domingo, 26 de abril de 2015

A fraude.

Isso é dialética marxista, cínica, hipócrita, demagógica, mentirosa, operando para fraudar às ideias e manipular a realidade, mediante afirmativas e negativas e, até a própria identidade (metamorfose ambulante).
 
Para os comunistas e gêneros afins, a realidade é dialética; e dialética é discussão, é luta de ideias, é contestação do pensamento. Não  de dialética lógica,  mas real, a qual quando é superada  é imposta pela violência, violência dialética.
Na verdade, os mentecaptos e sicofantas com essa visão, acreditam naadulteração/reconfiguração da realidade pela dialética marxista, em que supõem que a “fantasia” e o “delírio” deles prevaleça sobre a “realidade”.
E, assim operam até que haja um choque de realidade ...ou seja uma grande epidemia física e/ou moral que avança duplamente no âmbito da organização (a) narco-subversiva denominada  Foro de São Paulo...
* Rivadávia Rosa
video

Nenhum comentário: