universo masculino também trouxe problemas antes quase que exclusivos a elas. Em 2006, o Hospital das Clínicas passou a tratar a obsessão pela magreza (anorexia) em homens e hoje eles representam 10% do total de pacientes do tipo. O padrão de beleza imposto é uma das razões para o fenômeno.
Mas ainda que o metrossexual esteja fora de moda, as empresas apostam forte no segmento de cosméticos para eles - aqueles mais discretos. "Antes, de cada 100 consumidores de produtos contra o envelhecimento, um era homem. Hoje a proporção caiu para 1 para 15", fala José Suso, gerente da farmacêutica especializada na área Cimed.
Pelos dados da pesquisa da Unilever, a receita da difícil tarefa de agradar as mulheres é o homem meio termo. Aquele que não é do tipo barrigudo ( tio Mario tá quase fora!), sujo de amendoim e pelo na orelha, mas também não passa gloss nos lábios, rímel nos olhos e nem seca os cabelos com secador.
Vejamos alguns resultados da pesquisa:
- 75% delas não querem mais dividir hidratantes e cremes com os homens - só as francesas e mexicanas não se importam.
- 60% não gostam que homens demorem mais para se arrumar do que elas quando vão sair.
- 81% afirmaram que desejam um homem másculo, sem perder a força , mas que sejam sensíveis

Muçulmanos querem assasinar Madonna


Segundo a revista Pop The People, se Madonna achou que poderia voltar para casa, e descansar tranquilamente após sua turnê "Sticky & Sweet", a rainha do pop se enganou. Ou, pelo menos, deve ficar atenta: a admiração de Madonna pelo judaísmo, e por Israel, levou um grupo radical palestino a, literalmente, colocar sua cabeça a prêmio.
O que despertou a ira dos fundamentalistas é o fato de que, além de ser uma adepta da Cabala, uma espécie de vertente mística do judaísmo, Madonna vive visitando Israel e até já se encontrou com o presidente do país, Shimon Peres.
Jornalistas,do Jornal espanhol El País, ao averiguarem se a notícia dada pela The People realmente tinha fundamento, entraram em um fórum de radicais muçulmanos na internet e encontram mensagens como: "ela (Madonna) nos insulta com seu comportamento de prostituta e mais ainda com seu amor aos judeus".
Ainda segundo o El País, Madonna teria incrementado sua segurança com a contratação de dois guarda-costas israelenses. Eles teriam sugerido a Madonna que ela e sua família se mudem para uma região de Londres menos movimentada.

Marolinha na Petrobrás: Empresa pede socorro ao BNDES

O Governo Federal, através do BNDES, deverá abrir uma linha de financiamento de até R$ 20 bilhões para a Petrobras, informa o Jornalista Ancelmo Gois em sua coluna do jornal O Globo.
A medida dará sustentação aos projetos de investimento da estatal, especialmente no pré-sal, em hora de escassez de crédito.
O crédito também servirá para aliviar a pressão da Petrobras por créditos na rede bancária nacional, e o aval do BNDES deve ajudar a abrir mais portas nos bancos estrangeiros.
A Petrobras admitiu que poderá construir sozinha a refinaria Abreu Lima, em Pernambuco, que originalmente teria a participação da PDVSA, a estatal da Venezuela de Hugo Chávez, caso as duas empresas não cheguem a um acordo sobre preços de venda do petróleo pesado venezuelano para a unidade, mostra reportagem do Globo.
Leia mais em http://oglobo.globo.com/

Justiça rejeita ação orquestrada contra a rede Globo

De 96 processos movidos por fiéis da igreja Universal, contra a Rede Globo, 87 tiveram sentença favorável à emissora

De Chico Otavio:

A Justiça brasileira está fechando as portas para a estratégia usada pela Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd) para tentar intimidar a imprensa - o ajuizamento de centenas de ações individuais de fiéis contra os responsáveis pela divulgação da notícia. De 96 processos abertos por fiéis da Universal contra a Rede Globo, por causa de uma edição do programa "Linha Direta" sobre o assassinato de um jovem - crime que envolveu três pastores da Universal -, 87 já tiveram sentenças favoráveis à emissora de TV.
O programa, exibido em 30 de novembro de 2006, tratou do caso Lucas Terra, um jovem de 14 anos assassinado em 21 de março de 2001, na Bahia. De acordo com os autos do processo que tramita na 2 Vara do Júri, Lucas teria sofrido abuso sexual e foi estrangulado no templo da Universal no bairro do Rio Vermelho. Entrevistado pelo "Linha Direta", o pai da vítima, José Carlos, declarou que "eles fizeram a fogueira santa com o meu filho".
A frase serviu de pretexto para a a aplicação da estratégia usada pela Universal em ações anteriores. Nas quase cem ações propostas, os autores alegaram que tal comentário difama o ato litúrgico da igreja (Fogueira Santa), mostrando-o como se fosse um ato macabro e pagão, razão pela qual o programa teria causado supostos constrangimentos aos autores dos processos - as ações judiciais pediam indenização por danos morais.
Leia mais em http://oglobo.globo.com/

Bancos multados por propaganda enganosa

O Ministério da Justiça anuncia que multou quatro empresas do setor bancário por publicidade enganosa. Foram punidos a Caixa Econômica Federal, Banespa, ABN Amro e BB Administradora.
Segundo o ministério, a infração ao Código de Defesa do Consumidor refere-se à oferta de fundos de investimento de renda fixa sem a devida informação sobre os riscos.
A Caixa Econômica Federal foi multada em R$ 218,1 mil, o Banespa em R$ 861,4 mil, o ABN Amro em R$ 249 mil e a BB Administradora em R$ 1,506 milhão, totalizando R$ 2 milhões.
É de bom alvitre, esclarecer, também, que para estas instituições as multas são "refrescos" já que os lucros obtidos, "enganando seus clientes" foram exorbitantes.

