sábado, 9 de abril de 2011

Hipocrisia?

Chamar as crianças mortas de "brasileirinhos" e ainda por cima chorar é de uma hipocrisia sem limites.
As crianças morreram por conta da inércia de um governo corrupto que desarma o cidadão de bem e trabalhador mas não coíbe o contrabando de armas que vem das fronteiras dos nossos "irmãos menores" da Amérdica Latrina que abastece o crime organizado e o tráfico de drogas. 50 mil brasileiros e brasileirinhos morrem por ano no país por conta da violência desenfreada, impunidade e contrabando de armas e drogas.
Chorar diante da TV é seguir a cartilha do Sebento na tentativa de passar um pouco de "humanidade" e sensibilidade para o eleitor idiota que acredita nisso.
Milhares de brasileirinhos morrem anualmente por conta da omissão e descaso dos governos com o tráfico de drogas e de armas, com a violência ignorante das famílias, ou na falta de atendimento médico decente.
Muitos brasileirinhos que hoje não estão mais entre nós poderiam ter suas vidas salvas apenas com água encanada e tratada. Mas não, vamos investir pesado no Trem Bala e na Copa do Mundo, saúde, segurança, educação, água e esgoto é bobagem de gente que vive de pedir demais.
A hipocrisia contida naquelas lágrimas é tão infame quanto o atentado que vitimou as crianças no Rio de Janeiro.
E por falar em Rio de Janeiro, um policial mal remunerado virou herói, e os políticos urubús já estavam tirando dividendos disso.
E os curiosos sem noção de sempre se amontoando diante da escola e dando entrevistas patéticas e sem interesse jornalístico algum para a sociedade. Gentinha idiota que inventa história para aparecer na TV e jornalistas cretinos que enchem o saco geral mostrando o mundo cão da boçalidade sem educação desse povo aproveitador e exibido em vez de apenas noticiar o fato. Já não é mais suficiente mostrar essa brutalidade em horário nobre da TV, tem que ir atrás dos familiares e expor a dor e a revolta dos parentes das vítimas. Imagens sem fim de choro e desespero, tudo em nome da notícia e na busca pela audiência, e as famílias que tem seus momentos de dor violados pela liberdade da informação...que se danem oras!!! O que importa é a audiência. Em momentos como esses que penso se a tal liberdade de imprensa deve ou não ser revista e controlada.
É estarrecedor e incompreensível o que aconteceu na escola ontem. Só que a tragédia vira "festa" para os de sempre, para os políticos safados e para o povinho mórbido e burro.E agora um novo segmento da sociedade está aparecendo, os cinegrafistas de celular. Um bando de manés com seus celulares em punho filmando sem parar para depois colocar os vídeos no YouTube. Ou quem sabe até vender para as emissoras de TV.
E as emissoras comprando esse material estarão abastecendo um mercado tão perigoso que pode chegar o dia que as pessoas em vez de socorrerem a vítimas de uma tragédia ficarão lá...apenas filmando a morte de alguns e a agonia de muitos só para ganhar uns "por fora".
Muita gente solidária ajudou de verdade, mas a grande maioria só estava lá por mórbida curiosidade e oba-oba.
Isso se chama falta de educação!!!
E chorar pelas mortes de crianças indefesas quando não se faz a própria "lição de casa" para defendê-las dessa sociedade cruel se chama HIPOCRISIA E OPORTUNISMO!!!
Agora vai começar a romaria diante da escola, o local via virar ponto turístico dos desocupados e a imprensa vai estar lá para fazer o papelão de sempre. Entrevistar até cachorro na sarjeta.
E ainda virão os enterros das crianças, a imprensa e o povaréu vai estar lá promovendo o circo midiático sem noção. Sem contar a políticanalha que vai comparecer em peso. É esperar para ver.
E vem cá...
Essa sinistra dos direitos humanos é uma piada hein?
Eu duvido que ela seja aprovada em uma avaliação psiquiatrica.

Marta Suplicy é perua?

A senadora e ex-prefeita paulistana Marta Suplicy (PT) pode ser chamada de “perua” sem que isso implique em “indenização por dano moral”, como ela pretendia.
A indenização foi negada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo e ela recorreu, mas o Superior Tribunal de Justiça decidiu que seu recurso é “incabível”. O TJ entendeu que a revista Veja utilizou a expressão apenas para ressaltar o “estilo pessoal” de Marta.
O TJ paulista destacou, em sua decisão, que uma revista da Editora Globo já havia chamado Marta de “perua” e ela não a processou.
O Tribunal concluiu que a expressão “perua” destaca a “elegância no vestir” da senadora, classificada pela revista de “esfuziante”. ( Claudio Humberto )

A lógica dessa gente bacana

Dilma Rousseff, José Eduardo Cardozo e José Sarney estão certos: na hora em que gente decente puder comprar armas com mais facilidade do que os bandidos, onde é que nós vamos parar?
Faz sentido?
Considerando a origem, faz!
*Por Reinaldo Azevedo

Brasil adota medida de defesa comercial contra China

Na véspera da viagem da presidente Dilma Rousseff à China, o governo volta a aplicar medida de defesa comercial para combater as importações brasileiras de produtos provenientes do país asiático. Dessa vez, o alvo são as malhas de viscose produzidas pelos chineses. Essa é a segunda resolução aplicada pelo governo Dilma contra a China. A medida, publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira, instituiu um imposto extra sobre o importador para eliminar o que foi considerado pelo governo concorrência desleal. O pedido de investigação foi feito por empresas brasileiras do setor de confecção e comandada pelo Decom (Departamento de Defesa Comercial) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. O departamento determinou a aplicação de direito de defesa comercial, o chamado antidumping definitivo, por até cinco anos, sob a forma de sobretaxa de imposto de US$ 4,10 por quilo. Para importar o produto, o imposto pago é de 26%. As malhas de viscose são utilizadas na fabricação de roupas, principalmente para o público feminino, sendo as mais comuns: blusas, saias, vestidos e acessórios. A resolução também aplica uma taxa adicional na importação do solvente n-Butanol proveniente dos Estados Unidos, com validade de seis meses. A primeira medida de defesa comercial na importação de produtos chineses foi em março, quando foi aplicada uma taxa adicional contra peças de vidro de mesa, como pratos e xícaras.

