terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

É hora de intervir.


HÁ UM SADDAN HUSSEIN NA VENEZUELA
A frieza com ele manda matar, destruir, humilhar e desmoralizar a própria sociedade se seu país, indica que se trata de um homem sem alma.
Um ser de má índole. Ele tornou-se um ser nocivo à humanidade, principalmente, para seu povo.
Ao usar gases letais, bombas e balas reais rechaçando um protesto de paz, simplesmente porque ele se espalhou por todo país, graças a adesão de estudantes e famílias inteiras, ele prova ser uma pessoa insana ou dotado da maldade dos serial killers.
Ele só pensa em ser um grande líder comunista na América Latina, um novo Fidel Castro, como se em nossos tempos, justificasse o surgimento de um ser tão abjeto.
Os Estados Unidos que tem um contrato de fornecimento de petróleo com a Venezuela, e sabe que a Venezuela se encontra em plena Guerra Civil ,não honrará contratos e tem declarado ódio ao povo americano.
É hora de os Norte Americanos intervirem para assegurar seus interesses e a paz em território Venezuelano.
Neste momento, soldados estrangeiros, agentes cubanos a serviço do mal, fuzilam sem piedade, matando e ferindo estudantes e pais de família, estupram e desmoralizam famílias inteiras, desarmadas por lei, assim como já fizeram no Brasil.
O povo americano que ainda está na Venezuela corre risco de vida.
A invasão e intervenção dos Estados Unidos se faz necessária.
Os cubanos, sob as ordens dos Castro e Maduro, estão destruindo um país!
Maduro, guardando as devidas proporções, tem sido muito pior para seu povo que o próprio Saddan Hussein.

2 comentários:

Farol Conservador disse...

Se for pelo petróleo, creio sim em uma intervenção americana. Acho que Cuba continuará como está, pois qualquer ameaça à ilha da fantasia provocaria no urso russo Putin um ataque de histeria.
http://farolconservador.blogspot.com/

Vindo dos Pampas disse...

Este verme precisa ser esmagado!