O Obama é tão "bonzinho"!

Obama é "sincero" e "bom", dizem Raúl e Fidel Castro

Os irmãos Castro -Fidel por meio da presidente da Argentina, Cristina Kirchner-, passaram a fazer parte da claque mundial que aplaude a Barack Obama, antes mesmo do espetáculo começar. Raúl, 77, no poder formal em Cuba, disse que o novo presidente americano "parece ser um bom homem". "Que tenha sorte", disse.
Dizem que Já Fidel Castro, 82, reuniu-se com Cristina ontem, contrariando fortes rumores sobre a piora de sua saúde, emitiu a seguinte opinião sobre Obama: "É uma pessoa sincera, com boas intenções", que parece crer "sinceramente no que está dizendo". "Tomara que o deixem fazer", disse Fidel, segundo a argentina.
Raúl tem dito que quer negociar com Obama "de igual para igual". O novo presidente prometeu flexibilizar o embargo econômico imposto à ilha liberando envio de remessas e viagens de cubano-americanos.

Jogo empatado

São Elas por elas:
A imprensa não tem do que reclamar do fato do Lula não lê-la.
Não se conhece nenhum jornalista que leia o que o Lula escreve.

Uma mulher objetiva e direta



O máximo de cuidado. Ela poderá ser a próxima presidenta do Brasil.

Sarkozy passou a perna em Lula

Tudo indica que Sarkozy passou a perna em Lula. Lula está irritado com Sarkozy, o presidente da França.
Havia combinado com ele, quando o recebeu por aqui na companhia de bela Carla Bruni, que seria ele, Lula, que convidaria Obama para ajudá-lo a mudar o mundo. Em seguida, Sarkozy se juntaria aos dois.
O que aconteceu?
Esperto, Sarkozy passou a perna em Lula e convidou Obama para ajudá-lo a mudar o mundo.
Bem, se não verdadeira, essa história é pelo menos saborosa, firma o Jornalista Ricardo Noblat,que garante ter ouvido mal desembarcara de volta em Brasília, hoje.

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

A marolinha atinge empregos no Brasil



Vinicius Torres

Na coluna de hoje, na Folha, escrevo sobre a redução do número de novos empregos formais, que começou de maneira generalizada já em outubro, atingindo especialmente indústrias como a de alimentos e a de vestuário (mais ainda que a metalúrgica e de transporte). Os dados de dezembro mostraram que aquela parada brusca não foi acidental. Afetou tanto setores que dependem mais de crédito e de exportações como os que vendem bens de menos valor no mercado doméstico; afetou indústria, comércio e serviços.
Trechos:
"De setembro para outubro, no início do grande massacre de vagas, os setores que mais acusaram o golpe foram o de alimentos e de calçados. A indústria mecânica vinha logo a seguir e, os demais setores, material de transporte inclusive, reduziram a criação de postos de trabalho mais ou menos no mesmo ritmo (medida tomada em relação ao estoque total de empregados formais).
Decerto no caso do grupo "tecidos, vestuários e calçados", da pesquisa de comércio do IBGE, a queda na vendas já era forte em outubro, de 5,7%. Mas bem inferior ao desastre nos bens duráveis. Foi nessas indústrias que o contágio externo chegou quase sem baldeações. Ou melhor, a seca de crédito global e a barbeiragem cambial de algumas megaempresas brasileiras bateu nos bancos daqui, que cortaram empréstimos e elevaram os juros.
Mas alimentos, calçados e roupas não são os setores que mais dependem de crédito, para dizer o menos.
Em setembro, o mercado formal de trabalho ainda não acusava efeitos da crise externa. Os dados sobre emprego do IBGE ainda eram positivos. Havia especulações sobre o esgotamento da capacidade das famílias de se endividar, mas a massa salarial crescia e a inadimplência estava mais do que comportada.
Mas, de setembro para outubro, a baixa na oferta de emprego formal foi brusca e generalizada, na indústria, no comércio e nos serviços. A redução na criação de vagas nessa virada de trimestre, típica e que flutuara em torno de 29% desde 2004, foi a 78% em 2008. O que houve?
A taxa real de juros subira, sim. Mas tal fator não tem o poder de arrasar o ânimo empresarial de hora para outra. A catástrofe de setembro na economia dos países ricos pode ter apagado a esperança restante de "descolamento" da crise mundial. O "choque de confiança" foi bruto, mas ainda espanta que tenha ocorrido de maneira tão imediata, na acepção precisa do termo. Fabricantes de alimentos, por exemplo, pararam de contratar de maneira brusca antes que sentissem a deterioração da renda das famílias e do crédito. Os dados de novembro sobre a indústria (CNI, IBGE) e comércio, e os dados do Caged de dezembro apenas reproduzem de modo ampliado o que ficara evidente em outubro."
Escrito por Vinicius Torres Freire às 15h42
http://blogdovinicius.folha.blog.uol.com.br/

Obama suspende processos em Guantânamo e regulações pendentes

WASHINGTON - O novo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, já anunciou duas medidas nesta terça-feira, horas depois de tomar posse em Washington. Em meio às comemorações e aos bailes que marcaram o dia , Obama ordenou que todas as agências e departamentos federais interrompam qualquer processo de regulamentação até que sejam feitas revisões. O novo presidente também requisitou a suspensão dos processos em curso na prisão de Guantánamo, em Cuba, por 120 dias.
"Nesta tarde, o chefe de gabinete da Casa Branca, Rahm Emanuel, assinou um memorando enviado a todas as agências e departamentos pedindo que interrompam todas as regulamentações pendentes até que uma revisão legal e de diretrizes possa ser conduzida pelo governo Obama", disse a Casa Branca em comunicado horas depois da posse de Obama.
Fonte: http://oglobo.globo.com/