Porque hoje é sábado, uma bela mulher.

 Fábio Guinalz e Orlando Oliveira/ AgNews
A bela atriz Bianca Bin

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Ultraje 2

Numa semana tumultuada, onde os brasileiros lamentam uma tragédia sem precedentes, um fato que levou até a presidenta imitar seu tutor e...chorou, a própria presidenta almoça, alegremente, com a banda irlandesa U2 em Brasília. Mas não podemos reclamar ou criticar, apenas...pagar a conta, claro!

PT tem 59 mensalões não identificados na sua conta bancária. PF pede varredura.


A Polícia Federal pediu à Procuradoria-Geral da República que vasculhe a conta bancária do PT e identifique pessoas que receberam parte do dinheiro do mensalão. O relatório final do inquérito sobre a origem dos recursos do esquema afirma que continuam desconhecidos os beneficiários de 59 pagamentos, em um total de R$ 2,3 milhões (valores da época). As retiradas foram feitas entre fevereiro e julho de 2003 da conta que o PT nacional tem na agência do Banco do Brasil, na avenida São João, em São Paulo. A maior delas foi de R$ 500 mil por meio de um cheque compensado. Houve outras quatro compensações de cheques acima de R$ 100 mil.
"Deve a Procuradoria-Geral da República apreciar a necessidade e pertinência da realização das diligências [...] vez que alguns favorecidos não foram devidamente qualificados pelo Banco do Brasil", diz o relatório da PF, concluído em fevereiro. O documento traz a planilha das contas-correntes dos beneficiados pelos repasses e sugere ao Ministério Público que acesse o sistema do Banco Central para identificar seus titulares. A polícia lembra que o órgão não precisa de autorização da Justiça para realizar essa varredura, "por se tratar de dados cadastrais e não de movimentação financeira".
Os R$ 2,3 milhões têm como origem dois empréstimos contraídos pelo PT nos bancos Rural e BMG -canais usados para esquentar e movimentar o dinheiro do mensalão, de acordo com o relatório da CPI dos Correios. Um desses empréstimos, de R$ 3 milhões, foi firmado com o Banco Rural em maio de 2003. Teve como garantia um contrato assinado pela DNA Propaganda com o Banco do Brasil em 2000. A DNA tem como proprietário Marcos Valério, acusado de ser o principal operador do mensalão, junto com o ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares.
São justamente eles os avalistas do empréstimo de R$ 3 milhões. O outro empréstimo, de R$ 2,3 milhões, foi tomado do BMG em fevereiro de 2003. Também teve como avalistas Marcos Valério e Delúbio, segundo a CPI dos Correios. Esta é a segunda vez que a PF aciona a Procuradoria-Geral da República para tentar vasculhar a conta do PT. Em 2006, os investigadores propuseram uma "perícia contábil-financeira" nas contas e declarações fiscais da Executiva Nacional do partido. A Procuradoria-Geral negou o pedido alegando que era "genérico".
*A matéria é da Folha de São Paulo.

Povo bundão

Adaptação livre da charge original do sponholz
Tomei uma resolução e comuniquei a todos os meus amigos, na minha lista de e-mails, que o SBT estaria
levando ao ar uma novela mentirosa e fazendo apologia ao comunismo e ao terrorismo na década de 60, tentando desmoralizar as forças armadas. Sugeri boicote às novelas do SBT.
Tive algum retorno ( dezesseis e-mails concordando ), mas não notei grande interesse da maioria do pessoal, não!
Teve gente que disse textualmente: "...se as forças armadas não se importam, nós vamos nos importar com isso, Mario?..."
Aí é onde mora o perigo: O povo não está nem aí para os acontecimentos que nos apontam a possibilidade de levar esta nação ao caos.
Já estão acabando com os fundamentos do Plano Real, desde a gastança desenfreada de Luiz da Silva...
Isto sem falar da enxurrada de mentiras que fazem publicar na imprensa!
E não basta a rede Record fazer propaganda positiva do governo 24 hs no ar. Agora o SBT entra no "sistema". Só falta arranjar uma comentarista e apresentadora como aquela da Globonews, para cada uma dessas redes. Aí o "trabalho" estará completo.
Como diria Ester Azoubel: "A mídia brasileira resolveu aderir ao projeto governista de inverter a história."
O governo pratica, abertamente, intervenção na empresa privada ( vide Vale ). Pratica, descaradamente, o uso abusivo da Petrobrás com objetivos políticos, forma na empresa um cabide de emprego, através do aparelhamento, estabelecendo custos imensos para a empresa.
Então os petralhas aproveitam....Aparelharam a Petrobrás e agora vão nos fazer pagar caro aumentando impostos e o preço dos combustíveis.
A inflação real ( aquela que o governo não mostra ) já está penalizando a classe média e breve chegará as classes menos favorecidas.
E o povão aplaude e ainda pede bis...aí está poste no poder.
Não são boas as perpectivas.
Quem viver verá!

