sexta-feira, 7 de março de 2014

Bolsa prostituição.


Senado aprova pagamento de bolsa mensal de R$ 2.000,00 para garotas de programa. Uma proposta polêmica, de autoria da senadora Maria Rita, do Partido dos Trabalhadores, foi aprovada por maioria de votos. Trata-se do pagamento de uma bolsa mensal no valor de R$ 2.000,00 (dois mil reais) para garotas de programa em todo país. “O objetivo da bolsa é dar a essas mulheres a possibilidade de terem uma vida mais digna, pois o dinheiro deve ser prioritariamente utilizado com prevenção de doenças”, explicou a senadora. Segundo ela, o projeto tem interesse público, pois também tem o objetivo de “disponibilizar pra clientela um serviço de melhor qualidade, já que as meninas poderão se cuidar melhor, pagar tratamentos estéticos, frequentar academias etc.” O projeto de lei vai ser submetido à sanção da presidente Dilma e deve entrar em vigor até o início da copa de 2014. É isso aí pessoal. Enquanto um professor da rede privada tem um piso salarial salarial de R$743,00 para formar cidadãos dignos
,uma prostituta ganha R$ 2000,00 para rodar bolsinha com qualidade. Claro que a inciativa do projeto só podia vir de um PETISTA mesmo não é?

Um comentário:

Vindo dos Pampas disse...

Olá Mario.
Pretendia transcrever esta noticia em meu blog, mas pesquisando o nome da senadora, que na verdade chama-se Ana Rita, descobri que esta noticia é falsa. Veja no link abaixo.

http://www.soemrondonia.com.br/2013/05/policia-investiga-autoria-de-noticia-falsa-sobre-bolsa-prostituicao.html#.UxpbLPldUhQ

Conhecendo os petralhas como conheço, não duvido que no futuro eles realmente criem mais esta bolsa.
Abs.