Alagoas e Sergipe querem Usina Nuclear


O Governo Federal, há dois anos, anunciou a retomada da construção da usina nuclear Angra 3 e a intenção de construir novas usinas no Brasil.
A maioria absoluta dos governadores reagiu negativamente à idéia, sob o argumento de que não abrigariam, em seus Estados, as futuras unidades.
Dá-se, uma, digamos, mudança radical de posição. Pernambuco, Bahia, Sergipe e Alagoas - manifestaram oficialmente aos ministérios das Minas e Energia e da Ciência e Tecnologia interesse em hospedar as usinas.
O empenho dos governadores, têm motivo animador: são os vultosos investimentos previstos nas usinas - R$ 10 bilhões em cada uma das quatro unidades que se pretende construir a partir de 2012, segundo informaram ao Valor os ministros Edison Lobão (Minas e Energia) e Sérgio Rezende (Ciência e Tecnologia). Ademais, pesa o fato de o Nordeste depender da importação de energia de outras regiões do país e, também, a existência de novas tecnologias que mitigam os riscos ambientais envolvidos na exploração nuclear, especialmente no que diz respeito aos rejeitos.

Blog, também é "cultura"...

Origem do risquinho no número 7

Até os dias de hoje, muita gente, quando escreve o numero 7, ainda coloca um pequeno traço no número.
Oficialmente, este pequeno traço não existe, como dá para constatar, digitando a tecla 7 do teclado do seu computador, calculadora ou qualquer outro aparelho que possua teclado.
Vocês sabem a origem deste costume?
Para responder, temos que voltar muitos séculos atrás, aos tempos bíblicos, quando Moisés estava no Monte Sinai e lhe foram ditados os 10 mandamentos.
Em voz alta, ele foi anunciando os mandamentos à multidão, um por um.
Quando chegou ao mandamento sete, Moisés disse:
“Não desejarás a mulher do próximo!”
Um breve silêncio… E a multidão rompeu, gritando em coro:
Risca o sete, risca o sete,risca o sete...
http://testosterona.wordpress.com/

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Palestras petistas

O PT realizará palestras para seus militantes. A primeira terá como tema a honestidade e transparência no setor público.



Sinceramente. A intenção não era tornar a publicação hilária...

Veja mais em:http://mozartcintrasemfrescura.blogspot.com/

OBAMA, ainda é o sonho...

É evidente que George W. Bush está dando uma mãozinha,a Obama!
HÁ, PRESTEM ATENÇÃO, UM JUÍZO COMPARATIVO EM QUASE TUDO O QUE SE NOTICIA SOBRE BARACK OBAMA. Ele está sendo cotejado com seu antecessor. E, naturalmente, com grandes vantagens. Há um quezinho de alucinação coletiva no ar, e sei que escrever isso já pode ser considerado uma grande ofensa. E em que consiste esse grãozinho de loucura? Compara-se A com B, mas B ainda não existe.
O OBAMA QUE HÁ encarna todos os nossos anseios de um mundo mais justo e equilibrado —é, portanto, uma ilusão. O VERDADEIRO OBAMA É AQUELE A HAVER, está no futuro. E não o conhecemos porque ainda não nos é dado viajar no tempo.
Mas o mundo é aquele com que nos deparamos ao acordar, não o que com que sonhamos ao dormir. E há neles alguns atores que preferem não seguir o roteiro, mergulhados em seus próprios interesses e utopias.Ora:
- eu também torço para que ele consiga tirar a economia americana da crise o mais rápido possível;
- espero mesmo que ele tenha alguma grande idéia para o Oriente Médio não-testada até agora;
- chego a rezar para que consiga mover o coração dos aiatolás, sendo mais bem-sucedido do que Moisés ao tentar amolecer o coração do faraó teimoso — que, no entanto, insistia em fazer com que seus mágicos rivalizassem com Aarão, opondo meros truques a feitos miraculosos e divinos;
- faço os meus melhores votos para que consiga conter a sanha neoczarista russa e a tirania de resultados da China;
- deposito todo o meu entusiasmo no seu esforço de conter o ninhal do jihadismo, lá pelas fronteiras entre o Paquistão e o Afeganistão... Cada uma dessas coisas faria um grande bem ao mundo.
Leia mais em: http://veja.abril.com.br/blogs/reinaldo/