A preposta

A presidente Dilma Rousseff disse na tarde desta quinta-feira que tem a honra de representar o "terceiro governo".
Ela não especificou se fazia referência a um terceiro governo do PT.
A declaração foi dada no momento em que Dilma falava sobre a importância de ter uma mulher no comando do Ministério do Desenvolvimento Social.
"Queria cumprimentar a Tereza Campello, ministra do Desenvolvimento Social. É importante que seja uma mulher ministra do Desenvolvimento Social, na medida que o nosso compromisso maior nesse processo do terceiro governo, que eu tenho a honra de representar, é a superação da pobreza em nosso país", afirmou.
Dilma participou de um encontro no Palácio do Planalto com o movimento das mulheres atingidas por barragens.
A presidente prometeu que não irá fazer "demagogia fácil" em relação aos movimentos sociais, mas que irá ouvi-los e buscará "o atendimento de 100%" das demandas.
"Governo é governo, e movimento social é movimento social", afirmou.
"Mas somos contra aqueles que consideram que um governo pode ficar surdo em relação às reivindicações", completou, em seguida. (Folha online)

O Tsunami no Japão visto do alto.

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Eles também matam

O estudante Matheus Moraes, 13, aluno da sétima série da escola Tasso da Silveira, em Realengo, no Rio de Janeiro, esteve com a arma apontada para a sua cabeça depois que Wellington Menezes de Oliveira, 23, invadiu a unidade educacional nesta quinta-feira (7).
Mas o atirador que assassinou pelo menos 11 crianças resolveu não disparar, na última hora: "Ele pensou um pouco e disse para eu ficar tranquilo, que ele não iria me matar", relatou o jovem.
Segundo Moraes, sete colegas de classe do sexo feminino foram assassinadas brutalmente. "Ele colocava a arma na testa das garotas e puxava o gatilho, sem pena", disse.
Os poucos rapazes atingidos foram baleados no braço ou nas pernas, propositalmente.
* Fonte: Noticias UOL

A tragédia no Rio de Janeiro

Carta de um louco


Clique nas imagens para ampliar
Trecho da carta deixada por Wellington Menezes de Oliveira, o assassino de 11 crianças, hoje, numa escola do Rio de Janeiro. Segundo a polícia, ele se matou.
Evidentemente que diante desta ocorrência policial que chocou todo país, Governador e Prefeito do Rio de Janeiro montaram um palco para comícios e e o velho bla,bla,blá político.
Os dividendos também, foram aproveitados pela "presidenta" que , ao modo do seu tutor, também verteu lágrimas em cerimônia pública.
O louco

A tragédia em vídeo

O Luiz cara de pau, desmoraliza a justiça.

Esta eu não entendi!!
Lula diz nos EUA que o Julgamento do mensalão deve acontecer lá por 2050!!
Olha a credibilidade da Justiça do Brasil...

Quem com ONG fere com ONG será ferida.

A presidente deve delimitar de uma vez por todas o espaço destas organizações que atendem interesses internacionais e que querem transformar o país em SPA ecológico, uma "eterna reserva" que permita que o primeiro mundo continue poluindo, destruindo, sujando e cobrando preços absurdos pelo alimento, pois afinal de contas o Brasil vai estar segurando as pontas ambientais.
Quando um agricultor é impactado por uma nova barragem, a sua terra é inundada e ele deixa ali o lar, o trabalho e uma vida inteira. A desapropriação é automática. Qual o problema de alguns poucos milhares de índios brasileiros, que são proprietários de quase 15% do território brasileiro, cederem um pedaço da floresta para que um país com quase 200 milhões de habitantes tenha energia limpa?
Belo Monte, na verdade, está virando um esqueleto de burro enterrado no quintal da Dilma.
Por pressões ambientalistas, em vez de operar com reservatório, operará a 'fio d'água', sujeita a chuvas, secas, e trovoadas, o que está espantando os investidores.
Agora vem a indiada e os ongueiros a exigir mais garantias, em nome dos 'direitos humanos'.
O que eles querem é dinheiro. Money!
Mais dinheiro público para, com ele, financiarem ações para inviabilizar a economia brasileira.
Acorda aí, ô governanta, manda aprovar o Código Florestal e pára de financiar esta bandidada que usa o verde para fins políticos e para servir poderosos interesses econômicos dos gringos. (Blog Coturno noturno)

COMENTÁRIO: É isso aí. Pressionada pelas ONGs ambientalistas, financiadas pelo dinheiro público que jorra dos cofres do governo petista, a OEA partiu com tudo para cima do Brasil, para impedir a construção da Usina de Belo Monte, a maior obra do PAC. Não adianta espernear com 'notas oficiais'.
O que a Dona Dilma tem que fazer é parar de usar ONGs como o Greenpeace e o Instituto Socioambiental para atacar a agropecuária brasileira.
Belo Monte está provando que quem com ONG fere com ONG será ferida. ( gracialavida)

O governo e a imprensa.

"Tudo se torna claro, patéticamente pálido...Fácil, extremamente fácil..."
A ombudsman da Folha é Suzana Singer.
Suzana é filha do fundador do PT, Paulo Singer.
Irmã do Andé Singer, porta-voz do Lula.
Sacou?

Ministra considera "Número de gays assassinados no Brasil é um absurdo"

Ministra Maria do Rosário considera "Número de gays assassinados no Brasil é um absurdo"
A ministra dos Direitos Humanos, Maria do Rosário, comentou o último levantamento feito pelo Grupo Gay da Bahia sobre homossexuais assassinados em 2010 no Brasil.
De acordo com a pesquisa feita pela ONG baiana, os crimes contra LGBTs aumentaram 113% nos últimos cinco anos.
Maria do Rosário classificou como "absurdo" o número de LGBT assassinados no Brasil em 2010, que, pelo levantamento do GGB, chegou a 260.
A ministra informou que o governo vem fazendo um esforço para diminuir as mortes de LGBT, porém, ela acredita que é preciso fazer "uma grande investida" contra as declarações e manifestações de intolerância.
COMENTÁRIO: Faltou informar qual o número total de assassinatos, pois o que interessa é
o percentual sobre o total. E, como o número de "beneficiados" deve estar aumentando devido às proteções, e em se falando de gays baianos, então, deve ser bastante elevado.
Seriam todos assumidos, cadastrados pela dita ONG, ou incluiram também os prováveis,com tendências, trans, bi,etc.? Se fôr assim, o número até que deve ser modesto. (ui!)
Como em todo o Brasil ocorreram perto de 50.000 em 2010, 260 mortes é cerca de 0,5% do total, o que indica que o brasileiro/a está mais para hetero (ufa!).
Espero que os gays não saiam dando chilique por aí, pois a taxa está pequena...  ( Nelson S Oliveira )

Tarso Genro, em sala de aula, defende uso da maconha.

Peremptório Tarso Genro diz em aula magna na UFRGS para estudantes que "maconha é saborosa". É mesmo, "garoto de ouro"?
Que tal, hein, um governador...defender o uso da maconha para estudantes, dentro da UFRGS, em uma aula magna? É de lascar...

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Eles também matam

Jovem é acusado de matar mãe e irmão após discussão sobre opção sexual em Manaus
O músico Alcinei Ferreira Gomes, de 19 anos, foi preso acusado de matar a mãe, Maria Lita Gomes da Silveira, de 41 anos, e o irmão, Alen Luiz Gomes da Silva, 13, na residência da família, na noite desta terça-feira, na Zona Leste de Manaus. Ele também tentou matar o pai, Sildonor Ferreira da Silva, de 38 anos, com duas facadas. Segundo a polícia, ele confessou e disse que os assassinatos aconteceram após uma discussão em família. Segundo Gomes, os pais e o irmão não aceitariam o fato dele ser homossexual.
De acordo com o titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Mariolino Brito, o acusado pode ter premeditado o crime. O músico se apresentou espontaneamente à delegacia ainda na noite desta terça-feira. O pai dele foi internado no hospital, e não corre o risco de morrer.
Alcinei, segundo a polícia, esfaqueou primeiro a mãe e em seguida o irmão mais novo. Após praticar os homicídios, esperou o pai chegar do trabalho, na frente da casa, e o atingiu na cabeça com um pé de cabra. Sildonor ainda recebeu golpes de faca nas costas, antes de conseguir desarmar o filho.
O pai ainda tentou entrar na casa para tentar socorrer as vítimas. O corpo de Maria Lita foi encontrada em um dos cômodos da residência e do irmão mais novo, embaixo da cama de um dos quartos.
Em depoimento na manhã desta quarta-feira à polícia, Sildonor disse que o filho já havia sido submetido a tratamento no Centro Psiquiátrico Eduardo Ribeiro, em Manaus.
Os corpos das vítimas foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) na noite desta terça-feira e velados nesta manhã, na residência da família. No local, familiares e amigos estavam assustados com a atitude do músico. Vizinhos afirmaram que ele era um bom filho e nunca levantou suspeitas. O irmão de Sildonor, Nonato Gomes, afirmou não entender o motivo que teria levado o sobrinho a matar a mãe, o irmão e atentar contra a vida do próprio pai.
O delegado Mariolino Brito já entrou com pedido de prisão preventiva contra Alcinei Ferreira Gomes.
- Ele representa perigo para a sociedade - afirmou.
A polícia aguarda pela sentença de um juiz plantonista para encaminhar o preso para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus, ainda nesta quarta-feira.
*Fonte: Extra.globo.com

Kadafi envia mensagem a Obama

O líder líbio Muammar Kadafi enviou nesta quarta-feira uma mensagem ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, dois dias depois da retirada dos aviões de combate americanos das operações aéreas na Líbia, indicou a agência de imprensa líbia "Jana".
A agência líbia não especificou o conteúdo da mensagem mas precisou que foi escrito "após a retirada dos Estados Unidos da aliança inimiga colonialista e cruzada contra a Líbia".
Os aviões de combate americanos cessaram a partir da segunda-feira passada toda operação militar na Líbia e a parte americana se limita a garantir o abastecimento em voo e as missões de vigilância.
O Pentágono também assinalou que os aviões de combate poderiam retomar seus ataques se a Otan o solicitasse.
Em sua última mensagem sob forma de declaração à agência de imprensa oficial, com data de 30 de março, Kadafi advertiu aos aliados ocidentais que a situação em seu país poderia ficar "fora de controle" e acusou estes últimos de ter lançado "uma segunda guerra dos Cruzados" no Mediterrâneo.
Na véspera, por ocasião da reunião em Londres do Grupo de Contato, Kadafi tinha dirigido uma carta aos aliados ocidentais na qual solicitava o fim da "agressão selvagem" contra seu país e os acusava de proceder "um extermínio" do povo líbio.

Michel Temer é investigado no STF por suposta participação em esquema de propinas

A suposta participação do vice-presidente Michel Temer em um esquema de cobrança de propina de empresas detentoras de contratos no porto de Santos é investigada em um inquérito que está no Supremo Tribunal Federal (STF).
De acordo com informações da "Folha de S.Paulo" , o caso chegou à Corte no dia 28 de fevereiro e seguiu na semana para a apreciação da Procuradoria-Geral da República.
Em 2002, o então procurador-geral da República, Geraldo Brindeiro, determinou o arquivamento de um processo administrativo preliminar sobre o caso. Mas, em 2006, a Polícia Federal instaurou um inquérito, onde já constava o nome de Temer como eventual beneficiário do esquema.
A PF reuniu, então, indícios de que empresas pagavam propinas para vencer licitações para exploração de áreas do porto de Santos, administrado pela Companhia de Docas do Estado de São Paulo. A empresa, por sua vez, era uma área de influência política do PMDB, tendo o partido indicado o presidente da Companhia entre 1995 e 1998, Marcelo de Azeredo.
Algumas planilhas - entregues em 2000 pela mulher de Azeredo durante o processo de dissolução de união estável - indicavam repasse de propinas que teriam sido pagas por duas empresas: Libra Terminais S/A e Rodrimar S/A. As planilhas indicavam ainda, segundo a PF, que o dinheiro foi entregue a Azeredo por uma pessoa identificada apenas como "Lima" e a alguém identificado pelas iniciais "MT", que se refere, segundo a PF e a procuradoria, a Michel Temer.
* Fontes: Folha de São Paulo e O globo