Obama recebe o seu abacaxi


Charge de Ricardo Borges

O que você não lerá na imprensa "humanista" ocidental


Não será notícia nos jornais ocidentais. Procurei no sites noticiosos, e nada! Afinal, como sabemos, as “agências”, em matéria de Oriente Médio, só acreditam nas fontes do Hamas. Mas está lá, noticiado pelo Jerusalem Post. Tão logo Israel começou a deixar a Faixa de Gaza, os heróis dos Hamas cercaram seus adversários do Fatah — ou o que restou deles — seqüestrou-os e os transferiu para escolas e hospitais, transformados em centros de interrogatório e tortura. Acusação: eles teriam atuado como espiões de Israel.
Uma fonte do Fatah em Ramallah, na Cisjordânia, afirmou que cerca de 100 de seus militantes foram mortos ou feridos pelo Hamas. Um representante da corrente em Gaza disse que pelos menos 80 de seus companheiros foram punidos com tiro nas pernas ou fratura nas mãos. “O que está acontecendo em Gaza é um novo massacre, protagonizado pelo Hamas contra o Fatah. Onde estavam esses covardes quando as forças israelenses estavam aqui?”
Segundo os militantes do Fatah, muitos de seus homens estão sendo capturados enquanto prestam assistência à população que enterra os mortos da guerra. Outros levam tiros nas pernas apenas por sorrir em público, o que é interpretado como satisfação pela ação israelense em Gaza. Em suma, o Hamas se impõe aos próprios palestinos por meio da tortura, da bala nas pernas, da fratura de membros e, claro, da morte. E não se vai ouvir um pio a respeito.
Parece que, na antiga ordem mundial, da qual muitos falam com saudade, quando “eles” lá se torturam entre eles, isso não tinha grande importância — desde que, do lado de cá, pudéssemos fazer vigorosos discursos de paz.
“Bem, Reinaldo, melhor do que intervenção e guerra, né? Talvez eles produzam menos cadáveres entre si, numa coisa, assim, bem lá deles”. É, talvez... Mas não me venham, então, falar em nome de alguma superioridade humanista.
Quanto ao Hamas, ademais, cumpre lembrar. Eles matam com gosto e requintes de crueldade o seu próprio povo, é verdade. Mas eles querem mesmo é acabar com Israel. Se não acabam porque não podem, não quer dizer que não queiram e não se mobilizem pra isso.
Ficarei aqui aguardando os protestos das entidades de defesa dos direitos humanos e dos representantes da ONU em Gaza contra o massacre de palestinos do Fatah promovido pelos palestinos do Hamas. Creio que não virão. A razão é simples: a ONU, em Gaza, é parceira dos terroristas. O dia hoje é particularmente interessante para dar essa notícia. Há quem queira que o terrorismo só existe porque falta diálogo.
A realidade mostrará que não. Até lá, muita lágrima e muita babaquice vão rolar debaixo da ponte das fantasias.
http://veja.abril.com.br/blogs/reinaldo/

Obama diz que americanos escolheram a esperança

O discurso de posse do 44 presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, durou menos de 20 minutos, como ele prometera dia atrás. E empolgou a multidão de mais de 2 milhões de americanos que acompanharam a posse do primeiro presidente negro do país, em cerimônia em frente ao Capitólio.
Seguem as frases mais importantes pinçadas de seu discurso que terminou há pouco e também seu juramento de lealdade aos americanos:
- Eu, Barack Hussein Obama, juro solenemente cumprir fielmente as funções de presidente dos Estados Unidos e, na medida de minhas possibilidades, salvaguardar, proteger e defender a Constituição Estados Unidos.
- Escolhemos a esperança e não o medo.
- Chegou a hora de deixar de lado diferenças infantis, escolher o melhor caminho da história e seguir a promessa de Deus de que todos são iguais, livres e merecem a chance de buscar a felicidade
- Neste dia, proclamo o fim das queixas mesquinhas e das falsas promessas, das recriminações e dos dogmas desgastados que durante tanto tempo estrangularam nossa política.
- A América precisa desempenhar o seu papel de trazer essa nova era de paz (...). O mundo mudou e precisamos mudar com ele.
- Que estamos no meio de uma crise, não é algo novo. Nossa economia está enfraquecida pelas escolhas de alguns. Os problemas não serão enfrentados em pouco tempo ou facilmente, mas, saiba disso América, serão enfrentados.
- Ao reafirmar a grandeza de nossa nação compreendemos que isso não nos é dado, é conquistado. Não é caminho para os fracos de espírito, mas para aqueles que trabalham na obscuridão, na longa via da prosperidade. Eles lutaram e morreram por nós. Esses homens e mulheres se sacrificaram, com sangue nas mãos, para que chegássemos hoje aqui.
- Continuamos sendo a nação mais próspera e poderosa do mundo. Não somos menos produtivos ou inventivos, nossa capacidade continua mas nosso momento de esperar e proteger interesses estreitos e pequenos passou. Hoje levantamos, sacudimos a poeira e começamos a reconstruir a América.
Veja o juramento de Obma e a íntegra de seu duscurso em: http://oglobo.globo.com/pais/noblat/

"Marolinha" chega a nossa agricultura


Renda agrícola encolhe R$ 10,4 bi

Após bater recordes de produção e receita em 2007 e 2008, a agricultura brasileira de grãos vai recuar este ano. A renda do produtor com a safra de arroz, feijão, milho, soja, trigo e outros grãos, que começa a ser colhida a partir de fevereiro - e que dá a dinâmica da economia de mais de 70% dos municípios brasileiros -, deve encolher em R$ 10,4 bilhões. É a primeira queda na receita de grãos em três anos. Significa menos dinheiro para a compra de carros, máquinas, equipamentos e eletrodomésticos e um volume menor de receita de exportação para o País.
Nas contas da RC Consultores, a safra de grãos 2008/2009 deve render aos agricultores R$ 79,4 bilhões, enquanto na safra passada chegou a R$ 89,8 bilhões. A queda está concentrada na dobradinha soja/milho, que responde por 80% do volume e 70%da renda. "A receita com grãos pode cair ainda mais se a recessão se aprofundar nos EUA e os preços do milho e da soja recuarem para níveis inferiores à média histórica", diz Fabio Silveira, diretor da consultoria e responsável pela projeção.
Para estimar a receita agrícola com os grãos, o economista considerou uma safra de 134 milhões, 8,7% menor que a anterior. Além disso, levou em conta que os preços médios em reais da soja, do milho, do arroz e do feijão serão 8%, 3%, 4% e 28% menores em relação à média de 2008, respectivamente. E que o dólar deve chegar em dezembro valendo R$ 2,50.
O tombo nos volumes de produção, provocado pela crise de crédito que atingiu os agricultores exatamente na época do plantio, porém, pode ser maior. A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) prevê um recuo de 10% nos volumes nesta safra. Na semana passada, o próprio ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, admitiu que a queda na safra de grãos poderá superar os 5% projetados inicialmente.
Texto de Márcia De Chiara, na Folha de São Paulo.