O país das exceções

Quero começar afirmando categoricamente que nossas autoridades governamentais estão querendo fazer do Brasil, um País das exceções. O Princípio Constitucional de que todos são iguais perante as Leis, já caiu por terra.
Este País não possui uma política igualitária para todos os cidadãos. Estamos nos tornando um País das desigualdades: País dos Afros descendentes, dos índios, das prostitutas, dos gays, das lésbicas, dos bi sexuais, dos transformistas, mas todos querendo leis próprias, desprezando as já existentes.
Todos estão esquecendo que pertencemos a uma raça única: Somos Humanos. E assim sendo devemos nos pautar também pela nossa carta maior.
A única coisa que nos diferencia uns dos outros é a nossa condição financeira, essa totalmente desprezada, na hora de reivindicarmos alguma coisa.
Nosso País abriu suas fronteiras para que ocorressem as imigrações, mas não pode abrir mão da sua condição de ser “ÚNICO”.
Desde a criação, o mundo está formado por Homens e mulheres. Tudo o que se inventou pelo caminho são distorções da obra do Criador. Portanto são elas as exceções e não os homens e mulheres que permaneceram no caminho marcado para ser seguido.
Nossos filhos e netos devem ser criados e educados a respeitar o Ser Humano (Homem e Mulher - Familia), e se no decorrer de sua vida ele optar pelas exceções, será de livre escolha dele, não havendo necessidade de novas Leis, pois ele não deixou a principal qualidade que é a de ser um ser Humano e, assim sendo, estará também sujeito à nossa Cosntituição.
*Texto de Alcides dos Santos Ribeiro - por e-mail, via resistência democrática

Lula distribuiu dinheiro para ditaduras

Segundo o Jornalista Claudio Humberto, somente nos dois últimos anos de seu governo, o ex-presidente Lula distribuiu mais de R$ 61 bilhões do contribuinte brasileiro para 27 países, a maioria na América Latina, sendo oito na África, para além de algumas das mais tenebrosas ditaduras, como Líbia, Síria e Irã. Parte expressiva dos recursos saiu do Brasil por meio de financiamento do BNDES, para obras tocadas por empreiteiras favoritas do governo.
A lista dos 27 países aos quais Lula deu dinheiro causou perplexidade nos senadores, até nos governistas, da Comissão de Assuntos Econômicos.
COMENTÁRIO: Será que nesse repasse imoral Lula não teve sua recompensa? A sua conta no exterior deve ser milionária. É preciso investigar. Lógico que nenhuma novidade para todos nós. Movcc/Gabriela

A ignorância de nossos deputados

video

Ricardo Gama responsabiliza Sergio Cabral pela sua integridade física

Me lembro bem, como se fosse ontem, "algumas pessoas "do governo" dizendo que eu ia "me arrepender" pelo que tinha feito com Sérgio Cabral ao expor o seu lado verdadeiro.
E digo mais: Sr. Governador Sérgio Cabral, já estou em casa, todo quebrado, mal consigo enxergar direito, e sem nenhuma proteção. Se algo me acontecer de novo comigo ou com a minha família, a culpa terá um nome: GOVERNADOR SÉRGIO CABRAL.
*Postado por RICARDO GAMA

terça-feira, 5 de abril de 2011

Os passaportes irregulares:Até que enfim alguém se mobiliza.

Fotomontagem Toinho de Passira

Finalmente alguém tomou alguma providência: o Ministério Público Federal do Distrito Federal considerou irregulares os passaportes diplomáticos concedidos a sete parentes do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
Deu um prazo de 30 dias para os passaportes serem recolhidos ao Ministério das Relações Exteriores, sob pena de responderem uma ação judicial.

FAO alerta para risco de nova crise mundial alimentar

O índice de preços alimentares da ONU de fevereiro aumentou pelo oitavo mês consecutivo, para o maior nível desde, pelo menos, 1990. Todos os grupos de commodities, exceto o açúcar, aumentaram no último mês.
Diouf dizia, até alguns meses atrás, que os estoques globais de cereais estavam em níveis mais saudáveis que os restritos estoques que desencadearam a crise em 2007 e 2008.
Em julho passado, os níveis de estoque estavam em um total de 100 milhões de toneladas acima que os de 2007, mas o rápido crescimento econômico em países em desenvolvimento e um retorno ao crescimento em países altamente industrializados, levaram a novas reduções.
Alguns países no norte da África e no Oriente Médio fizeram grandes compras de grãos para evitar aquele tipo de conflito, em parte estimulada pelos preços dos alimentos, que derrubou os líderes da Tunísia e do Egito.
A Coreia do Sul está buscando construir uma estratégia de reserva de grãos e planeja comprar cargas de milho e outras mercadorias, em esforço similar ao de outra nações asiáticas, preocupadas com os altos preços dos alimentos e com os conflitos sociais.
Em dezembro, o México comprou milhares de toneladas de milho no mercado futuro, para se proteger de altas dos preços de tortillas, que provocou confrontos nas ruas em 2007.
“É algo racional de se fazer, para se proteger”, disse Diouf.
O recente aumento dos preços do petróleo, que subiu para cerca de US$ 120 o barril no mês passado, está exacerbando os aumentos nos preços dos alimentos, que podem afetar a habilidade dos países em desenvolvimento de cobrir suas necessidades de importação, disse Diouf. Os preços do petróleo têm impacto nos custos de transporte e insumos agrícolas, incluindo fertilizantes.
Biocombustíveis
A FAO pediu aos países desenvolvidos que reexaminem suas estratégias de biocombustíveis –que incluem amplos subsídios– uma vez que estes têm desviado 120 milhões de toneladas de cereais de consumo humano para produção de combustível.
“Estamos aconselhando os países membros a revisitarem suas políticas”, disse Diouf. “Contar com mais energia renovável não significa que você precisa produzir mais biocombustível.”
Países desenvolvidos dão US$ 13 bilhões anualmente em subsídios e proteção, para encorajar a produção de biocombustíveis, disse Diouf. Nos Estados Unidos, os estoques de milho chegaram a mínimas de 15 anos, enquanto maiores parcelas da safra são utilizadas na produção de etanol.
Evitar outra crise alimentar depende dos rendimentos da safra na próxima temporada de colheita, bem como do impacto do crescimento econômico sobre a demanda, segunda Diouf. Porém, ele também afirmou que o aumento do preços dos alimentos e do petróleo podem ter efeito prejudicial no crescimento.
Ainda é cedo para determinar se o recente terremoto e tsunami no Japão, maior importador de grãos do mundo, terá qualquer efeito na oferta global ou na demanda por produtos agrícolas, acrescentou Diouf.

Suiça diz não ao desarmamento em plesbiscito histórico

A pacata e civilizada Suíça é o hoje um dos países mais armados do mundo, rivalizando talvez com os EUA, e no que depender de sua população continuará assim por muito tempo. Com quase 60% dos votos, as propostas de restrições à posse de armas na Suíça foi rejeitada pela população em plebiscito realizado neste domingo que guardou impressionante semelhança ao referendo brasileiro de 2005. Lançada em 2006, por uma ampla coalizão de ONGs, sindicatos, pacifistas e partidos de centro-esquerda a iniciativa pretendia introduzir regras extremamente rigorosas para a posse de armas e um cadastro nacional e centralizado para todas armas de fogo.
*Leia mais em Movimento endireitar

Crivella quer passaporte especial para o tio R.R.Soares

Por Rosa Costa, no Estadão:
O Senado pediu ao Ministério das Relações Exteriores um passaporte especial para o chefe da Igreja Internacional da Graça de Deus, pastor Romildo Ribeiro Soares, mesmo sem o evangélico exercer qualquer tipo de atividade parlamentar. O documento foi solicitado no dia 21 de dezembro, com prazo de validade de um ano, segundo o Itamaraty.
Conhecido como R. R. Soares, o pastor é cunhado do bispo Edir Macedo, da Igreja Universal do Reino de Deus. Ambos são tios do senador Marcelo Crivella (PRB-RJ). A ficha de concessão do passaporte, como apurou o Estado, mostra que foi Crivella quem solicitou o documento à Coordenação de Atividades Externas do Senado (Coatex).
Procurado, o senador não quis dar explicações sobre o pedido. “Prefiro não comentar nenhum assunto deste tipo, prefiro que o Itamaraty comente”, disse. “Escreva aí que o senador prefere não comentar”, sugeriu. O bispo R. R. Soares também foi procurado, mas não respondeu à ligação.
Os portadores de passaporte diplomáticos e especial recebem tratamento diferenciado nos aeroportos e alfândegas, como a dispensa da revista. Esses documentos são cedidos gratuitamente a pessoas que viajam em missão especial de alguma esfera de governo - cidadãos comuns têm de pagar R$ 156,07 para a obtenção de passaporte.
A assessoria de comunicação do Senado confirmou a intermediação na concessão do passaporte de R.R. Soares, por solicitação de Crivella. Alega que o procedimento está previsto no decreto de 4 de dezembro de 2006, sobre documentos de viagens.
Assinado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pelos ministros Márcio Thomaz Bastos (Justiça) e Celso Amorim (Relações Exteriores), o decreto previa a cessão de passaporte especial a pessoas que, embora não relacionadas na lista de servidores e parlamentares ali citados, “devam portá-los em função do interesse do País”.

Obama decidiu julgar o terrorista Khalid Sheikh Mohammed

Numa importante reviravolta, a administração Obama decidiu julgar o terrorista Khalid Sheikh Mohammed pela sua participação nos atentados de 11 de setembro de 2001 em Manhattan e na Pensilvânia, perante uma comissão militar empossada como tribunal de guerra, na base militar americana da Baía de Guantânamo, em Cuba, e não mais por um tribunal civil no continente.
O Advogado Geral da União, Eric H. Holder Jr. é esperado para fazer o anúncio oficial dessa decisão na tarde de hoje onde explicará que Mohammed se auto-descreveu como o planejador dos atentados juntamente com outros quatro conspiradores que irão enfrentar estas acusações perante uma comissão de oficiais militares, disse o Promotor de Justiça.
O Departamento de Justiça dos EUA marcou uma conferência de imprensa para as 15 hs de hoje, horário de Brasília.
Holder, o Promotor que queria processar Mohammed perante um tribunal civil regular em Nova Iorque, mudou de idéia depois que o Congresso impôs uma série de restrições impeditivas para a transferência de prisioneiros de Guantânamo para o continente, nos Estados Unidos, tornando tal julgamento, pelo menos por ora, inviável. ( New York Times - Tradução Francisco Vianna )
Leia mais (em inglês) no link abaixo:

O "fascismo do bem"