Modelos de cartas do Lula, ao Presidente da Itália

Leitores do blog de Reinaldo Azevedo, se antecipam, e sugerem modelos de carta ao presidente da Itália:
1ª Carta:
Cumpanhêru Prezidente do Vaticanu:
Dêxa dissu aí. Nóis somenti ishtamus exercendo nossa soberania. O Tarsu mi dissi qui o cara é boa genti i si nóis mandá eli prá voceis eli vai sifu.
Eu sei qui é difíciu prá voceis engulí essa. Mais vem aquí tomá uma branquinha com a genti qui fica mais fáciu. Dêxa di encrenca. Afinau eli não matô nehum cumpanhêru. Só uns italianu. Pelu menus é u qui u Tarsu mi assegurô.
2ª Carta:
Brazília, 20 de janero de 2009
Cumpanhêro e coléga de presidença Giorgio Napolitano,
Voçamerce tem que mê entendê, cumpanhêro. Ce o meu ministro toma uma desisão eu tenho que apoiar ele pra não perder o apoio dele nas coizas que eu mando êle fazê e qui ozotros ministros não tem cumpetênça pra fazer.
Quando nóis se encontrá aí em Roma nóis combina um almoço e a gente acerta todos os pauzinhos.
Abrassão do marido de uma galega que também é cidadan italiana,
presidenti Lula"

É só uma marolinha. Vai passar logo...

A marolinha nos custou,só em dezembro a extinção de 654.946 empregos com carteira assinada. No mesmo mês, nos Estados Unidos, a crise econômica acabou com 525mil empregos.

Madonna, há 30 anos - A foto do dia



A casa inglesa de leilão Christie's espera vender por no mínimo 10 mil dólares uma fotografia de Madonna nua feita há 30 anos.
A imagem foi tomada por Lee Friedlander e apareceu na revista Playboy em 1985. Madonna cobrou 25 dólares para posar.
Na época, ela era uma bailarina de 20 anos que tentava ganhar a vida. Respondeu a um anúncio de jornal em busca de uma modelo que topasse fotografar nua.

Lula, sempre ele, ou sobre ele

Frase do dia

"O presidente Lula diz por aí que ele é um aliado dos sem-terra. E também que é aliado dos latifundiários e do agronegócio. Então ele não é amigo de ninguém, ele é amigo dele mesmo."

João Paulo Rodrigues, do comando nacional do MST

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

O desafio de Barack Obama


Desafio do novo presidente é semelhante ao de Roosevelt

Eduardo Nunomura

É tempo de comparar Barack Obama com Abraham Lincoln, pede o presidente eleito dos Estados Unidos. A viagem de trem da Filadélfia até Washington faz parte da jogada. Quando Obama, que como Lincoln representa do Estado de Illinois, fizer o juramento para assumir a presidência americana, ele o fará repousando a mão sobre a Bíblia que pertenceu a seu ídolo político. E assim, com intencionais e bem calculados acenos políticos, o 44º presidente americano tenta se afastar das comparações com outro predecessor, este bem mais parecido pelos desafios econômicos que terá de enfrentar a partir de terça-feira: Franklin Delano Roosevelt, o criador do New Deal.
Um historiador como Harold Holzer, autor de mais de 20 livros sobre Lincoln, até vê semelhanças de estilo entre os dois personagens, como o fato de serem excelentes oradores, abertos às mudanças, terem senso de humor e fazerem questão de estar próximos da família.
"Quando me perguntam se penso que Obama está forçosamente tentando se parecer com Lincoln, respondo: quem melhor um novo presidente poderia aspirar a ser?" Mas as diferenças de situação são bem maiores.
"Lincoln definitivamente assumiu debaixo de uma tempestade, com o sul do país se recusando a reconhecer a legitimidade da eleição, com sete Estados rebelados que formaram um governo próprio", lembra Holzer.
"Esse tipo de crise política nunca mais vai ocorrer, graças a Lincoln, e Obama já começa sob o ardor da unidade nacional." Na opinião do historiador, não importa o quão grave seja a crise financeira ou se a pressão terrorista persiste, porque o conceito de nação continua intacta. "Lincoln certa vez disse ?não podemos escapar da história?. Tampouco Obama pode. Mas ele já faz parte da história e fará história, porque quebrou uma barreira."
Obama assume o governo com desafios parecidos aos enfrentados pelo presidente Franklin D. Roosevelt. Em 1932, os americanos esperavam a chegada de um líder que oferecesse não só um programa de recuperação econômica, mas também garantisse a eles que o país iria sobreviver. Eram 13 milhões de desempregados, quase todos os bancos fechados.
"Roosevelt usava com frequência a metáfora da guerra quando descrevia a Grande Depressão", afirma o professor Jeffrey W. Coker, da Universidade Belmont. "Uma guerra necessita mobilização em massa para conquistar a vitória. Ele convocou os americanos a se unir para defender um tipo diferente de inimigo, a crise econômica."
Nos cem primeiros dias de governo, com apoio até da oposição no Congresso, Roosevelt conseguiu adotar seu programa New Deal. "Obama está entrando na Casa Branca com uma maioria apertada dos democratas, enquanto Roosevelt foi capaz de aprovar qualquer reforma que propôs", alerta o historiador, autor de uma biografia de Roosevelt. "Mas seria injusto criticar Obama se seus primeiros meses não forem comparáveis com a energia e as conquistas obtidas pelo New Deal." Segundo Coker, embora os americanos de hoje sejam mais céticos e cínicos do que no início do século 20, Obama tem a seu favor o apoio em massa dos mais jovens.
http://www.estadao.com.br/

Político sério? Acredite, se quiser.Ele pode existir.

Um deputado de ônibus e devolvendo dinheiro?