Imaginem a seguinte cena: em campanha eleitoral, o deputado Jair Bolsonaro está no estúdio de uma emissora de televisão na cidade de Pelotas. Enquanto espera a vez de entrar no ar, ajeita a gravata de um amigo. Eles não sabem que estão sendo filmados. Bolsonaro diz: "Pelotas é um pólo exportador, não é? Pólo exportador de veados..." E ri.
A cena existiu, mas com outros personagens. O autor da piada boçal foi Lula, e o amigo da gravata torta, Fernando Marroni, ex-prefeito de Pelotas. Agora, imaginem a gritaria dos linchadores "do bem", da patrulha dos "progressistas", da turma dos que recortam a liberdade em nome de outro mundo possível... Mas era Lula!
Então muita gente o defendeu para negar munição à direita. Assim estamos: não importa o que se pensa, o que se diz e o que se faz, mas quem pensa, quem diz e quem faz. Décadas de ditaduras e governos autoritários atrasaram o enraizamento de uma genuína cultura de liberdade e democracia entre nós.
Nosso apego à liberdade e à democracia e nosso entendimento sobre o que significam liberdade e democracia são duramente postos à prova quando nos deparamos com a intolerância. Nossa capacidade de tolerar os intolerantes é que dá a medida do nosso comprometimento para valer com a liberdade e a democracia.
Linchar Bolsonaro é fácil. Ele é um símbolo, uma síntese do mal e do feio. É um Judas para ser malhado. Difícil é, discordando radicalmente de cada palavra dele, defender seu direito de pensar e de dizer as maiores barbaridades.
A patrulha estridente do politicamente correto é opressiva, autoritária, antidemocrática. Em nome da liberdade, da igualdade e da tolerância, recorta a liberdade, afirma a desigualdade e incita a intolerância. Bolsonaro é contra cotas raciais, o projeto de lei da homofobia, a união civil de homossexuais e a adoção de crianças por casais gays.
Ora, sou a favor de tudo isso - e para defender meu direito de ser a favor é que defendo o direito dele de ser contra. Porque se o direito de ser contra for negado a Bolsonaro hoje, o direito de ser a favor pode ser negado a mim amanhã de acordo com a ideologia dos que estiverem no poder.
Se minha reação a Bolsonaro for igual e contrária à dele me torno igual a ele - eu, um intolerante "do bem"; ele, um intolerante "do mal". Dois intolerantes, no fim das contas. Quanto mais intolerante for Bolsonaro, mais tolerante devo ser, porque penso o contrário dele, mas também quero ser o contrário dele.
O mais curioso é que muitos dos líderes do "Cassa e cala Bolsonaro" se insurgiram contra a censura, a falta de liberdade e de democracia durante o regime militar. Nós que sentimos na pele a mão pesada da opressão não deveríamos ser os mais convictamente libertários? Ou processar, cassar, calar em nome do “bem” pode?
Quando Lula apontou os "louros de olhos azuis" como responsáveis pela crise econômica mundial não estava manifestando um preconceito? Sempre que se associam malfeitorias a um grupo a partir de suas características físicas, de cor ou de origem, é claro que se está disseminando preconceito, racismo, xenofobia.
Bolsonaro deve ser criticado tanto quanto qualquer um que pense e diga o contrário dele. Se alguém ou algum grupo sentir-se ofendido, que o processe por injúria, calúnia, difamação. E que peça na justiça indenização por danos morais. Foi o que fizeram contra mim o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) e o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Mas daí a querer cassar o mandato de Bolsonaro vai uma grande distância.
Se a questão for de falta de decoro, sugiro revermos nossa capacidade seletiva de tolerância. Falta de decoro maior é roubar, corromper ou dilapidar o patrimônio público. No entanto, somos um dos povos mais tolerantes com ladrões e corruptos. Preferimos exercitar nossa intolerância contra quem pensa e diz coisas execráveis.
E tudo em nome da liberdade e da democracia...
*Texto de  Ricardo Noblat, via blog do Rodrigo Constantino

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Falsidade esquerdopata

No Blog do Noblat:
Quando FHC era presidente, Bolsonaro defendeu seu fuzilamento. Não foi sequer processado.
Gritaria? Não houve.

Petralhismo para exportação

O modo petista de fazer campanha foi exportado para o Peru.

Luís Favre - ex-marido da senadora Marta Suplicy (PT-SP)- e o petista Valdemir Garreta trabalham, desde janeiro, como consultores do nacionalista Ollanta Humala, hoje líder da corrida presidencial peruana.
Sob orientação de Favre e Garreta, a estratégia reproduz lances da campanha de Luiz Inácio Lula da Silva em 2002. Além de suavizar a imagem do candidato -a exemplo do "Lulinha, paz e amor"-, o comitê de Humala acaba de lançar uma "Carta aos peruanos".
Numa reedição da "Carta ao Povo Brasileiro", divulgada por Lula em 2002, é uma tentativa de atenuar tremores na economia peruana diante da hipótese da eleição do candidato, chamado às vezes de o "Hugo Chávez peruano". Em 2006, ele recebeu o apoio do venezuelano.
Em entrevista à Folha nessa semana, um dos porta-vozes de Humala disse, no entanto, que ele poderá rever contratos de infraestrutura na Amazônia, tocados por construtoras brasileiras.
Homem forte da administração de Marta na Prefeitura de São Paulo (2001-2004), Garreta afastou-se da vida partidária em 2010. Favre, que sempre militou na área internacional do PT, submergiu em fevereiro de 2009, após separar-se de Marta.
Em fevereiro, Humala se reuniu com o ex-presidente Lula, em meio às comemorações do 31º aniversário do PT.
Ele também foi orientado a se afastar do irmão, o líder ultranacionalista Antauro Humala, condenado a 25 anos de prisão após liderar uma revolta militar em 2005.
*Texto do Jornal Folha de São Paulo

Fraude em obras do DENIT

Investigações da PF (Polícia Federal) e do TCU (Tribunal de Contas da União) apontam fraudes na duplicação da BR-101, orçada em R$ 2,5 bilhões.
O repórter Flávio Ferreira e o repórter-fotográfico Danilo Verpa, do Jornal Folha de São Paulo, percorreram os trechos, que cortam três Estados (RN, PB e PE), e encontraram diversos problemas como rachaduras em placas de concreto recém-concluídas.

Mensalão com dinheiro do povo

Do Estadão:
Para representantes da bancada governista, o relatório final da Polícia Federal (PF) que confirmaria a existência do mensalão no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não altera a versão petista. "Não tem fato novo. O relatório apenas mostra a atuação das empresas de Marcos Valério e fazem um nexo que não tem nexo", disse o deputado Candido Vaccarezza (PT-SP), líder do governo na Câmara. Ele sustentou, porém, que houve apenas um erro confesso: o caixa 2. "O que eu posso dizer é que não houve transferência de dinheiro público, muito menos a acusação do procurador de formação de quadrilha", disse. André Vargas, secretário de comunicação do PT, amenizou a divulgação, dizendo que é apenas uma investigação e que ainda tem que passar pelo crivo do Judiciário. "O mensalão é tese da oposição, que a mídia e a Polícia Federal compraram. O Judiciário é que vai dar a última palavra", argumentou.
Ele descaracterizou as acusações de que o volume de dinheiro envolvido no esquema fosse para pagar parlamentares para votar favoravelmente às matérias de interesse do governo no Congresso Nacional.
COMENTO: Primeiro foi o próprio Luiz da Silva que declarou que "...o PT fez o que todos os demais partidos haviam feito, sistemáticamente..."
Agora, que a Polícia Federal conclui que o mensalão estava bem perto de Lula, e tão perto que ele jamais poderia desconhecer, o líder do PT vem afirmar que não há fato novo no inquérito da PF, mas admitiu o caixa 2.
Pois sim. Isso de caixa 2 não é contrário à Lei? Receber ou utilizar na campanha dinheiro com origem no exterior como confessou Duda Mendonça, também não é ilegal?
Francamente, estes petistas confessam, a cada dia, serem pior do que todos os políticos que eu conhecia antes. São mais cínicos, mais mentirosos e muito mais "sabidos".
Eles sabem, como ninguém, sujar este país de lama e ainda posarem de bonzinhos.
É uma cretinice sem precedentes!

Diga não a impunidade do mensalão

Este link é da página de contato do STF.Faça sua manifestação aqui. http://www.stf.jus.br/
No canto inferior esquerdo irá aparecer um banner escrito ATENDIMENTO.
É só clicar e sentar o dedo no teclado!!
Esse acima é o link da página de contato do STF.
Entre, faça o cadastro e deixe sua menssagem no ítem "MANIFESTAÇÃO".
Escreva para o ministro Joaquim Barbosa.
Todos podemos fazer a nossa parte, um volume muito grande de mensagens fará com que certamente algumas sejam lidas.
Acredito que esse movimento faça alguma diferença, mínima que seja, no julgamento do caso e certamente irá mostrar aos juízes do STF que a população está em alerta.
Agora, os indignados de sempre, que tem medo de mostrar o rosto, ou de dizer quem são, não precisam ir, uma vez que para fazer a manifestação e realmente se POSICIONAR tem que preencher o cadastro. E isso assusta uma boa parte dos que vivem de reclamar na REDE anônimamente usando e abusando do conforto da falta de identificação, posam de "indignados" lutadores pela democracia mas não movem uma palha e nem a bunda da cadeira para mudar porra nenhuma!! É fácil reclamar diante da telinha e não ser identificado, agora chegou a hora de mostrar a cara e o quanto vocês são realmente brasileiros cansados de tanta sacanagem dos políticos.
Não sejam FAKES, sejam brasileiros de verdade e vão á página do STF e se MANIFESTEM de verdade e com consciência.
Não irão mandar a polícia na sua casa por conta disso...
Isto é... se você não escrever merda está tudo OK.
EU JÁ FIZ A MINHA PARTE, E VOCÊ?
*Grupo Resistência democrática

União homoafetiva, e só.

Um ministro do STF, daqueles que conhecem como poucos a cabeça de seus pares, prevê que o tribunal deverá reconhecer a união homoafetiva para fins patrimoniais no julgamento previsto para daqui a duas semanas. Ou seja, apenas para efeito de herança. Mas daí a permitir que esse casal adote uma criança, por exemplo, são outros quinhentos --- ou, mais precisamente, outro julgamento."
*Coluna Radar - Revista Veja

domingo, 3 de abril de 2011

Mensalão: Prescrição, não!

Difundida pelo grupo "Resistência democrática" está em curso uma campanha na internet com o objetivo de entupir o ministro Joaquim Barbosa, do STF, relator de mensalão, de telegramas e mensagens na próxima segunda-feira, quatro de abril.
Os organizadores objetivam que milhares de pessoas enviem mensagens cobrando atitude e celeridade para evitar que o processo do mensalão deixe de ser julgado pelo Tribunal.
Os organizadores orientam: "O telegrama a Barbosa pode ser mandado via online, via telefone ou mesmo pela agência dos Correios mais próxima de sua casa (nesse caso, deve ser enviado no sábado, dia 02/04, porque as agências não abrem domingo).
O endereço para envio é: Ministro Joaquim Barbosa - Supremo Tribunal Federal - Praça dos Três Poderes – CEP 70175-900".
Esta ação política está sendo desencadeada agora porque em agosto um dos crimes, o de formação de quadrilha, ficará prescrito.

Elizabeth Taylor nua.

Uma foto inédita de Elizabeth Taylor nua, aos 24 anos, veio a público. A imagem – clicada por um amigo da atriz, o ator e fotógrafo Roddy McDowall – teria sido dada como presente de noivado por ela ao terceiro marido, o produtor Michael Todd, logo após ser pedida em casamento, em 1956.
Todd foi o primeiro amor da vida de Liz e os dois ficaram casados por pouco mais de um ano, quando ele morreu em um acidente de avião.
Segundo o site do jornal britânico Daily Mail, após a morte do marido, a atriz deu a uma assistente a foto, que foi vendida em 1980 ao colecionador Jim Shaudis.