Com este título, o Blog do Vilar traz um texto donde se depreende uma rara e grata surpresa:Um Deputado sério! Acredite! É verdade! Veja, abaixo, parte do texto do vilar:
O deputado estadual Hildo Fidélis, o Castelo (PTB), caminha no canto oposto ao das grandes raposas políticas de Alagoas, como ele mesmo afirma. Independente de sua pouca experiência no parlamento alagoano, Castelo se transformou em um deputado estadual inusitado por suas últimas ações na Assembléia Legislativa do Estado de Alagoas.
Castelo obteve cerca de 400 votos nas eleições passadas. Muito pouco se comparado aos 40 mil dos mais votados. “Nenhum deles foi comprado”, coloca Castelo, expondo que possui legitimidade para estar no parlamento. O deputado estadual continua trabalhando na banca de revista, de sua propriedade, localizada na Avenida Amélia Rosa, em Jatiúca.
Aposentado, Castelo diz que não depende da política para sobreviver. “Estou usando o parlamento para fortalecer entidades populares das quais faço parte e aprendendo a lutar contra o que anda errado”, diz o parlamentar, que é ligado a movimentos católicos, ao grupo de Alcoólicos Anônimos e ao Comitê 9840, que combate corrupção eleitoral.
O próprio Castelo confirma que há dias em que vai ao parlamento de ônibus. Foi desta forma, por exemplo, que ele voltou para a casa após participar de uma reunião no Palácio República dos Palmares.
Em novembro, o deputado estadual devolveu ainda R$ 27 mil de verba de gabinete. “Não vejo nada demais nisto. No mês em que tiver que utilizar a verba inteira, ela será utilizada, mas com critérios. No mês passado houve sobras e eu devolvi”.
O deputado estadual também não está ligado a correntes ideológicas, nem fisiológicas. Evita os rótulos de oposição ou situação, mas se diz pronto para votar de acordo com “sua própria consciência”. Queira ou não, os suplentes destoam dentro do parlamento alagoano. Cada um com suas particularidades, dentro de um espaço que sempre foi dominado por raposas políticas.
Leia mais em:http://www.alagoas24horas.com.br/blog/?vCod=19

Pergunta infame, resposta hilária

Lula ( foto )feliz com o êxito no Mercosul

Em uma reunião internacional, Lula é indagado por um Jornalista, se o MERCOSUL está dando certo.
Lula, prontamente, com sua já conhecida inteligência, responde:
-“ Claro! Senhor repórter, está dando certo sim, graças a seriedade brasileira, a honestidade paraguaia, o bom humor uruguaio e a humildade argentina!”

Desaba teto da sede da Igreja Renascer


Queda de telhado da Igreja,no Cambuci, em SP, ocorreu neste domingo (18).

Subiu para oito o número de mortos por causa do desabamento do teto da Igreja Cristã Apostólica Renascer em Cristo, no Cambuci, na Zona Sul de São Paulo, ocorrido na noite deste domingo (18). Maria de Lourdes da Silva, de 67 anos, morreu nesta segunda (19) pela manhã, informou a assessoria de imprensa do Hospital das Clínicas. Ela havia sido levada no dia do acidente para o HC. Apresentava ferimentos no abdome, possivelmente por alguma viga que caiu sobre ele.Sete pessoas já haviam morrido no local do acidente.
O Corpo de Bombeiros informou, nesta segunda, que chega a 94 o número de feridos no desabamento.
De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, há feridos em 15 hospitais e dois pronto-socorros em diversos pontos da capital. Muitos tiveram fraturas múltiplas, inclusive com afundamento de crânio e membros. Nesta madrugada, de acordo com a secretaria, algumas vítimas continuavam internadas em observação e outras tinham sido liberadas.
Segundo autoridades, só será possível descobrir as causas do acidente após a perícia, que começará nesta segunda-feira (19) com funcionários da Secretaria de Habitação e da Polícia Civil.

"Marolinha" chega a China

Lucro líquido da principal empresa de energia elétrica da China caíram 80% em 2008
PEQUIM - A maior empresa de energia elétrica chinesa, a State Grid Corp. of China (SGCC), registrou uma queda de 80% em seu lucro líquido no ano passado, devido aos desastres naturais e a alta dos preços de energia.
Segundo balanço da empresa, divulgado nesta segunda-feira pela agência de notícias oficial Xinhua, o lucro líquido da SGCC foi, no ano passado, de 9,660 bilhões de iuanes (US$ 1,4 bilhão ou 1,052 bilhão), quase cinco vezes menos que os registrados em 2007. No entanto, os ingressos aumentaram 13,8% em relação ao exercício anterior, atingindo 1,15 bilhão de iuanes (US$ 170 bilhões), segundo o boletim da empresa estatal.
A distribuidora de energia sofreu perdas econômicas diretas de 22 bilhões de iuanes (US$ 3,2 bilhões) devido ao rigor do inverno passado, com as temperaturas mais baixas em 50 anos, e ao terremoto em Xichuan, em 12 de maio. O custo da produção subiu, no ano passado, nas usinas geradoras chinesas, mas o preço ao consumidor se manteve baixo para evitar um impacto na inflação.
SGCC anunciou um investimento de 83 bilhões de iuanes (US$ 12 bilhões) em linhas de ultra-alta voltagem (UHV) em 2009 e 2010 para tornar mais eficaz a transmissão a longa distância.
As previsões oficiais indicaram que a demanda de eletricidade da China e sua capacidade de geração irão duplicar, em 2020, chegando a 7,4 bilhões de kilowatts/hora e a 1,470 bilhão de kilowatts/hora, respectivamente.
A China, terceira economia mundial e o país emergente que cresce a um ritmo mais acelerado, sofre uma escassez de energia para alimentar sua economia.

domingo, 18 de janeiro de 2009

Assembléia Legislativa de Alagoas, extrapola os limites da responsabilidade fiscal

ALE gasta R$ 92 milhões com a folha de pessoal.O valor representa R$ 35 milhões a mais que os R$ 57 milhões permitidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal
A cada apresentação de suas contas a Assembléia Legislativa de Alagoas revela-se um dos grandes sumidouros de recursos públicos, num estado de dois milhões de miseráveis. É o que atestam as contas do Poder, que em 2008 gastou R$ 35 milhões a mais com pagamento de "pessoal", ferindo a Lei de Responsabilidade Fiscal. Pela lei, o Legislativo Estadual deveria gastar R$ 57 milhões com a rubrica pessoal, mas a Assembléia fechou o ano com gastos de R$ 92 milhões. Na despesa com custeio da máquina os deputados gastaram R$ 18,4 milhões e mais R$ 3 milhões com investimento. No total, a ALE gastou R$ 112,5 milhões no exercício passado.
Esses gastos exagerados com pessoal e custeio da máquina são na verdade despesas irreais contabilizadas para justificar o milionário duodécimo de R$ 112,5 milhões por ano. Por lei, o Legislativo Estadual só tem direito a um duodécimo real de R$ 75 milhões, mas o governo - refém da Assembléia - mantém o repasse de R$ 112,5 milhões. É essa dinheirama que garante o enriquecimento ilícito dos deputados e agregados, além de financiar o crime de pistolagem.
Leia mais em:http://www.extralagoas.com.br/

Governo Federal em obras


Charge publicada no Jornal Correio Popular:http://www.cpopular.com.br/

Crise levou montadoras a demitir 35 mil


As dez maiores fabricantes de carros do mundo anunciaram até agora pouco mais de 35 mil cortes de empregos em todo o mundo. Os maiores afetados são os trabalhadores temporários, mas muitas fábricas também implantaram o programa de demissão voluntária, férias coletivas ou diminuição da carga horária.

No entanto, o número total de pessoas que perderam o emprego por causa da crise no setor pode ser até três vezes maior, segundo sindicalistas.Isto porque muitas pequenas fábricas, fornecedoras de peças para as grandes montadoras, fecharam as portas ou reduziram drasticamente o número de funcionários.
Os prejuízos no setor ultrapassam os US$ 30 bilhões.Mas apesar da demissão em massa e das perdas, as grandes montadoras devem começar a se recuperar ainda em 2009, na opinião de analistas ouvidos pela BBC Brasil.
Apesar dos dados negativos, os analistas de mercado prevêem que a situação deve melhorar neste ano para os fabricantes de veículos.
"O ano de 2009 deve ser pobre para as montadoras, mas o pior dessa queda desenfreada já passou", opina Edward J. Lincoln, diretor do Centro de Estudos Econômicos Japão-Estados Unidos e professor da Universidade de Nova York.
"A idade média dos carros que rodam nas ruas atualmente será o principal fator para que as pessoas troquem de veículo", acredita.
O final de 2008 foi marcado pelo auge da crise no setor automobilístico.A queda nas vendas atingiu os fabricantes do mundo todo e deve continuar ainda neste começo de ano.
Somente no Japão, a expectativa é de que em 2009 o país tenha o pior índice de vendas de veículos em 31 anos, segundo levantamento da Associação de Fabricantes de Automóveis do Japão (Jama, na sigla em inglês).
Para conter um possível colapso geral, as indústrias foram atrás de ajuda estatal. A alemã Opel, braço europeu da GM, foi a primeira montadora da Europa a pedir socorro. Depois foi a vez da Volkswagen.
O maior medo dos governos é a falência de uma das gigantes do setor. Pelas contas de especialistas, a quebra de uma das fabricantes vai afetar uma cadeia enorme de fornecedores e negócios, gerando um problema social.
Para Gary Burtless, Toyota, Honda, Nissan, Peugeot, Mercedes e BMW, apesar da queda nas vendas, ainda parecem estar melhores financeiramente do que as rivais norte-americanas."A grande diferença é que as montadoras de Detroit sobreviveram até agora graças ao mercado interno, enquanto as outras buscaram outros espaços para colocar seus produtos", explica.
Fonte:http://ultimosegundo.ig.com.br/

Lula lá, Lula cá...


Eliane Cantanhêde:

No Brasil, Lula anuncia que retirou o aval à emenda que acaba com a reeleição, deixando a impressão de que desistiu definitivamente do terceiro mandato e a avaliação óbvia de que o alvo é o PSDB, onde a emenda acomoda os interesses de Serra e de Aécio.
Lá na Venezuela, o papo é outro.
Ao fazer campanha aberta a favor dos mandatos múltiplos para Chávez, a um mês do plebiscito sobre a questão, Lula defendeu a tese de "três, quatro reeleições", como nos parlamentaristas Espanha, Alemanha e Reino Unido.
Apesar de insistir que não vai cair na tentação, Lula usou uma argumentação enviesada. Vejamos.
Alegou que é a favor da reeleição infinita de Chávez e não da própria, pela idade: "O Chávez é novo ainda, aguenta um novo mandato. Agora eu já tô velho, vou me retirar". Como comparação: Lula tem 62 anos, Dilma, 61, e Serra, 66. Quem é "velho" para mais um mandato?
Outra argumentação: "Na hora que você tiver instituições consolidadas e tiver a liberdade política que o povo quiser, isso [reeleições sucessivas] vai acontecer". Como comparação: será que as instituições brasileiras estão menos consolidadas do que as da Venezuela? E o povo brasileiro tem menos liberdade política para decidir?
Lula, pois, continua brincando de gato e rato com a re-reeleição. Diz que não quer, mas deixa o PT tocar adiante no Congresso. Tira a emenda que possibilitaria a mudança, mas faz uma defesa pública em solo estrangeiro. Argumenta contra, recorrendo a argumentos a favor.
É assim que ele vai brincando, brincando... e sentindo a reação. Se realmente cumprir a palavra, vai de Dilma e esfrega na cara de adversários e de colunistas: "Viu, não disse?".

Leia mais em: O Estado de São Paulo

E se... Obama fosse brasileiro


Isolda Herculano

Estive pensando aqui comigo: se acaso Barack Hussein Obama tivesse nascido no Brasil, sua possível condição de negro à frente da presidência da República poderia ser amplamente contestada. Primeiro porque o garoto Obama, filho de mãe branca, teria a opção de se autodenominar entre as subdivisões raciais brasileiras: mulato, pardo, mestiço etc. Explico melhor, para não parecer racista.
Um dos grandes defeitos do povo brasileiro é o medo da própria negritude. E não que seja infundada a razão para o tanto temor: ser negro no nosso país é enfrentar o preconceito a uma distância bem mais curta do que julgamos que ela possa chegar. Já escutei (no ônibus, pra variar) um menino negro dizer “eu sou o mais branco lá de casa”, como se aquilo lhe rendesse um status inalcançável pelos irmãos de sangue e raça. As variações “negão” e “neguinho”, usualmente, também aludem à intensidade da cor da pele – para que se perpetue a diferença entre ser mais e menos negro.
Nos Estados Unidos não há esse tipo de diferenciação: negros são negros, jamais mulatos (palavra derivada de “mula”, inclusive). É claro que o preconceito por lá também existe, e explícito quando bairros inteiros são reservados à raça negra e aos latino-americanos, para dar dois exemplos bem comuns. Já no Brasil, a ascensão social é capaz de embranquecer a descendência negra de qualquer um; alguns negros se casam com brancas (geralmente louras) para dar início ao processo de clareamento da própria família; e além disso tudo, o Censo 2004, mostrou uma realidade de 93 milhões de brasileiros se considerando brancos, enquanto apenas 11 milhões se diziam negros. Uma ilusão de pernas curtíssimas.
Como se pode perceber, um Obama nascido no Brasil teria todas as chances de ser descaracterizado da raça negra sob a égide do cidadão pardo ou coisa que o valha. A não ser que precisasse entrar na universidade usando o discutível sistema de cotas. Mas aí já é outra história.

Isolda Herculano, 24 anos, é jornalista baiana radicada em Maceió. Escreve desde sempre, mas foi quando conheceu os blogs, em 2004, que pôde se aventurar pelo mundo das crônicas, sob a influência direta dos Rubens - Braga e Fonseca. Ela tem dois blogs: www.malajornalistica.blogger.com.br e www.isolda.blogger.com.br

O que Watson disse.


Luis Fernando Veríssimo

A primeira conversa telefônica foi entre Alexander Graham Bell e seu assistente Thomas Watson. Em Filadélfia. 1876. Bell fazia uma demonstração do telefone recém-inventado para diversos convidados, inclusive Dom Pedro II, imperador do Brasil. Watson estava numa sala ao lado. Bell o chamou:
- Watson, venha cá.
Nada aconteceu. Bell falou mais alto:
- Watson, venha cá imediatamente!
Silêncio. Bell gritou:
- Watson, eu preciso de você!
Nada. E então Bell disse aos convidados, sorrindo, “Agora vamos tentar com a minha invenção”, pegou o telefone, discou 1 e, quando atenderam do outro lado, falou com sua voz normal:
- Sr.Watson, venha até aqui. Eu preciso do senhor.
Esta é uma versão algo fantasiosa do que aconteceu. Mas o que realmente ninguém ficou sabendo, pois ninguém ouviu, foi como Watson atendeu o primeiro telefonema na outra sala.
Ele pode ter sido apenas solícito:
- Sim senhor.
Pode ter sido distraído:
- Quem está falando, por favor?
Pode ter sido brincalhão:
- Desculpe, o sr. Watson está em reunião.
Ou pode ter sido vidente e filosófico e dito:
- Já vou, Mr. Bell. Mas o senhor tem consciência do que acaba de inventar? Já se deu conta do que começou? Está certo, isto vai facilitar a comunicação entre as pessoas. Vai ser ótimo para chamar a ambulância ou os bombeiros, marcar encontros, avisar que vai-se chegar tarde, avisar que a tia Djalmira morreu, namorar, ligar para o açougueiro e fazer “muuuu”, pedir pizza, tudo isto. Mas o senhor também acaba de inventar o despertador, a ligação no meio da noite que quase mata do coração, o engano, a pesquisa telefônica... E o celular, Mr. Bell. O senhor não sabe, mas acaba de inventar o celular. Vai demorar um pouco, mas um dia esta sua caixa vai caber na palma da mão e vai ter câmera fotográfica, calculadora, TV, raio X, bote salva-vidas inflável, e vai acabar com a vida privada como nós a conhecemos, Mr.Bell. As pessoas vão andar na rua espalhando suas intimidades e não teremos como nos proteger. Ficaremos sabendo de tudo sobre todos, inclusive os detalhes da doença da tia Djalmira, e...
- Sr. Watson...
- Já estou indo, já estou indo.

Não sou feliz mas tenho marido

Ontem fui ao teatro Gustavo Leite, assistir uma peça mais que engraçada, quase uma crônica do cotidiano matrimonial:" Não sou feliz mas tenho marido".
Baseada no livro da escritora argentina Viviana Gomez Thorpe, a peça teve um sucesso impressionante.
Levada ao palco na forma de monólogo, com interpretação impecável de Zezé Polessa, a peça nos traz, além da brilhante interpretação, um texto bem adaptado, com o cuidado de nos remeter à “realidade casual” de cada local onde se desenrola a apresentação.
Começamos bem o ano. Sue Chamusca, trouxe-nos a alegria de Zezé Polessa e esperamos que venham mais peças, cada vez mais alegres, neste ano, para podermos rir, desopilar, num período que, economicamente, os “especialistas” apontam como dos mais difíceis.